Translate

Compartilhe

https://www.facebook.com/deltan.dallagnol/videos/1384339188276453/

search este blog

domingo, 14 de outubro de 2018

falso: Datafolha não realiza pesquisa online sobre eleição presidencial

Arte UOLUma mensagem que circula por aplicativos e redes sociais diz apresentar uma nova forma de pesquisa do Datafolha. Segundo o texto, encaminhado com um link falso, o instituto estaria realizando agora uma pesquisa online para saber em quem os eleitores pretendem votar para presidente.

"Oi, o Datafolha lançou a nova pesquisa eleitoral de 2º turno para presidente, eu já votei em quem prefiro que ganhe", diz a mensagem. "Faça sua parte aqui! Sua opinião é importante para o Brasil!"
Ao clicar no falso link, suprimido nesta reportagem, o usuário é encaminhado a uma página com o logotipo do Datafolha e espaços para preencher seus dados.

FALSO: O Datafolha não faz pesquisas online

A mensagem é uma fraude. O Datafolha não faz pesquisas online, e o link usado não é do domínio do Grupo Folha, do qual o instituto faz parte.
Ao UOL, o Datafolha negou a procedência da mensagem. O instituto informou que não realiza nenhum tipo de pesquisa online, seja por sites, aplicativos de mensagem ou redes sociais. Todas as pesquisas do Datafolha são realizadas presencialmente, nas ruas.
Para a última pesquisa da disputa presidencial, divulgada na última quarta-feira (10), por exemplo, o instituto ouviu 3.235 pessoas.
Além disso, todas as pesquisas são registradas no TSE (Tribunal Superior Eleitoral), cada uma com a metodologia usada, conforme exige a legislação eleitoral.
Por fim, o domínio usado pelo site na corrente não é registrado pelo Grupo Folha e, portanto, não é recomendável que quem receber a mensagem registre seus dados no link apresentado.
Para esclarecer dúvidas dos eleitores, o Datafolha tem ainda uma área de perguntas frequentes em seu site, com explicações sobre a metodologia usada em suas pesquisas.

Boatos sobre institutos de pesquisa

Além dos candidatos e partidos políticos, os institutos de pesquisa também têm sido alvo de boatos e notícias falsas nesta eleição. O UOL Confere já desmentiu mensagens como a que revelava supostas fraudes nas pesquisas por meio de uma funcionária do Ibope e do Datafolha ou uma outra em que um homem declarava que as pesquisas do instituto não tinham registro. Informações noticias.uol.com.br
Reações:

0 comentários:

Postar um comentário