Translate

Compartilhe

https://www.facebook.com/deltan.dallagnol/videos/1384339188276453/

search este blog

  • Futuro Sorriso!

    Simião Célio posta vídeo para música Futuro Sorriso no YouTube

  • Reportando!

    6ª edição do AGORA SOMOS UM

  • Entrevista com Wallas Silva

    "Lutador de Muay Thai""

sexta-feira, 31 de maio de 2019

Governo Bolsonaro quer ampliar faixas do Minha Casa Minha Vida

Os detalhes do novo programa de habitação popular do governo Bolsonaro serão apresentados na próxima terça-feira (4).

O governo do presidente Jair Bolsonaro vai apresentar mudanças no programa Minha Casa Minha Vida na semana que vem.

A informação foi confirmada pelo ministro do Desenvolvimento Regional, Gustavo Canuto, nesta quinta-feira (30).

Entre as alterações propostas pelo governo Bolsonaro está a ampliação das atuais quatro faixas de financiamento e a troca de nome do programa habitacional, criado em 2009 na gestão do ex-presidente Lula da Silva.

Após participar da cerimônia de lançamento da Política Nacional de Desenvolvimento Regional, no Palácio do Planalto, em Brasília, Canuto declarou:
“É um novo governo, um novo programa, ele está sendo reformulado. Então, não apenas mudar o nome por mudar. É uma nova visão.”
E, segundo a agência EBC, acrescentou:
“A nossa proposta é um maior número de faixas, maior número de categorias para atender as diferentes demandas.”
Canuto disse ainda que o programa, após 10 anos de execução, apresenta uma série de problemas que precisam ser corrigidos pelo governo, como comercialização irregular de lotes, invasão dos lotes por facções criminosas, conflitos sociais nos condomínios, problema de violência doméstica.
Os detalhes do novo programa de habitação popular do governo Bolsonaro serão apresentados pelo ministro durante audiência pública na Comissão de Desenvolvimento Urbano da Câmara dos Deputados, na próxima terça-feira (4). renovamidia

Bolsonaro: ‘Não tem outro caminho a não ser privatizar os Correios’

Em entrevista exclusiva a VEJA, de duas horas, o presidente Jair Bolsonaro falou com o diretor de redação, Mauricio Lima, e o redator-chefe Policarpo Junior sobre as reformas propostas por seu governo, a possibilidade de reeleição, os filhos, o amigo enrolado Fabrício Queiroz, o guru Olavo de Carvalho, as trapalhadas de ministros, Lula, o PT, sabotagens, tuitadas e o atentado que sofreu durante a campanha, tema que, ao ser invocado, mudou completamente o ritmo da conversa, a fisionomia e o humor do presidente.

Em uma das respostas, declarou que já deu o “sinal verde” para a privatização dos Correios. Bolsonaro considera que os governos do PT destruíram a empresa e não há outra saída. Mais: afirma que outras estatais terão o mesmo caminho.  

Leia um trecho da entrevista, que estará na edição de VEJA que começa a circular nesta sexta-feira, 31. Aqui, tenha acesso ao conteúdo completo, com toda as respostas do presidente. 

Aprovada a reforma da Previdência, o que o senhor vislumbra na sequência? Vamos partir para a reforma tributária e para as privatizações. Já dei sinal verde para privatizar os Correios. A orientação é que a gente explique por que é necessário privatizar. No caso dos Correios, o PT destruiu a empresa. A bandalheira era tão grande que o fundo de pensão dos funcionários, que hoje está quebrado, fez investimentos em papéis da Venezuela. Com que interesse? Pelo amor de Deus! Então, temos de mostrar à opinião pública que não tem outro caminho a não ser privatizar os Correios. Será assim com outras estatais. Há muitos cabides de emprego dentro do governo.

Acredite se quiser: Japonês da Federal tenta visitar Lula, que se recusa a recebê-lo

O Japonês da Federal bem que tentou, mas não foi dessa vez que conseguiu ver o ex-presidente Lula. Aposentado, Newton Ishii vez uma visita à superintendência da Polícia Federal, em Curitiba, onde trabalhou.

Com livre acesso, resolveu ir à cela de Lula. Quando estava na escada, foi orientado a não ir até o líder petista. O ex-presidente tinha sido consultado sobre a sua intenção de vê-lo e deixou claro que não queria receber Ishii. Informado, o Japonês deu meia volta e foi embora. Globo

MPF entra com ação milionária contra ministro da Educação

Segundo a ação, Weintraub “considera que o ambiente acadêmico com um todo é formado por vozearia, vozeria, vozeiro, algazarra, confusão, desordem, tumulto”.

O Ministério Público Federal (MPF) no Rio Grande do Norte ajuizou, nesta quarta-feira (29), uma ação civil pública contra o ministro da Educação, Abraham Weintraub

A União também foi alvo do processo por danos morais coletivos supostamente causados aos alunos e professores das instituições públicas de ensino.

A Procuradoria sugeriu o pagamento de uma indenização de R$ 5 milhões em razão de condutas e falas do ministro, entre elas a declaração: “universidades que, em vez de procurar melhorar o desempenho acadêmico, estiverem fazendo balbúrdia, terão verbas reduzidas”.

Para o MPF-RN, a afirmação “demonstra clara vontade discriminatória”. Segundo o Estadão, o texto da ação acrescenta:
“Ao adotar medida geral [corte de gastos] e não a citada responsabilização individual acerca das pretensas ‘balbúrdias’, Sua Excelência considera que o ambiente acadêmico com um todo é formado por vozearia, vozeria, vozeiro, algazarra, confusão, desordem, tumulto.”
A ação aponta ainda, que, no ultimo dia 22, em uma audiência na Comissão de Educação na Câmara dos Deputados, o ministro se recusou a pedir desculpas por usar o termo “balbúrdia” ao se referir às universidades federais. 

O valor sugerido de R$ 5 milhões, segundo o MPF, leva em consideração “a reiteração da conduta, o cargo ocupado por Weintraub e a quantidade de pessoas atingidas”. renovamidia

quinta-feira, 30 de maio de 2019

Bolsonaro: MP que combate fraude no INSS vai gerar R$ 10 bi em economia por ano

O presidente Jair Bolsonaro disse hoje (30), em sua conta no Twitter, que a Medida Provisória (MP) 871, que combate fraudes no Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), deve gerar uma economia estimada em R$ 10 bilhões por ano. “O Brasil segue avançando”, afirma o presidente.

A MP foi aprovada na Câmara na madrugada de hoje. O Senado já marcou para esta quinta-feira a votação da matéria, que perde a validade na segunda (3). 

BRASIL SEGUE AVANÇANDO! Aprovada na Câmara a MP 871, que combate fraudes no INSS. Economia estimada de R$ 10 bilhões por ano com a aplicação da medida. Matéria irá para votação no Senado nesta quinta, 30.
A Medida Provisória 871 cria um programa de revisão de benefícios do INSS, exige cadastro do trabalhador rural e restringe o pagamento de auxílio-reclusão apenas aos casos de pena em regime fechado. JM

quarta-feira, 29 de maio de 2019

Papa lamenta condenação de Lula e diz que ora por ele

O papa Francisco enviou uma carta a Lula defendendo o presidiário e lamentado a condenação dele. O texto foi uma resposta à carta que o petista enviou ao Vaticano em março.

– Só estou preso porque os poderosos querem destruir toda a rede de proteção e cuidado que construímos para os excluídos, para que os bancos e os poderosos tenham ainda mais lucros e acúmulo de riquezas – diz um dos trechos escritos por Lula.

Na mensagem, o pontífice afirma que ora pelo petista e pede a ele que não “desanime e continue confiando em Deus”. pleno.news

Senado aprova redução de ministérios e Coaf no Ministério da Economia

Após carta do presidente Bolsonaro (PSL) aos senadores e uma manobra bem executada pelo seu líder no Senado, Fernando Bezerra Coelho (MDB), foi aprovada nesta noite a MP 870, que reduziu de 29 para 22 o número de ministérios – uma vitória para o governo, que também sai com uma derrota.

O Coaf (Conselho de Controle de Atividades Financeiras) sai do guarda-chuva de Sergio Moro (Justiça). O governo tinha pressa na aprovação desta MP, que perderia a validade, se não fosse aprovada, na segunda-feira (3).

Por isso, apesar de defender que o Coaf fosse mantido com Moro, o governo passou a fazer costuras inclusive com a oposição e pedir que o Senado não alterasse o texto enviado pela Câmara dos Deputados, que transfere o órgão para Ministério da Economia, de Paulo Guedes.  

O destino desse órgão, cuja atuação ganhou destaque em razão das investigações da Lava Jato, foi o principal ponto de divergência entre os senadores.

Entusiastas da permanência do Coaf com o Ministério da Justiça, grupo que abrangia até mesmo correligionários do presidente, articulavam-se desde a semana passada para alterar o texto, apesar de o presidente Bolsonaro ter deixado claro que a prioridade era a aprovação da MP dentro do prazo. Preocupado com a possibilidade de a MP caducar, Bolsonaro buscou diálogo com os presidentes das duas Casas Legislativas -Davi Alcolumbre (DEM-AP), do Senado, e Rodrigo Maia (DEM-RJ), da Câmara. Além disso, convenceu o líder de seu partido, Major Olímpio (PSL-SP), a desistir de manobrar para manter o Coaf com Moro.
(Com UOL)

terça-feira, 28 de maio de 2019

MPF reconhece que dono do sítio de Atibaia é Fernando Bittar e autoriza venda do imóvel

O mesmo Ministério Público Federal (MPF), que acusa Lula de ser proprietário do famoso sítio de Atibaia, se posicionou favoravelmente à solicitação do empresário Fernando Bittar, o verdadeiro dono do imóvel, para vender a propriedade.

O parecer foi entregue ao juiz Luiz Antonio Bonat, da 13ª Vara Federal de Curitiba. Nele, a força-tarefa da Lava Jato solicitou uma avaliação judicial da propriedade rural.

“O Ministério Público Federal se manifesta favoravelmente ao pedido formulado por Fernando Bittar, requerendo que seja realizada a avaliação judicial do sítio Santa Bárbara e após, para que o requerente realize a venda do imóvel pelo valor mínimo indicado na avaliação, apresentando a proposta de compra a esse i. juízo, ficando condicionado que os valores decorrentes da venda sejam depositados em conta judicial”, disseram os procuradores.

A decisão reforça os argumentos apresentados pelos advogados de defesa do ex-presidente de que Lula não é dono do sítio, conforme quiseram forçar os procuradores da Lava Jato.

Lula foi condenado a 12 anos e 11 meses por corrupção passiva, ativa e lavagem de dinheiro. O processo agora está no Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4) para julgamento em segunda instância.

Lula sempre admitiu frequentar o sítio, que era de amigos, pois eles o convidavam. No entanto, os procuradores afirmam que o ex-presidente era o dono oficial, e que foi beneficiado por supostas obras realizadas pela Odebrecht.

O contrassenso está exatamente no fato de que Lula não é o dono e, portanto, não poderia ter sido condenado. Conforme o próprio MPF admite, ao aceitar o pedido de venda, o proprietário do imóvel é Fernando Bittar. fórum

Bolsonaro gravou participação no Programa do Ratinho e no The Noite

Na quinta-feira desta semana o presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, estará no The Noite, programa ancorado pelo humorista Danilo Gentili, que será transmitido após A Praça é Nossa.

Bolsonaro gravou nesta segunda-feira (27) uma participação no Programa do Ratinho além do The Noite, ambos do SBT. O presidente comentou sobre os atos em defesa do Governo, que ocorreram neste domingo (26), em várias cidades do país.

O presidente usou o espaço nos programas para defender a reforma da Previdência. Em entrevista ao Jornal do SBT ele disse que aconselhou aos aliados a não apresentarem nenhuma emenda à reforma da Previdência, para que o projeto não caducasse na Câmara. conexaopolítica

Monumento será erguido como testemunho de um milhão de orações respondidas

A cidade de Birmingham decidiu erguer um novo monumento para representar a confiança da resposta de Deus às orações daqueles que O buscam.

O monumento, chamado Muro da Oração Respondida, será construído usando um milhão de tijolos, cada um contando uma história única de como Deus interveio na vida de alguém em resposta a uma oração.

De acordo com informações do portal Premier, a obra deverá estar concluída a tempo dos Jogos da Commonwealth de 2022 que serão realizados em Birmingham. Dessa forma, os turistas e visitantes que forem à cidade poderão interagir com o monumento lendo as orações relacionadas a cada tijolo com seus smartphones.

O responsável pela empresa que idealizou o monumento, Richard Gamble, afirmou que a estrutura foi projetada como um legado da fé cristã e com a esperança de inspirar a nação britânica a orar.

“A ideia é que as pessoas, quando chegarem a este monumento, possam digitar suas circunstâncias ou situação e encontrar uma história que seja parecida com a que estão passando e que possam ler como outro cristão lidou com essa situação, como eles oram e como Deus respondeu”, afirmou Gamble.

“Este país tem uma herança cristã e queremos preservá-la com todas essas histórias e responder às orações que aconteceram não apenas nesta geração, mas em toda a história deste país”, acrescentou o executivo.

O modelo do monumento foi escolhido a partir de um concurso de design global conduzido pelo Instituto Real de Arquitetos Britânicos. A proposta vencedora da Snug Architects apresenta uma faixa Mobius, uma superfície não orientável que aparentemente não ter começo ou fim, para interpretar a mensagem do projeto de que Jesus responde à oração.

A imprensa britânica vem se referindo ao monumento como “marco da esperança”, que ficará exposta como uma proclamação ousada da fé cristã para centenas de milhares de pessoas que transitam pela região todos os dias. “É hora de a igreja neste país ser ousada e acho que é hora de dizermos em que acreditamos”, finalizou Gamble.

Juiz determina que Adélio Bispo não pode ser punido por facada em Bolsonaro por ter doença mental

O juiz federal Bruno Savino, da 3ª vara da Justiça Federal em Juiz de Fora, aceitou os pareceres médicos apresentados pela defesa de Adélio Bispo e reconheceu que ele não pode ser punido pela facada dada no presidente Jair Bolsonaro em setembro do ano passado.

Os laudos declaram que o homem que esfaqueou o então candidato à Presidência tem “Transtorno Delirante Persistente” e, por isto, não pode ser punido criminalmente.

Com esta decisão, se Adélio Bispo for condenado na ação penal, ainda em curso na mesma vara, ele não será preso em uma cadeia comum, mas em um manicômio judiciário. Enquanto isso, ele permanece detido no Presídio Federal em Campo Grande. JM

segunda-feira, 27 de maio de 2019

Gabriel Diniz, cantor de 'Jenifer', morre aos 28 anos em queda de avião em Sergipe

O cantor Gabriel Diniz, conhecido pelo hit "Jenifer", morreu nesta segunda-feira 
(27), aos 28 anos, na queda de um avião de pequeno porte no povoado Porto do Mato, em Estância, na região sul de Sergipe.
De acordo com a Polícia Militar, há três mortos. Inicialmente, o Grupamento 
Tático Aéreo (GTA) havia informado que eram quatro ocupantes na aeronave, 
que decolou de Salvador .
Amigos de Gabriel Diniz reconheceram o corpo do artista entre as vítimas. A assessoria de imprensa da produtora do cantor confirmou que ele estava no avião. Também foi encontrado o passaporte de Gabriel Diniz perto do local do acidente.
Na noite deste domingo (26), ele havia feito um show em Feira de Santana (BA).
O Centro Integrado de Operações de Segurança Pública (Ciosp) foi acionado por volta das 12h32 desta segunda. Equipes da PM e do Corpo de Bombeiros 
chegaram ao local do acidente numa embarcação dos bombeiros, já que a área é de difícil acesso, de mangue e mata fechada.
A Secretaria da Segurança Pública do Estado de Sergipe (SSP/SE) informou que os corpos resgatados estão sendo levados a Aracaju para dar entrada no Instituto Médico Legal (IML).
Em nota, a produtora de Gabriel Diniz afirmou:
"A Luan Promoções, familiares, fãs, amigos e equipe estão todos muito abalados com está triste notícia que pegou todos de surpresa nessa manhã, 27. Com muito pesar confirmamos a morte do Gabriel Diniz. O cantor estava em um bimotor que caiu no sul do estado de Sergipe no começo dessa tarde. Sua alegria estará para sempre em nossos corações! Não deixaremos perder a sua irreverência jamais, 
você conquistou uma nação com o seu trabalho e carisma!".
O cantor tinha apresentações agendadas para esta quarta-feira (29) e esta quinta-feira (30) em São Paulo. Depois, estavam previstas datas em Afrânio (PE), Areia Branca (SE), Salvador e Belém.
A Aeronáutica irá investigar as causas do acidente. Em nota, o órgão informou 
que "investigadores do Segundo Serviço Regional de Investigação e Prevenção 
de Acidentes Aeronáuticos (SERIPA II), órgão regional do Centro de Investigação 
e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa), realizarão a ação inicial da ocorrência envolvendo a aeronave de matrícula PT-KLO, ocorrido nesta segunda-feira (27/5), em Estância (SE)".
A ação inicial é "o começo do processo de investigação e possui o objetivo de 
coletar dados: fotografar cenas, retirar partes da aeronave para análise, reunir documentos e ouvir relatos de pessoas que possam ter observado a sequência 
de eventos", diz o comunicado.
A investigação do Cenipa tem o objetivo de prevenir que novos acidentes com as mesmas características ocorram.Não há prazo para as investigações terminarem.
Segundo documentos achados no local do acidente ao lado do passaporte de Gabriel Diniz, a aeronave é um monomotor Piper prefixo PT-KLO, com 
capacidade para quatro lugares e registrado em nome do Aeroclube de Alagoas.
A aeronave, segundo o Registro Aeronáutico Brasileiro (RAB), da Agência 
Nacional de Aviação Civil (Anac), só pode ser usada para voos de instrução.
Aeronaves da categoria "Privada – Instrução" só podem ser usadas para 
instrução, adestramento de voo por aeroclubes, clubes ou escolas de aviação 
civil, segundo o Regulamento Brasileiro de Aviação Civil. Isso significa que não podem ser utilizadas para táxi aéreo, por exemplo.
Uma moradora da região do acidente disse que o avião passou por cima da casa dela e caiu em seguida. Foi ouvido um estrondo nas imediações. G1
Avião não poderia ser usado para táxi aéreo

Juiz proíbe escola cristã de expulsar aluno por ter cabelos compridos

O juiz Yale Sabo Mendes, da 7ª Vara Cível de Cuiabá, proibiu um colégio adventista da capital de expulsar um aluno da instituição que mantém os cabelos compridos. A decisão atende a um pedido da família do estudante, que havia ingressado com ação contra unidade escolar. A decisão foi publicada na quinta-feira (23).

Consta no processo, que a família do estudante foi notificada sobre o descumprimento do código de ética da unidade e recebeu um prazo de 24 horas para resolver “a questão relativa ao comprimento do cabelo”.

Finalizado o prazo, os pais disseram ter sido notificados por e-mail sobre a transferência compulsória do aluno.

“Tendo em vista que não recebemos nenhuma resposta via telefone, pessoalmente ou via e-mail, estamos entrando em contato para informar que a transferência do aluno já se encontra a disposição da família na secretaria escolar”, diz trecho do e-mail recebido pelos pais.


Na decisão, o juiz argumentou que o ano letivo teve início há quatro meses e apontou que a matrícula do aluno foi feita em dezembro de 2018. Prazo hábil para adequar a situação.

“Razão disso, seria dever da própria ré empreender meios de fiscalização pré-matrícula ou até mesmo, imediato ao início das aulas, a fim de advertir em tempo o aluno e seu responsável, acerca da infração ética ocorrida, oportunizando além da adequação do consumidor, a própria recuperação letiva em outra instituição, o que não ocorreu no caso em tela”, diz trecho da decisão.

Conforme consta na ação, a Escola Adventista aponta que, conforme o regulamento interno da instituição, é vedado a alunos do sexo masculino terem cabelo cumprido.

A escola chegou a realizar uma reunião com os pais do aluno e determinou que “a questão relativa ao comprimento do cabelo do aluno” deveria ser resolvida em 24 horas.

(Com G1)

sábado, 25 de maio de 2019

Fundadora do grupo 'Voz da Verdade', Isa Moysés, morre aos 88 anos

Todo o conteúdo do Portal T5 está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral. É proibida a cópia/reprodução deste material em qualquer meio de comunicação sem a devida autorização. Se deseja compartilhar, utilize os meios fornecidos no Portal T5.Todo o conteúdo do Portal T5 está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral. É proibida a cópia/reprodução deste material em qualquer meio de comunicação sem a devida autorização. Se deseja compartilhar, utilize os meios fornecidos no Portal T5.
Morreu na madrugada da última sexta (24), em São Paulo, a pastora Isa Moysés, fundadora do conjunto Voz da Verdade, que fez muito sucesso no segmento gospel desde os anos 70. A pastora enfrentava um problema pulmonar e acabou tendo uma parada cardíaca. Ela não resistiu e veio a ótimo durante a madrugada.

Isa era viúva do pastor Fued Moysés e mãe de Célia, Elisabeth Moysés e dos pastores Carlos e José Luiz Moysés, que gravaram suas primeiras músicas com o incentivo da mãe. Em 1978, ela fez parte da banda Voz da Verdade e foi uma das vocalistas até 2005, mesmo ano da morte de seu marido. Isa era soprano e teve participação em 27 álbuns do grupo.

Familiares de Isa usaram as redes sociais para se manifestar sobre a morte da artista: "Um momento muito difícil e triste para toda minha família, mas sabemos em quem temos crido e por isso temos a absoluta certeza de que ela está muito bem e em paz. Nós somos gratos pela sua vida, vó Isa. Se hoje exite o Voz da Verdade foi pela sua fidelidade e lealdade a Jesus Cristo, junto do nosso avô, pastor Fued Moysés", escreveu o neto Samuel Moysés no Instagram.

Isa Moysés foi velada durante a manhã e sepultada no final da tarde da sexta-feira (24), no Cemitério Jardim da Colina, em São Bernardo do Campo, no ABC Paulista. portalt5

PEC que regulamenta carreira de procurador municipal tramita no Senado

Tramita no Senado, a Proposta de Emenda à Constituição (PEC 17/2012)  que visa regulamentar a carreira de procurador nos municípios brasileiros. A PEC, que já foi aprovada pela Câmara dos Deputados e pela Comissão de Constituição e Justiça do Senado (CCJ), havia sido arquivada com o término da legislatura anterior. 

A (PEC 17/2012) é de autoria do então deputado federal Maurício Rands (PT-PE). No entanto, em razão do fim da legislatura, em dezembro passado, o texto foi arquivado, mesmo tendo passado por todos os trâmites necessários entre os deputados e sendo aprovado por duas vezes na Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania do Senado. 

Em fevereiro deste ano, a senadora Rose de Freitas (Pode-ES), solicitou o desarquivamento do projeto, e segundo o Senado, a PEC está pronta para deliberação do Plenário.

A proposta estende aos municípios a obrigatoriedade de organizar a carreira de procurador com ingresso por concurso público e com a participação da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) em todas as fases. A PEC destaca que, dos 5.570 municípios brasileiros, apenas 60 contam com procuradorias, 26 situadas nas capitais.  

A PEC também prevê a garantia da estabilidade dos procuradores após três anos de efetivo exercício, mediante avaliação de desempenho. Os procuradores serão responsáveis pela consultoria e assessoramento jurídico das prefeituras, atuando como advogados-gerais do município. 

OAB-TO
Segundo o Procurador Municipal Diego Avelino, vice-presidente da Comissão Especial de Valorização das Procuradorias Municipais da OAB-TO, é um momento importante para a carreira, pois segundo ele, valoriza os servidores, e consequentemente, o município contará com servidores permanente e bem preparado para o assessoramento jurídico.

Avelino ressaltou que a PEC ainda previsa ir ao plenário: ” Precisamos mobilizar os senadores para que coloquem em votação a PEC. A Associação Nacional de Procuradores Municipais também tem se mobilizado em Brasília e nós aqui do Tocantins, também estamos empenhado”, contou Diego Avelino, que é procurador Municipal de Gurupi -TO.

sexta-feira, 24 de maio de 2019

Lula compara Bolsonaro a Nero: ‘Incendeia todo o país’

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que cumpre pena por corrupção passiva e lavagem de dinheiro em Curitiba (PR), comparou Jair Bolsonaro a Nero, o imperador que entrou para a história por causa do grande incêndio de Roma.

A declaração foi dada à revista alemã Der Spiegel, em sua quarta entrevista da cadeia em um mês. “Bolsonaro é como o imperador romano Nero: incendeia todo o país. Não quer construir, apenas destruir”, disse Lula, acrescentando que o atual presidente da República é um “perigo”.

Nero ficou famoso por causa do incêndio que devastou Roma no ano de 64, embora não haja nenhuma evidência de que ele tenha provocado as chamas. Apesar disso, o imperador usou o fogo para perseguir seus fins políticos.

Após a autorização dada pelo Supremo Tribunal Federal (STF), Lula já concedeu quatro entrevistas da cadeia. À Der Spiegel, voltou a dizer que é alvo de um “processo político” e que a Justiça ainda não conseguiu provar sua culpa. “Queriam impedir minha candidatura”, afirmou. (ANSA) Istoé

PAULO GUEDES: Vou embora no dia seguinte se não aprovar reforma.

BRASÍLIA — O ministro da Economia Paulo Guedes afirmou que deixará o cargo caso a reforma da Previdência apresentada pelo governo virar uma "reforminha". Além disso, ele alertou que o Brasil pode quebrar já em 2020, de acordo com entrevista publicada no site da revista Veja nesta sexta-feira. 

— Pego um avião e vou morar lá fora. Já tenho idade para me aposentar — disse ele, segundo a reportagem. — Se não fizermos a reforma, o Brasil pega fogo. Vai ser o caos no setor público, tanto no governo federal como nos estados e municípios.  

Mais uma vez, Guedes deu a entender que não fará esforços para manter seu cargo como ministro da Economia do governo Jair Bolsonaro: 

— Eu não sou irresponsável. Eu não sou inconsequente. Ah, não aprovou a reforma, vou embora no dia seguinte. Não existe isso. Agora, posso perfeitamente dizer assim: ‘Olha, já fiz o que tinha de ter sido feito. Não estou com vontade de ficar, vou dar uns meses, justamente para não criar problemas, mas não dá para permanecer no cargo’. Se só eu quero a reforma, vou embora para casa. 

De acordo com a publicação, Guedes afirmou que o presidente Jair Bolsonaro está totalmente empenhado em aprovar a reforma nos moldes em que o projeto foi enviado pelo governo ao Congresso, com expectativa de economia de até R$ 1,2 trilhão nos próximos dez anos. 

Guedes reconhece que há uma margem de negociação, que pode no máximo ir a R$ 800 bilhões, e destacou ainda que a reforma previdenciária não está sendo apresentada apenas para equilibrar as contas públicas, mas que também se propõe a corrigir enormes desigualdades, de acordo com a revista.

O ministro reafirmou sua confiança nas convicções de Bolsonaro, e acredita em uma união política em torno da agenda econômica do governo. 
— Eu confio na confiança que o presidente tem em mim — declarou.

OGLOBO

10 coisas sobre as baratas que você talvez não saiba

Talvez você ache que baratas são os seres mais nojentos do universo, nós entendemos. Mas existem alguns fatos bem curiosos a respeito dos pequenos insetos que podem fazer com que elas se tornem um pouco menos desprezíveis. Confere aí:

1 - Sem cabeça

Uma barata pode viver sem a cabeça por semanas e só vai morrer por conta da fome. Naturalmente elas já aguentam muito tempo sem ingerir qualquer tipo de alimento ou água, e a respiração delas é feita através de espiráculos ao longo do corpo, então a falta da cabeça não influencia tanto.

2 - Boas de prato

Quando existe algum tipo de escolha, as baratas geralmente optam por comidas mais doces, mas, quando os tempos ficam mais difíceis, elas podem comer de tudo: cola, graxa, sabão, couro, cabelo e, claro, fezes – talvez seja por conta disso que as pessoas achem elas tão nojentas. Ah, só tem uma coisa que elas não gostam tanto: pepino, e ninguém sabe explicar por quê.

Mas elas só recorrem a esse tipo de comida quando realmente não têm absolutamente nada mesmo para comer, como um último recurso: antes de chegar nesse estágio elas podem passar semanas sem ingerir absolutamente nada. Por outro lado, essa característica faz delas também ótimas consumidoras de lixo orgânico.

3 - The Flash

As baratas podem chegar a uma velocidade de 3,2 km/h. Achou pouco? Pois saiba que, relacionando com o tamanho do seu corpo, isso é muito rápido: se elas tivesse o tamanho de um guepardo, seria o equivalente a se movimentar a mais de 80 km/h.

Além disso, graças aos três pares de pernas e a um sistema extremamente sensível para detectar a mudança nas correntes de ar, uma barata tem um tempo de reação extremamente rápido, podendo chegar a 8,2 milissegundos. Além, é claro, de conseguir mudar a sua direção de forma brusca enquanto dão o "corridão".

4 - Velhiiiiinhas...

Muito antes de o ser humano pensar em habitar esse planeta, as baratas já faziam suas presepadas por aqui. Os insetos já dividiram a Terra com os dinossauros e estima-se que as baratas como conhecemos já existam há mais ou menos 200 milhões de anos, enquanto seus predecessores já botavam as anteninhas para fora há 350 milhões de anos. Então, antes do ovo e da galinha, tínhamos baratas. Muitas baratas.

5 - Essa família é muito unida

Baratas são criaturas extremamente sociáveis e são capazes de reconhecer membros de suas próprias famílias, com diferentes gerações vivendo juntas. É tipo aquela bagunça de tio, tia, vó, pai e mãe na mesma casa.

Por isso, também, elas podem se sentir solitárias quando sozinhas e, se permanecerem dessa forma por muito tempo, podem até adoecer. Então pense bem, talvez aquela barata que apareceu na sua casa só queira um pouquinho de companhia!

6 - Hum... Que cheiro é esse?

Baratas soltam pum. Você pode nunca ter visto, mas segundo uma empresa britânica de controle de pragas, em relação ao peso corporal, as baratinhas soltam mais metano do que qualquer outra criatura na Grã-Bretanha.

A barata americana – a mais conhecida – chega a liberar 35 gramas de metano, mais de 43 vezes o seu peso corporal médio.

7 - Peste não!

Embora muitos considerem a barata de forma geral como peste, entre as quase 4 mil espécies que existem no mundo, somente 30 delas aproximadamente vivem em áreas urbanas, sendo que as mais comuns são as baratas americanas e as alemãs (também conhecidas como baratinhas).

E se você acha as baratas urbanas grandes, saiba que nos trópicos – e para a surpresa de ninguém, na Austrália –, algumas espécies que vivem em florestas podem chegar a 18 centímetros de envergadura ou 10 centímetros de comprimento. Melhor ficar com as comuns, né?

8 - "Bem-vindo a Barataville"

Um estudo conduzido em Nova York identificou que as baratas têm seus próprios "bairros": os tipos genéticos delas variavam de acordo com a região e se agrupavam por tipos similares.

9 - Elas gostam de ser tocadas

A barata é um inseto tigmotrópico, ou seja, ela gosta de sentir algo sólido em contato com o corpo dela, de preferência em todos os lados. Isso explica o motivo de elas sempre se enfiarem em frestas e buracos justos, mas BEM justos mesmo, quase que exatamente do seu tamanho.

10 - Não, elas não são resistentes a um desastre nuclear
É verdade que elas são bem mais resistentes à radiação do que outros seres que não são insetos, tipo a gente. Elas chegam a aguentar algo em torno de 20 mil rads (unidade de radiação), mas a bomba de Hiroshima, por exemplo, chegou a emitir algo em torno de 34 mil rads. Então, apesar de estarem no planeta há bastante tempo, caso acontecesse um desastre desse tipo, dificilmente seriam elas que ficariam por aqui. megacurioso

Líder do MBL ataca protestos e fala em impeachment de Bolsonaro

“Ou a gente tem um parlamentarismo branco […] ou a gente passa por um processo de impeachment”, afirmou Kataguiri.

Em entrevista à revista Crusoé, o deputado federal e líder do Movimento Brasil Livre (MBL), Kim Kataguiri, atacou as manifestações do próximo domingo (26) e disse que o governo do presidente da República, Jair Bolsonaro, está fadado ao fracasso.

Questionado sobre os atos convocados para o dia 26 de maio, Kim disse acreditar que o Palácio do Planalto está envolvido na organização:
“Acho que vem do Planalto. Não faz sentido não vir (de lá). Ainda mais depois da divulgação do texto em que o presidente fala em tese conspiratória.”
O líder do MBL também disse que os protestos não vão gerar “boas consequências”:
“É um atestado de que o governo falhou. Em nenhuma hipótese essa manifestação vai ter boas consequências para o governo. Se ela for muito bem, vai gerar a ira do Congresso e do STF porque os discursos vão ser acirrados. Se for mal, o presidente vai perder poder para o Parlamento e a oposição ganha discurso.”

A revista perguntou para Kataguiri “se ainda há tempo para consertar o governo de Jair Bolsonaro”. O jovem deputado respondeu:
“Acho difícil. Acho que passou do ponto de tensão. Ou a gente tem um parlamentarismo branco em que o presidente vira uma rainha da Inglaterra ou a gente passa por um processo de impeachment dependendo da votação do crédito suplementar.”
O discurso de Kim está alinhado ao do senador José Serra (PSDB) e de outros membros do Congresso Nacional, que já falam abertamente sobre parlamentarismo no Brasil, como noticiou a RENOVA.

Fábio Porchat diz que ‘é maluquice acreditar na Bíblia’

Na última sexta-feira, a revista Trip publicou uma entrevista com Fábio Porchat, que está gerando muitos comentários e críticas por parte dos cristãos. O apresentador falou sobre seu trabalho, sexualidade e também expôs seu ponto de vista a respeito da espiritualidade.

Porchat apontou a fé em Deus como uma “grande invenção” da humanidade, usada para tornar a vida mais suportável.

“Eu não acredito em nada. De Deus a astrologia, acho tudo uma grande invenção para as pessoas justificarem a existência, suportarem a vida, que é horrível”, disse. “Pensa: 98% das pessoas no mundo estão f***das – se todos soubessem que a vida é uma merda e que não há nada depois dela, iam pensar só em si mesmas acima de tudo e ia virar um caos”.

Jesus e Bíblia
Continuando seu raciocínio, Porchat foi mais específico a respeito da fé cristã e disse acreditar que Jesus viveu entre a humanidade, mas simplesmente como “um cara maneiro” e não como o filho de Deus.

“Pelo que falam de Jesus, ele deve ter sido um cara maneiro para caramba: pregava o amor, dava a outra face para bater, impedia apedrejamentos. Agora, falar que é filho de Deus? Peraí”, acrescentou.
O apresentador e humorista também apontou como uma “maluquice” o fato dos cristãos acreditarem na Bíblia, por ser um livro antigo e “ultrapassado”, que mais parece uma “série de histórias”.

“Também acho uma maluquice as pessoas acreditarem na Bíblia. Uma coisa é ler como uma série de histórias inspiradoras. Se as coisas mudaram de 30 anos para cá, imagina nos últimos dois milênios. Como é possível pegar um livro escrito há 2 mil anos, ler aquilo e seguir como código de conduta?”, questionou.

O apresentador chegou a demonstrar certa falta de conhecimento sobre a contextualização histórica da Bíblia em sua crítica.

“E cada um só lê o que convém: a Bíblia diz que não pode fazer a barba, que mulher não pode sair menstruada, não pode comer carneiro, mas aí as pessoas escolhem entender apenas que não pode ser gay”, afirmou.

Ao final de sua resposta, após dizer que pontos básicos do cristianismo são “maluquice”, Porchat disse que “respeita” as crenças das pessoas, mas ressaltou que a visão cristã sobre muitas questões sociais importantes são uma “loucura”.

“É lógico que respeito a religiosidade das pessoas, cada um acredita no que fizer melhor para si. Só não acho que religião deva influenciar outros assuntos importantes. A bancada evangélica escolher o ministro da educação, por exemplo, é uma loucura. O mesmo vale para decisões importantes para a sociedade, como aborto, legalização do casamento gay, genoma, análise de DNA, clonagem e muitos outros”, destacou. ministerioengel.com

quarta-feira, 22 de maio de 2019

Câmara impõe derrota a Moro e Bolsonaro e devolve Coaf à Economia

Em uma derrota para o governo do presidente Jair Bolsonaro e o ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, o plenário da Câmara dos Deputados aprovou na noite desta quarta-feira, 22, por 228 votos contra 210, a volta do Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf) para o Ministério da Economia. O órgão de inteligência financeira e combate à lavagem de dinheiro havia sido deslocado para a pasta de Moro no desenho original do governo Bolsonaro.

A volta do Coaf para a pasta da Economia foi votada em um destaque apresentado ao relatório do senador Fernando Bezerra Coelho (MDB-PE) sobre a medida provisória 870, que trata da reforma administrativa. Antes da apreciação das emendas ao texto, o plenário aprovou a manutenção da estrutura do governo Bolsonaro em 22 ministérios.
 
As votações do texto-base de Bezerra Coelho e dos destaques a ele estão sendo simbólicas, ou seja, os votos dos deputados não são registrados individualmente. No caso do Coaf, no entanto, após a rejeição do destaque pela permanência do órgão na Justiça em votação simbólica, deputados governistas pediram a votação nominal e o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), concordou.
Os líderes partidários que encaminharam os votos de suas bancadas a favor da ida do Coaf ao Ministério da Economia argumentaram que o órgão funcionou adequadamente sob o Ministério da Fazenda durante toda a Operação Lava Jato; que Moro não pode concentrar tanto poder; e que os países mais desenvolvidos do mundo têm instituições como o Coaf subordinadas aos ministros da Economia.
 
Orientaram votos para tirar o Coaf de Sergio Moro os líderes de partidos de oposição (PT, PSOL, PCdoB, PSOL e PSB) e de siglas do chamado Centrão (PP, MDB, PTB, PRB, DEM, Solidariedade e PR). Encaminharam votos pela continuidade do órgão na pasta da Justiça e Segurança Pública os líderes de PSL, partido de Bolsonaro, PROS, Podemos, Cidadania, Novo e PV. Liberaram os deputados, diante de divergências internas, PSDB e PSD. Veja

Isidóro se oferece para falar com Bolsonaro: 'Com doido, só outro doido' (vídeo)


Durante sessão no Plenário da Câmara dos Deputados, de terça-feira (21/5), o deputado federal Pastor Sargento Isidório (Avante/BA) criticou o que chamou de "desajustes que estão acontecendo nesta nação", referindo-se ao decreto de armas assinado pelo presidente da República, Jair Bolsonaro.

O parlamentar sugeriu, então, uma interlocução de uma comissão da Casa ou de um deputado para conversar com o chefe do Palácio do Planalto "em busca da paz". "E pelo perfil dele (Bolsonaro), me sinto preparado pra ir, se for necessário, porque venho da Bahia, sou conhecido como doido e, pra conversar com doido, só outro doido", disse (assista abaixo). A fala de Isidório foi interrompida pelas risadas dos deputados presentes na sessão. 

Mudanças

Após muitas críticas de segmentos da sociedade, o presidente publicou, nesta quarta-feira (22/5), várias retificações no chamado Decreto de Armas. Mais de 20 pontos do decreto original foram modificados. CB

Tabata Amaral (PDT-SP) diz que vai processar ministro da educação por danos morais (vídeo)

A deputada Tabata Amaral (PDT-SP) disse nesta quarta-feira, 22, que vai processar o ministro da Educação, AbrahJam Weintraub, por danos morais. Segundo Tabata, o ministro distribuiu imagens que reproduziam conversas dela e de membros de sua equipe com funcionários do MEC que a convidavam para reuniões.

“Estou entrando com um processo por danos morais contra o senhor por distribuir em uma comissão pública o meu número pessoal, prints com o meu número pessoal, da minha equipe. É um constrangimento, não é uma atitude de um ministro, me envergonha”, disse a deputada. A fala de Tabata aconteceu diante do ministro Weintraub, durante audiência da Comissão de Educação ocorrida nesta quarta-feira, 22.

Antes de todos receberem os prints, o ministro da Educação afirmou ter chamado Tabata Amaral para conversar quatro vezes.
No momento da tréplica, a parlamentar disse que apenas três convites foram feitos e todos pela administração do ex-ministro Ricardo Vélez Rodríguez. “O senhor tomou posse dia 9 de abril e compartilha com o público três convites, sendo que o último foi feito no dia primeiro de abril. Pelo menos faça as contas para não passar constrangimento”, afirmou. Veja

Guedes pede funcionalismo de qualidade e anuncia: “Vamos travar concursos”

Brasília – O ministro da Economia, Paulo Guedes, disse nesta quarta-feira, 22, que, apesar de algumas privatizações e concessões já terem sido realizadas neste ano, os grandes leilões do pré-sal estão sendo preparados e acontecerão no segundo semestre.

“Com as privatizações, vamos reduzir o endividamento, que é o segundo maior gasto do Estado, após a Previdência”, afirmou, durante palestra de mais de uma hora de duração no Seminário Previdência, organizado pelo jornal Correio Braziliense.

Segundo ele, o terceiro maior gasto do governo federal é a despesa com pessoal.

Durante a palestra, ele chegou a chamar parte do funcionalismo de “superburocratas”, mas lembrou que 40% dos servidores se aposentarão nos próximos cincos anos. “Vamos travar os concursos. Vamos ter uma classe burocrática com mais qualidade e menos gente”, completou.

Guedes defendeu mais uma vez a criação de um novo “pacto federativo” com maior repartição de recursos com Estados e municípios. Ele ainda prometeu que 70% da arrecadação com a exploração do pré-sal irão para os entes federativos.

“Não queremos uma porção de ministros com dinheiro no bolso trocando por votos. Não adianta recursos ficarem em Brasília, não são os ministros que vão consertar o País. O governador é que sabe se quer fazer estrada, escola ou saneamento”, afirmou o ministro.

Guedes ainda criticou os Tribunais de Contas Estaduais (TCEs) que, segundo ele, explosão financeira dos Estados. “Os TCEs terão que trabalhar nos padrões do Tribunal de Contas da União (TCU)”, completou. exame

Homem “se passa” por Deus para dar golpe em idosa

Um inglês de 28 anos resolveu dar um golpe na namorada, de 83 anos, para ficar com a herança dela. Benjamin Field escrevia mensagens “se passando” por Deus no espelho do banheiro de Ann Moore-Martin.

Uma das frases dizia “reze por Ben. Ben te ama”. Já em outra estava escrito “tudo o que você der para ele, retornará a você dez vezes”.

O golpista fez selfies com as mensagens “divinas”, que foram usadas no tribunal em um processo contra ele.

Testemunhas afirmaram que Ann realmente acreditava que os recados vinham de Deus por ela ser muito religiosa.

Outra estratégia para tirar dinheiro da mulher era enviar cartões postais e poemas românticos.
A promotoria alega que Benjamin agiu com a ajuda de um amigo, identificado como Martyn Smith, de 32 anos. Ambos estão sendo acusados de tentativa de assassinato de Ann. Ela morreu em 2017. A idosa chegou a passar a casa em que morava em Maids Moreton, na Inglaterra, para o rapaz, mas, pouco antes da morte, se arrependeu e refez o testamento. pleno.news

Atirador invade igreja evangélica e deixa vários mortos em MG

Pelo menos quatro pessoas morreram baleadas após um homem invadir atirando uma igreja evangélica em Paracatu, região Noroeste de Minas, na noite desta terça-feira, (21). O atirador, ainda não identificado, teria esfaqueado uma mulher em uma casa antes de seguir para a Igreja Batista Shalom, no bairro Bela Vista, onde atirou nas vítimas.

As mortes foram confirmadas pela Polícia Militar de Paracatu. Pelo menos seis pessoas ficaram feridas. O homem responsável pelo ataque foi atingido pela PM e encaminhado ao Hospital da cidade, em estado grave. O pastor que celebrava o culto no momento também ficou ferido.
Equipes dos Bombeiros, Polícia Militar e Samu atuam na ocorrência. rsagora

terça-feira, 21 de maio de 2019

Quem lê mais a Bíblia se torna mais calmo, confiante e generoso, diz pesquisa

Para os cristãos a Bíblia Sagrada é a Palavra de Deus revelada para a humanidade através dos profetas. Ela contém a verdade absoluta sobre o sentido da vida, a condição espiritual humana de pecado e remissão através de Jesus Cristo por meio da fé e o futuro que aguarda à humanidade após à morte.

No entanto, a Bíblia ou às “Escrituras”, como também se refere genericamente o Novo Testamento, não trata apenas do mundo espiritual, apontando para o Reino de Deus no sentido futuro. Ela produz transformações profundas no presente, aqui na terra, através da vida dos que se dedicam a compreender a vontade de Deus.

Apesar de muitos já terem comprovado isso pessoalmente, uma pesquisa realizada pelo Instituto Barna ajuda a ter um olhar mais amplo sobre essa realidade, partindo do pressuposto de que até mesmo os não cristãos podem reconhecer, a partir de dados estatísticos, de que os escritos bíblicos são, de fato, transformadores.

“Segundo o estudo, quase 60% dos americanos dizem que a mensagem da Bíblia transformou suas vidas. Especificamente, os usuários da Bíblia se sentem calmos, encorajados e esperançosos e têm um senso de direção. Os resultados também mostram que o envolvimento da Bíblia tem uma influência positiva sobre os comportamentos”, informa a CBN News.

O estudo é realizado anualmente pela “State of the Bible”, da “American Bible Society”, conduzido pela Barna. Os dados de 2018 revelaram que 21 milhões de pessoas buscam novos contados com a Bíblia e pelo menos 14,9 milhões que não haviam tido mais contato resolveram voltar atrás, retomando à leitura.

“Nossa pesquisa mostrou que quando as pessoas se envolvem com a Palavra, suas vidas são melhoradas”, afirmou Roy Peterson, presidente e CEO da Sociedade Bíblica Americana. A transformação de comportamento parece uma consequência da sabedoria adquirida ao ler a Palavra de Deus.

“Eles encontram sabedoria, esperança e cura. Nos tempos às vezes turbulentos de hoje, a Bíblia pode fornecer respostas bem-vindas”, enfatiza Peterson. A pesquisa completa pode ser acessada neste link, em inglês.

Filial de centro de candomblé é derrubada em operação do DF Legal (vídeo)

No mesmo dia em que o governador Ibaneis Rocha (MDB) sancionou a criação da Secretaria de Estado de Proteção da Ordem Urbanística do Distrito Federal (DF Legal), extinta Agência de Fiscalização do DF (Agefis), a filial de um terreiro de candomblé localizada nas proximidades do Córrego do Urubu, no Lago Norte, foi demolida na manhã desta segunda-feira (20/05/2019) pelo novo órgão. O DF Legal afirma que a área é pública.

Segundo Américo Neves Filho, também chamado de Pai Lilico de Oxum, contudo, o terreno foi doado há quatro anos à comunidade. Um dos mais conhecidos pais de santo do Distrito Federal, ele coordena a Casa do Caboclo, entidade fundada no Distrito Federal em 1975.

Há um ano, Lilico decidiu erguer a sede na nova chácara, já que o endereço da matriz do terreiro – localizada em Sobradinho II – é considerado, segundo ele, distante para alguns seguidores, o que facilitaria o acesso de frequentadores do grupo.

“Começamos a reunir todas as contribuições, vendi bens pessoais, foi um investimento de mais de R$ 120 mil. Era tudo muito simples, mas bem bonitinho, comprado com a ajuda de muitos. É muito triste ver o que restou de nossos esforços: um grande amontoado de entulho. Minha tristeza é enorme”, disse o babalorixá ao Metrópoles.

O religioso alega nunca ter recebido nenhum tipo de notificação por parte do órgão de fiscalização, tampouco intimação judicial. “Fomos todos pegos de surpresa. As máquinas já chegaram derrubando tudo, e não tive chance de me defender”, alega.

O ex-deputado distrital Raad Massouh (PTB) foi até o local e gravou um vídeo logo após a ação do DF Legal. “Uma crise dessa em que a pessoa vem lutando para sobreviver, aí acontece um negócio desses. Realmente, é muito triste”, disse o ex-parlamentar na gravação.

“Área pública”
Procurado pela reportagem, o DF Legal alegou que, por se tratar de construção irregular em área pública, não há notificação antes da derrubada. Ainda de acordo com o órgão, não havia registro de pedido de licença para atuação de entidade religiosa no local.
“O DF Legal informa que foi retirada, nesta segunda-feira (20/05/2019), uma obra irregular recente de alvenaria, em construção e desocupada, no Núcleo Rural Córrego do Urubu. Trata-se de parcelamento irregular de área pública. O imóvel não possuía características de templo religioso e, sim, de moradia”, sustenta.
Trabalho social
Além de propagar a religião de matriz africana, Pai Lilico de Oxum dedica os espaços a trabalhos sociais e comunitários. Em Sobradinho II, ele abriga cerca de 20 famílias carentes, as quais trabalham na luta pela intolerância religiosa. Pai Lilico também oferece no espaço cursos de capoeira e de teatro em parceria com escolas da região. metropoles
Veja o momento da derrubada:

Arnold Schwarzenegger é atacado em evento na África do Sul (vídeo)

Arnold Schwarzenegger, conhecido por filmes de ação como O Exterminador do Futuro e O Predador, foi atacado em um evento na África do Sul enquanto tirava fotos com os fãs. No vídeo divulgado, uma pessoa desconhecida chega tentando dar uma voadora com os dois pés nas costas do astro.
Em seu Twitter, o ator de 71 anos disse que estava tudo bem:

“Obrigado pela preocupação, mas não há nada para se preocupar. Eu pensei que estava sendo apenas empurrado pela multidão, o que acontece muito. Eu só percebi que eu fui chutado quando vi o vídeo como todos vocês. Eu fiquei feliz que o idiota não interrompeu meu Snapchat.”
O próprio ator mostrou o momento do ataque. Confira:


“Nós temos 90 esportes aqui na África do Sul no Arnold Sports e 24 mil atletas de todas as idades com habilidades que inspiram todos nós a sair do sofá. Vamos colocar os holofotes neles.”
“Se você tiver que compartilhar o vídeo (eu entendo), escolha um borrado e que não tenha o que quer que ele estivesse gritando, para que ele não ganhe destaque.”

segunda-feira, 20 de maio de 2019

Janaina Paschoal diz que deixará bancada do PSL: ‘Vocês estão cegos’

A Jovem Pan teve acesso ao conteúdo de um grupo de WhatsApp de parlamentares do PSL na Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo (Alesp).

Coautora do pedido de impeachment de Dilma Rousseff e deputada estadual mais votada da história do país, Janaina Paschoal (PSL-SP) enviou um vídeo publicado em rede social por Jair Bolsonaro e escreveu:

“E esse vídeo maluco de Messias? O que ele quer com isso?”
Ela ainda questionou em áudio a sanidade do presidente da República:
“Eu peço que vocês assistam e respondam: ‘O senhor, um presidente da República, na plenitude de suas faculdades mentais, publicaria um vídeo desse?’”

No vídeo, de acordo com a postagem de Bolsonaro, um “pastor francês expõe sua visão sobre o futuro do Brasil”. “Não existe teoria da conspiração, existe uma mudança de paradigma na política. Quem deve ditar os rumos do país é o povo! Assim são as democracias”, escreveu o presidente.
O pastor é Steve Kunda, que apresenta Bolsonaro como escolhido por Deus.

“Na história da bíblia, houve políticos que foram estabelecidos por Deus. Um exemplo é quando falam do imperador da Pérsia, Ciro. Antes do seu nascimento, Deus fala através de Isaías: ‘Eu escolho meu servo Ciro’. E o senhor Jair Bolsonaro é o Ciro do Brasil. Não passe seu tempo a criticar, junte vossas forças, sustente esse homem, ore por ele, encoraje-o”, conclama Kunda.

Na conversa de WhatsApp, Janaina Paschoal reclamou da “cegueira” dos colegas e anunciou que tentará deixar a bancada do partido.

“Amigos, vocês estão sendo cegos. Estou saindo do grupo, vou ver como faço para sair da bancada. Acho que os ajudei na eleição, mas preciso pensar no país. Isso tudo é responsabilidade”, escreveu a deputada.
“Saiam da bolha. Vocês são muito parecidos com petistas. Não tem nada a ver com toma lá dá cá. O presidente precisa entender que não será ovacionado pelo povo. A história mostra que essa estratégia não dá certo”, completou Janaina.

A Jovem Pan entrou em contato com a deputada, que confirmou o conteúdo da conversa. Ela contou que estava explicando aos colegas as razões de suas críticas nas redes sociais à convocação das manifestações do dia 26 e lamentou que suas declarações feitas no grupo tenham sido vazadas:
“Eu não estou abandonado o presidente de maneira nenhuma. Eu estou tentando salvar um governo no qual eu votei e trabalhei muito para eleger, mas para governar nas regras do Estado Democrático de Direito. Não consigo ver lógica em um governo convocar manifestações”, acrescentou Janaina.

“Quem está no governo precisa de ponderação, colocar os ânimos nos lugares. Temos uma equipe boa, temos que respeitar os trâmites das instituições”, concluiu.

Eduardo Bolsonaro diz "Lula" como dica para palavra "livre" no "Mega Senha"

O deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL) participou na noite deste sábado (18) do programa "Mega Senha", apresentado por Marcelo de Carvalho, na RedeTV!.

Em uma das rodadas, quando a palavra escondida era "livre", Eduardo deu a dica: "preso", recebendo 'solto', como chute da competidora. A segunda dica do político foi "quase", e a participante arriscou "cadeia''. Em seguida, Eduardo disparou: "Lula", na tentativa que a participante associasse o nome do ex-presidente, atualmente preso, com a senha secreta.

Bem-humorado, Marcelo de Carvalho comentou: "Se ela fosse de esquerda, acertava. Isso vai entrar para os anais da televisão: "Eduardo Bolsonaro dá a dica 'Lula' para 'Livre'".
O apresentador ainda elogiou Eduardo: "É um político politicamente correto..." Uol