Translate

Compartilhe

https://www.facebook.com/deltan.dallagnol/videos/1384339188276453/

search este blog

  • Futuro Sorriso!

    Simião Célio posta vídeo para música Futuro Sorriso no YouTube

  • Reportando!

    6ª edição do AGORA SOMOS UM

  • Entrevista com Wallas Silva

    "Lutador de Muay Thai""

domingo, 31 de março de 2019

A Globo e o golpe: na voz de Cid Moreira ditadura era exaltada pela emissora (vídeo)

Uma locução feita por Cid Moreira, retrata elogio feito ao período do "Golpe" e apresenta laços entre a Globo e a ditadura militar num vídeo governamental de 1975. A história é narrada após 11 anos do acontecimento que manchou o Brasil, e chama a sociedade a uma reflexão.

 Uma homenagem ao 1º de abril de 1964.

Bolsonaro suspende instalação de 8.000 radares em rodovias federais

O presidente Jair Bolsonaro anunciou no Twitter, neste domingo (31), que o Ministério da Infraestrutura suspendeu pedidos de instalação de mais de 8.000 radares em rodovias federais de todo o país.

Na avaliação do presidente, muitos desses equipamentos são feitos para gerar retorno financeiro ao Estado. 
"Ao renovar as concessões de trechos rodoviários, revisaremos todos os contratos de radares verificando a real necessidade de sua existência para que não sobrem dúvidas do enriquecimento de poucos em detrimento da paz do motorista", escreveu o presidente, que está em viagem oficial de quatro dias a Israel. R7

Preço de medicamentos tem aumento autorizado pelo governo

O governo decidiu autorizar o aumento de reajuste de até 4,33% no preço dos remédios. A medida foi publicada em edição extra do Diário Oficial da União de ontem e já tem validade a partir deste domingo. A medida foi decidida pela Câmara de Regulação do Mercado de Medicamentos (Cmed), segundo informa o Broadcast.

Ao contrário do ano passado, o reajuste, que ficou acima da inflação, será linear para todos os medicamentos. Mas isso não significa que todos terão esse aumento de preço automaticamente. Cada empresa pode adotar reajustes menores até o teto estipulado. BR18

Twitter: Bruna Marquezine compartilha saudades por Lula e Dilma

Mais uma polêmica envolvendo as posições políticas de Bruna Marquezine das redes sociais.
Ela tem se colocado no centro da pancadaria digital ao atacar Jair Bolsonaro.

Agora, mais uma polêmica. Ela curtiu, no Twitter, uma internauta que reclamava do valor do dólar – o que prejudica quem viaja para o Exterior. “Sdds do meu presidente Lula com dólar 1,50 e minha presidenta Dilma com euro 2,40“, dizia o Twitter.

Foi o suficiente para as milícias digitais entrarem em ação.

Esse é mais um sinal de como Bolsonaro está se desgastando nas redes sociais por causa de celebridades e até sub-celebridades ( vídeo acima).

Monitoramentos realizados pelo Palácio do Planalto já detectaram que o Governo Bolsonaro está perdendo a guerra de comunicação nas redes sociais.

Era ali que Bolsonaro brilhava e fazia sucesso a ponto de virar presidente.

Um sinal mais visível está numa aliança que junta de Bruna Marquezine, Kéfera, Felipe Neto a Bruna Surfistinha.

Ninguém bateu tão forte como Surfistinha: ela disse que podem lhe chamar de puta. Mas nunca de Bolsominion.

Os três receberam muito mais likes do que dislikes em seus comentários.

Até pouco tempo atrás, seriam massacrados.
Depois de cobrar explicações do presidente da República e da família Bolsonaro sobre os escândalos do caso Queiroz, Bruna Marquezine foi atacada por apoiadores de Jair Bolsonaro (PSL) em seu perfil no Instagram.

Bruna publicou o recado nos stories do Instagram. “Presidente Bolsonaro: explique ao mundo as finanças da família”, dizia a mensagem da atriz.
A postagem da atriz foi feita no momento em que o presidente estava em Davos, participando do Fórum Econômico Mundial.
“Explica aí teus gastos com nosso dinheiro, com a Lei Rouanet. O povo quer saber”, questionou uma internauta. “Petista de m*. Lixo. Lave a boca para falar do nosso presidente sua vaca”, escreveu outra. catracalivre

sábado, 30 de março de 2019

Na FIESP, Mourão defende o fim do salário mínimo, da aposentadoria e fim da Educação e da Saúde públicas

 
Salário mínimo do Brasil é tão baixo que ficamos atrás do Chile, da Argentina e da maioria dos países.

Aplaudido de forma efusiva por 700 empresários reunidos na sede da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo, na Avenida Paulista, o vice-presidente Hamilton Mourão voltou a criticar o salário mínimo.

Segundo o general, a remuneração básica de referência no Brasil pune os empresários (“mínimo que não é mínimo”) e não pode mais ser reajustada anualmente com base na inflação.

Mourão defendeu ainda a aprovação da reforma da Previdência, o aprofundamento do desmonte da CLT iniciado pelo governo de Michel Temer, a privatização até de serviços básicos como saúde e educação e uma drástica redução de impostos.

Entende-se o entusiasmo dos empresários. O discurso de Mourão, lido e não improvisado, soa como música para o setor privado. Mas, no caso do salário mínimo, não condiz com a realidade.

O Brasil tem um dos menores salários mínimos do planeta, mostra um levantamento de 2018 da Fundação Alemã Hans Bockler. O estudo faz uma comparação da remuneração da hora trabalhada. Os valores são medidos em euros pela paridade do poder de compra, metodologia que elimina os efeitos das variações cambiais.

Um outro comparativo, produzido pelo Ipea com base em dados da OCDE, a organização mantida pelos países ricos na qual o governo Bolsonaro pretende inserir o País, chega a conclusões semelhantes.

Na lista comparativa, só ficamos na frente do México entre as nações pesquisadas (Salário mínimo por país, em dólar, pela paridade do poder de compra). Os dados são de 2015. carta capital

sexta-feira, 29 de março de 2019

A Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) e o Instituto Vladmir Herzog denunciaram, nesta sexta-feira (29), o presidente da República, Jair Bolsonaro, na Organização das Nações Unidas (ONU).

Em documento enviado aos relatores da ONU, as entidades afirmam que há uma “tentativa de modificar a narrativa do golpe de estado de 31 de março de 1964 no Brasil” por meio de “instruções diretas do gabinete do presidente, desconsiderando as atrocidades cometidas”.

A denúncia também aborda as declarações do presidente da República, Jair Bolsonaro, durante o programa Brasil Urgente, de José Luiz Datena, na TV Band, na quarta-feira (27).

“Temos de conhecer a verdade. Regime nenhum é uma maravilha. Onde você viu uma ditadura entregar o governo de forma pacífica? Então, não houve ditadura”, disse Bolsonaro na ocasião.

O documento cita também as falas parecidas de outros integrantes do governo, como a afirmação do ministro de Relações Exteriores, Ernesto Araújo, sobre o período.

“Não considero um golpe. Considero que foi um movimento necessário para que o Brasil não se tornasse uma ditadura. Não tenho a menor dúvida em relação a isso”, disse o chanceler, segundo a RENOVA.

Índice de desemprego cresce para 12,4% em fevereiro

Segundo o IBGE, o Brasil possui 13,1 milhões de desempregados, 892 mil a mais que no período anterior. O número de pessoas desalentadas (que desistiram de procurar emprego) ou com mão de obra subutilizada também subiu.

A taxa de desemprego do país ficou em 12,4% no trimestre móvel encerrado em fevereiro, de acordo com dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (Pnad Contínua), divulgada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) nesta sexta-feira.

A taxa ficou acima daquela registrada no trimestre móvel anterior, encerrado em novembro de 2018, de 11,6%, mas abaixo da marca apurada em mesmo período de 2018, de 12,6%.

A leitura ficou em linha com a expectativa de analistas de 24 consultorias e instituições financeiras consultados pelo Valor Data, que previam, em média, uma elevação da taxa de desemprego para 12,4% no trimestre móvel encerrado em fevereiro.

O total de desempregados -- pessoas de 14 anos ou mais que buscaram emprego, sem encontrar na semana de referência da pesquisa -- estava em 13,098 milhões em fevereiro. Esse contingente era 7,3% maior do que no trimestre móvel anterior, ou 892 mil pessoas a mais. Frente a um ano antes, diminuiu em apenas 0,2%.

A busca por empregos cresce na medida em que o mercado passa por um período de dispensas. A população ocupada (empregados, empregadores, autônomos etc) somava 92,127 milhões nos três meses até fevereiro, 1,1% a menos do que no trimestre anterior, ou 1,062 milhão de pessoas a menos. Frente ao segundo mês de 2018, o total de ocupados aumentou 1,1%, ou 1,036 milhão de pessoas a mais.

O processo de recuperação do mercado de trabalho foi iniciado em abril de 2017, especialmente via empregos formais. Em 2018, porém, a recuperação perdeu fôlego e foi menos intenso do que o previsto, assim como a retomada da atividade econômica como um todo.

Renda
Os trabalhadores tiveram ganho real de salários neste início de ano - o rendimento médio real habitualmente recebido em todos os trabalhos foi de R$ 2.285 no trimestre encerrado em fevereiro, 1,6% acima do período de setembro a novembro de 2018 (R$ 2.250).

Na comparação com mesmo trimestre móvel de 2018, o avanço da renda foi de 0,7%. Essa variação é considerada estabilidade pelo IBGE, ou seja, está dentro do intervalo de confiança (margem de erro) da pesquisa.

O avanço da renda, contudo, foi para poucos, uma vez que a população ocupada encolheu 1,1% no trimestre móvel terminado em fevereiro.

Apesar disso, o desempenho da renda foi suficiente para manter a massa de rendimentos (total da renda de todos os trabalhadores) em terreno positivo. A massa somou R$ 205,416 bilhões de dezembro de 2018 a fevereiro de 2019, 0,5% acima do trimestre móvel anterior e 2% maior do que no mesmo período findo em 2018.

Trabalhadores subutilizados
O país tinha 27,929 milhões de trabalhadores subutilizados de dezembro a fevereiro deste ano. Trata-se de uma alta de 3,3% frente aos três meses anteriores (setembro a novembro), o correspondente a 901 mil pessoas a mais.

A subutilização -- espécie de mão de obra "desperdiçada" -- inclui três tipos de trabalhadores: os desempregados; os subocupados (pessoas empregadas, mas que gostariam e poderiam trabalhar mais); e a força de trabalho potencial (pessoas que não buscam emprego, mas estão disponíveis para trabalhar).

"Esse crescimento está ligado ao aumento de desocupação no trimestre", disse Cimar Azeredo, coordenador de Trabalho e Rendimento do IBGE.

A taxa de subutilização estava em 24,6% da força de trabalho ampliada (que soma a força de trabalho com a força de trabalho potencial) no trimestre encerrado em fevereiro, acima do trimestre móvel anterior (23,9%).

Já o desalento -- que integra o conjunto de subutilizados -- chegava a 4,855 milhões de pessoas no trimestre encerrado em fevereiro, 150 mil pessoas a mais na comparação ao trimestre móvel anterior. Quando comparado ao mesmo período do ano passado, o desalento cresce 6%. www.valor.com.br

Record é acusada de escolher ator por dízimo e rebate

A Igreja Universal do Reino de Deus (IURD) processará a jornalista Patrícia Kogut e o jornal O Globo já que a profissional fez acusações contra a instituição religiosa.

Kogut publicou um texto acusando a IURD de vender vagas para atores que desejam participar de novelas da Record TV.

Segundo a colunista, “jovens atores aspirantes cujos pais contribuem com dízimo mais gordo” conseguem papéis de coadjuvantes em produções da emissora.

Em um comunicado divulgado à imprensa, a igreja afirma que essa é uma “gravíssima e irresponsável acusação”. Já a Record disse que “a publicação fere a honra de todos os profissionais da emissora, que vai buscar na Justiça os seus direitos diante desta mentira”.

Além do processo judicial, a Universal enviou uma nota ao jornal O Globo exigindo uma retratação “em igual espaço e destaque reservado ao texto original, nas versões impressa e online”.

Confira a nota da Igreja Universal na íntegra:
A Igreja Universal do Reino de Deus processará judicialmente a colunista do jornal “O Globo” Patrícia Kogut, além do próprio veículo. Em sua coluna desta quinta-feira (28), a jornalista acusou a Universal de vender vagas para atores que desejam participar de novelas da Record TV.

Na fake news publicada pelo jornal carioca, a jornalista escreveu que a Universal consegue colocações no elenco da dramaturgia da Record TV, a “jovens atores aspirantes cujos pais contribuem com dízimo mais gordo”.

Trata-se de uma gravíssima e irresponsável acusação, sobre a qual Patrícia Kogut não apresenta um nome, uma prova, ou uma testemunha.

Além da ousadia de espalhar uma mentira em um dos jornais de maior circulação no país, a colunista sequer procurou a Igreja para apurar a fofoca que, supostamente, ouviu.

Em nota encaminhada à direção do jornal, a Igreja repudiou o ataque promovido por Kogut, e exigiu que ela se retrate pela mentira publicada, “em igual espaço e destaque reservado ao texto original, nas versões impressa e online”. A Universal também avisou o veículo que “processos judiciais serão abertos”

Além do Globo, o site de fofocas “TV Foco” também espalhou a fake news. O veículo foi igualmente alertado que o caso será levado ao Judiciário. pleno.news

Priscilla Alcantara discute com Feliciano no Twitter sobre viagem missionária com Bruna Marquezine

 
A viagem missionária para Angola organizada pelo projeto Aldeia Nissi com participação de Priscilla Alcantara e Bruna Marquezine rendeu uma discussão da cantora com o pastor Marco Feliciano (PODE-SP) no Twitter.

Feliciano repercutiu a notícia de que a atriz da TV Globo havia ido ao país africano numa viagem missionária, e perguntou aos seguidores de sua conta na rede social qual a opinião a respeito do assunto. O tweet não trazia nenhum teor crítico, apenas o questionamento aberto.

Priscilla Alcantara se incomodou e respondeu em tom de lacração, defendendo Bruna Marquezine de eventuais críticas: “A minha opinião é que a gente tem que se preocupar com as questões sociais da gente enquanto sociedade e não abrir enquete sobre a vida pessoal de Bruna Marquezine que, aliás, está cumprindo o ‘Ide’ melhor que muita gente, pastor”, escreveu a cantora.

Bruna Marquezine é figura recorrente nas manchetes de portais de celebridades por sua profissão, assim como por participações em cultos em igrejas do Rio de Janeiro, mas também por frequentar festas como o Carnaval, por exemplo.

O pastor, no entanto, não deixou a resposta de Priscilla Alcantara sem tréplica: “Eu poderia ser deselegante como você e responder: ‘Esta conta é minha, portanto, faço dela o que eu achar melhor’. Ou poderia como pastor lhe dizer assim: ‘Respeite aos mais velhos que pavimentaram o caminho que hoje você segue’. Mas por respeito não irei dizer nada”, publicou.

Em seguida, Feliciano mudou de ideia e acrescentou observações à situação, deixando claro a precipitação da jovem cantora gospel: “Sinceramente? Não entendi sua má criação. Que mal tem em perguntar aos irmãos e aos fans (sic) o que eles pensam de uma viagem missionária? Isso pode despertá-los a fazer missões. Quando você nem era nascida eu já pregava em Angola enfrentando o terrorista Jonas Savimbi. Ministrei para milhares de meninos e meninas mutiladas numa época em que missionários eram expulsos de Angola. Postei a enquete pra mostrar que ainda há jovens crentes que amam missões. Mas sua atitude aqui não condiz com sua ação lá em Angola”.

“[…] Sigo orando pela Bruna, por você e pelo seu ministério”, encerrou o pastor, ao compartilhar um vídeo sobre as missões em Angola.

Priscilla optou por deletar as postagens e, em seu perfil no Twitter, fez uma publicação sem mencionar Feliciano: “Acho que a gente tem que se ajudar a ser melhor. Abrir os olhos uns dos outros para aquilo que verdadeiramente importa. Não dá para perder tempo na vida. Vida sem Amor perde o valor. Então ‘bora’ aprender a amar enquanto é tempo, porque o tempo voa”. gospel+



Justiça reconhece direito a adicional de insalubridade em exposição ao sol

O trabalho de carpintaria na construção de um resort próximo a lagoa do Manso (129km de Cuiabá) mantinha um profissional exposto ao sol durante toda a sua jornada.

Como a exposição ao calor ultrapassou os limites de tolerância estabelecidos em norma de segurança no trabalho, o Tribunal Regional do Trabalho de Mato Grosso (TRT/MT) determinou o pagamento de adicional de insalubridade.

Como ‘carpinteiro telhador’, ele fazia a cobertura dos bangalôs do empreendimento. O trabalho a céu aberto o deixava exposto diariamente a agentes nocivos à saúde, como poeira, cimento e radiação solar, tudo sem a utilização de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) adequados.

O perito designado para o caso concluiu que a atividade desenvolvida possuía agentes insalubres em grau médio, por exposição ao calor do sol acima do limite permitido pela Norma Regulamentadora 15, que trata de atividades e operações insalubres.

Com base no laudo do perito, a juíza substituta da 6ª Vara do Trabalho de Cuiabá, Márcia Pereira, condenou a empresa a pagar o adicional de insalubridade e reflexos e compensação por danos morais. A empresa recorreu da decisão, mas a 2ª Turma do TRT/MT manteve a condenação no percentual de 20%.

Conforme o relator do processo no Tribunal, desembargador Osmair Couto, o entendimento do Tribunal Superior do Trabalho (TST) é no sentido de que o trabalho a céu aberto, com exposição a calor excessivo, confere ao trabalhador o direito ao adicional de insalubridade no caso de exposição acima dos limites de tolerância. “Constatado por meio de perícia técnica que o trabalhador estava exposto ao agente físico calor superior aos limites de tolerância para a atividade desempenhada, o adicional de insalubridade é devido”.

A orientação jurisprudencial 173 do TST estabelece que tem direito ao adicional de insalubridade o trabalhador que exerce atividade exposto ao calor acima dos limites de tolerância, inclusive em ambiente externo com carga solar.
TRT- 23ª Região - PJe 0001334-17.2015.5.23.0022
ianvarella.jusbrasil.com.br

STF decide que sacrifício de animais em cultos religiosos é constitucional

O Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu nesta quinta-feira (28), por unanimidade, que é constitucional o sacrifício de animais em cultos religiosos.

O caso chegou ao Supremo em um recurso do Ministério Público do Rio Grande do Sul contra uma decisão do Tribunal de Justiça gaúcho que autorizou a prática em relação a religiões de matriz africana, desde que sem excessos e crueldade. 

O julgamento do caso começou em agosto do ano passado. O relator, ministro Marco Aurélio Mello votou a favor do sacrifício dos animais nos rituais de todas as religiões, não apenas as de matriz africana. Todos os ministros seguiram o mesmo entendimento. 

Na ocasião, entretanto, Marco Aurélio condicionou o abate ao consumo da carne do animal, enquanto os demais não. O ministro Alexandre de Moraes pediu vista na oportunidade e o julgamento foi retomado nesta quinta-feira.

Voto-vista

Em seu voto, Moraes disse que a questão foi colocada de maneira “preconceituosa” pelo Ministério Público estadual, autor da ação, e pelos amigos da Corte, instituições que participaram das discussões no Supremo. 

Moraes afirmou que houve confusão de rituais religiosos de sacrifício com práticas de magia negra, nos quais os animais seriam maltratados. 

“O ritual não pratica crueldade. Não pratica maus tratos. Várias fotos, argumentos citados por alguns amici curie (amigos da Corte), com fotos de animais mortos e jogados em estradas e viadutos, não têm nenhuma relação com o Candomblé e demais religiões de matriz africana. Houve uma confusão, comparando eventos que se denomina popularmente de magia negra com religiões tradicionais no Brasil de matriz africana”, afirmou o ministro. 

De acordo com Moraes, essa interpretação “preconceituosa” da prática estava levando à interdição de terreiros de Candomblé por autoridades administrativas e sanitárias. O ministro afirmou ainda que impedir a prática seria “manifestar claramente a interferência na liberdade religiosa". 

"A oferenda dos alimentos, inclusive com a sacralização dos animais, faz parte indispensável da ritualística das religiões de matriz africana”, afirmou Moraes. 

O ministro também votou para estender a permissão a rituais de todas as religiões, mas não condicionou a prática ao consumo da carne do animal.

Os ministros Luís Roberto Barroso, Rosa Weber, Ricardo Lewandowski, Luiz Fux, Gilmar Mendes, Cármen Lúcia e o presidente Dias Toffoli também votaram para autorizar a prática e reconhecer o direito de todas as religiões em sacrificar animais em cultos. Celso de Mello não estava presente à sessão. 

Para o ministro Luís Roberto Barroso, há desconhecimento sobre como são conduzidos os rituais nas religiões de matriz africana. 

“Não se trata de sacrifício ou de sacralização para fins de entretenimento, mas sim para fins exercício de um direito fundamental que é a liberdade religiosa. Não existe tratamento cruel desses animais. Pelo contrário. A sacralização deve ser conduzida sem o sofrimento inútil do animal”, disse Barroso.
“Me parece evidente que quando se trata do sacrifício de animais nesses cultos afros isso faz parte da liturgia e está constitucionalmente protegido”, afirmou Lewandowski. 

A decisão foi tomada em um recurso com repercussão geral e deverá ser aplicada por todos os tribunais e juízes do país em casos semelhantes.
G1

Ministério Percussivo Benai Elohim lança "Polirritmia Percussiva" 1º vídeo instrumental

O Ministério Percussivo Benai Elohim, lançou na manhã desta sexta-feira em seu canal na plataforma do YouTube o seu primeiro vídeo instrumental intitulado "POLIRRITMIA PERCUSSIVA", composto por alguns ritmos da música baiana e latina.

O Ministério Percussivo, traz em sua ritmologia uma forma combinada entre harmonia e base percussiva, difundindo nas igrejas essa característica como ferramenta de adoração a Deus. 

Com muito empenho dos integrantes, o Benai Heloim alia o tradicional ao novo, criando novas roupagens para as músicas populares do seguimento gospel.

Assista ao vídeo










quinta-feira, 28 de março de 2019

Lauriete confirma divórcio e declara: “Estou muito feliz”

A deputada federal Lauriete (PR-ES) assumiu, no início de fevereiro, seu segundo mandato na Câmara. Nesta quarta-feira (27), ela recebeu a equipe do Pleno.News em seu gabinete e concedeu uma entrevista exclusiva. Nela, falou sobre sua motivação política, relação com Deus e confirmou estar divorciada do ex-senador Magno Malta.

Lauriete começou falando sobre o desejo em retornar à vida política. Ela foi eleita pela primeira vez em 2010, mas não se candidatou à reeleição na época por causa da família.

– Minha filha, na época com 7 anos, fez um pedido para não voltar mais não porque ela sentia a minha ausência. Disse que não queria mais e que estaria saindo do cenário político e olha eu aqui de volta. Acho que a gente que tem um Deus que rege nossa vida e que acredita que o controle da nossa vida está nas mãos Dele nunca pode falar “nunca mais” – afirmou.

Ela acredita que há um propósito espiritual para sua nova passagem pela Câmara.
– A gente que tem um ministério, político ou não, está muito próximo ao povo. Começaram a cobrar novamente e aí eu me rendi. E eu também tenho certeza que existe o propósito de Deus nesse mandato. Meu primeiro mandato foi uma bênção para mim, para meu estado e tenho certeza de que eu tinha contribuído para o Brasil. Aí eu decidi voltar – revelou.

Lauriete foi eleita em 2018, ficando em nono lugar no estado do Espírito Santo. Ela recebeu 51.983 votos, o que representa 2,69%. O primeiro colocado, Amaro Neto (PRB), ficou com 9,41% dos votos.

FIM DO CASAMENTO
 
Sobre o fim do casamento, a deputada afirmou que prefere deixar sua vida pessoal no âmbito privado, mas confirmou o divórcio. Além disso, declarou que, apesar de não ter dado certo, “não era para ser” e ela agora “está feliz e bem”.

– Não gosto de falar do meu casamento porque acredito que não há necessidade. Já me divorciei, já foi. Estou divorciada oficialmente. Então a gente encerrou o casamento sem briga, nada no litigioso, tudo tranquilamente. Não era para ser assim. Pelo menos eu não pensei. Ninguém casa para separar, mas acontece. Mas eu estou feliz da vida, o mais importante é isso: eu estou feliz e bem. Tenho um Deus que cuida de mim nos mínimos detalhes. Eu, fazendo a obra do Senhor e tendo minha filha do meu lado, é tudo o que eu preciso – explicou. pleno.news

Gol começa a vender passagens de Vitória da Conquista a São Paulo por R$ 230,84

 
Enquanto alguns políticos se movimentam contra a inauguração do Aeroporto Glauber Rocha, a Gol Linhas Aéreas comercializa as passagens para os voos entre Vitória da Conquista ao Aeroporto Internacional de Guarulhos, em São Paulo. Conforme consulta realizada pelo BLOG DO ANDERSON ao meio dia desta quinta-feira (28), a Gol disponibiliza três modalidades, sendo a Max, Plus e a Light nos valores de R$ 375,84, R$ 295,84 e R$ 230,84.

No momento cada uma dessas opções só tinha quatro assentos disponíveis para reservas. O Aeroporto Glauber Rocha está localizado no Distrito Aeroportuário, que fica a sete quilômetros da cidade de Vitória da Conquista e deve ser inaugurado em até dois meses, logo após as conclusões das obras da rotatória de acesso ligando a Rodovia Santos Dumont ao portão central. blogdoanderson

Homem que estava na lista de desaparecidos de Brumadinho é encontrado vivo

Após mais de dois meses de buscas, a Polícia Civil retirou nessa quarta-feira (27) mais um nome da lista de desaparecidos na tragédia de Brumadinho. No entanto, dessa vez, o encontrado não se juntou a lista de 216 vítimas.

O nome de João Carlos de Oliveira, que trabalhava para uma empresa terceirizada da Vale, constava já nas primeiras listas de desaparecidos na tragédia, mas o rapaz estava vivo. Segundo a Polícia Civil, ele se encontrou com a família já nos primeiros dias de busca, mas ninguém avisou as autoridades.

A corporação recebeu a informação de que ele estava vivo, investigou e conseguiu a confirmação. Segundo a corporação, a família não tentou receber os valores oferecidos pela Vale como doação para as vítimas. Portanto, não foi identificada nenhuma fraude.

Os números mais atualizados divulgados pela Polícia Civil mostram que 216 mortes já foram confirmadas e 88 pessoas ainda são procuradas.

Retirados da lista
A Polícia Civil solicitou até agora a retirada de seis nomes da lista de desaparecidos em Brumadinho.
Os pedidos tiveram como fundamento investigações que demonstraram que as pessoas que estavam na lista foram incluídas de forma errônea, por parentes ou terceiros, e a confirmação de que a pessoa incluída na lista está viva.

Quatro desses nomes foram retirados depois que a polícia detectou que se tratava de tentativa de fraude.

Outros dois nomes, incluindo o de João Carlos, foram retirados depois que foi descoberto que as pessoas estavam vivas. A Polícia Civil informou que o outro caso não será detalhado por questões familiares, mas que o nome foi retirado na última semana. otempo

Câmara aprova anistia para partidos envolvidos com infrações eleitorais

O teor do projeto pode sofrer alterações quando outros trechos forem analisados, possivelmente na semana que vem.

A Câmara dos Deputados aprovou na noite desta quarta-feira (27) um projeto que isenta partidos políticos de multas e penalidades por infrações da legislação eleitoral. 

O deputado Paulinho da Força (SD-SP), que é o autor do texto, estima em um teto de R$ 20 milhões a cobrança que a Receita pode fazer a partidos para que esses reativem diretórios que tenham sido baixados.

Paulinho acrescentou de última hora trecho que blinda dirigentes partidários de eventuais consequências jurídicas de atos cometidos pela sigla antes de seu mandato, informa a Folha.

O projeto é uma reação a decisões recentes do TSE (Tribunal Superior Eleitoral), que reprovou a contas de 2013 de dois partidos e analisa as dos demais. Renovamidia

Nos pênaltis, Corinthians vence a Ferroviária e avança para as semifinais do Paulistão

Na noite desta quarta-feira (27), o Corinthians venceu a equipe da Ferroviária nos pênaltis, pelo placar de 4 a 3, após 1 a 1 no tempo normal na Arena Corinthians. Com o resultado, o Alvinegro está classificado para a semifinal do Paulistão 2019, já com adversário definido, o Santos. 


Corinthians escalado!

Para o duelo de volta contra a Ferroviária, o treinador Fábio Carille escalou o Corinthians com Cássio; Michel, Manoel, Henrique, Danilo Avelar; Ralf, Júnior Urso, Jadson, Clayson; Vagner Love e Gustavo. À disposição do técnico alvinegro no banco estavam Walter, Filipe, Carlos Augusto, Marllon, Pedro Henrique, Richard, Ramiro, Thiaguinho, Pedrinho, Mateus Vital, Sornoza, Régis e Boselli. 

O jogo

No primeiro tempo, o Corinthians começou marcando no campo de ataque da equipe de Araraquara, e criou boas oportunidades de abrir o placar. A primeira delas aconteceu aos três minutos, com Vagner Love, arriscando da entrada da área, mas a bola desviou no zagueiro e foi para escanteio. 

O Timão seguia buscando o gol. Aos 16 minutos, Michel fez um cruzamento perfeito, colocando a bola na cabeça de Gustavo, que subiu mais alto que a zaga adversária e escorou, a bola passou muito perto da trave direita da Ferroviária. 
Aos 30 minutos, o Alvinegro chegou a balançar a rede em uma nova cabeçada de Gustavo após cobrança de falta na área, no entanto, o camisa 19 estava em posição de impedimento. Porém, três minutos depois, após boa jogada de Clayson pela esquerda, o cruzamento foi na medida para Junior Urso tocar para a rede. 1 a 0 Timão. 

Antes do fim do primeiro tempo, aos 46 minutos, o Corinthians chegou perto do segundo gol, mais uma vez com cabeçada de Gustavo, desta vez, o goleiro ficou com ela. 

O segundo tempo começou sem muitas chances para ambos os lados. A primeira oportunidade do Timão ampliar veio aos oito minutos, em uma bola que sobrou na área para Michel chutar forte, mas o goleiro da Ferroviária fez uma boa defesa. 

Aos 13 minutos, a Ferroviária chegou ao empate em um chute cruzado para dentro da área, com desvio do camisa 9 Thiago Santos. Aos 19 minutos, Carille fez a primeira substituição, trocando Jadson por Sornoza. 

Depois da segunda substituição do Timão, saindo Ralf e entrando Pedrinho, aos 30 minutos, Corinthians por pouco não fez o segundo. Sornoza cruzou na área, Henrique cabeceou, cara a cara com o goleiro, mas Tadeu faz uma boa defesa no reflexo.

A última alteração de Carille foi aos 37 minutos, colocando o atacante Boselli no lugar de Vagner Love. Ainda no tempo normal, o Timão teve uma falta perigosa batida por Sornoza, mas a bola ficou na barreira. 

Pênaltis

A Ferroviária começou batendo e desperdiçou a primeira cobrança, Tony chutou para fora. Gustavo abriu a série para o Timão, e colocou o Timão na frente. 1 a 0. Na segunda chance da equipe de Araraquara, Thiago santos bateu e Cássio pegou, mantendo a vantagem pro alvinegro. 

Clayson fez o segundo do Timão, 2 a 0. Na terceira penalidade de cada equipe, Uilliam fez para a Ferroviária e Danilo Avelar desperdiçou a cobrança, 2 a 1. Em seguida, mais dois gols de cada equipe, Higor e Boselli marcaram. 3 a 2. 

Nas últimas cobranças dos times, o goleiro Tadeu bateu e marcou, em seguida, o garoto Pedrinho não perdeu a chance e também balançou a rede. Com este gol, Corinthians se garantiu nas semifinais do Paulistão. 

Próximo jogo

O jogo que começará a decidir a vaga na final do Paulistão acontece na Arena Corinthians, no próximo fim de semana, contra o Santos. A definição das datas e horários das partidas de ida e volta desta fase serão anunciados pela Federação Paulista de Futebol nesta quinta-feira (28). 

Para o primeiro encontro, na Arena Corinthians, os ingressos já estão à venda para membros do Fiel Torcedor.

quarta-feira, 27 de março de 2019

Bebianno negocia com Maia debandada no PSL

O ex-ministro Gustavo Bebianno (foto) articula nos bastidores um movimento de debandada de integrantes do PSL que, assim como ele, estão descontentes com o partido e o presidente Jair Bolsonaro. Os destinos negociados são o DEM do presidente da Câmara, Rodrigo Maia, e o PSDB. A articulação começou depois da saída de Bebianno da Secretaria-Geral. Crusoé

Lobão ataca Bolsonaro e diz que ter saudades da ditadura é estupidez

O Lobão, aquele mesmo que foi roqueiro de algum sucesso há 30 anos e depois se bandeou pra direita, ressurgiu das cinzas e foi parar nos Trend Topics do Twitter, nesta quarta-feira (27).

O cantor afirmou, em vídeo publicado nesta terça-feira, que “ter saudades de um regime desses (a ditadura) é de uma estupidez que revela exatamente aquilo que eu tenho falado sobre a direita. A gente não pode glorificar expedientes sombrios”, disse.

Apesar de não citar em momento algum o nome, Lobão faz evidentes críticas ao presidente Jair Bolsonaro e sua determinação de instruir o Ministério da Defesa a fazer as ‘comemorações devidas’ pelo aniversário do golpe que deu início à ditadura no país, em 31 de março de 1964.

O cantor já havia se notabilizado, em 2011, por minimizar a ditadura, durante o Festival da Mantiqueira, ocorrido na cidade de São Francisco Xavier (SP): “Há um excesso de vitimização na cultura brasileira… Essa tendência esquerdista vem da época da ditadura. Hoje, dão indenização para quem sequestrou embaixadores e crucificam os torturadores que arrancaram umas unhazinhas”, disse na ocasião. Fórum



Maristela Temer zerou contas pouco antes de bloqueio... Quem avisou?

Um fato intrigante. Maristela Temer certamente teve conhecimento da ordem judicial de bloqueio de numerários nas contas de sua titularidade. O bloqueio foi determinado no dia seguinte à prisão do ex-presidente. Alguém avisou a moça. Nas contas de Temer, que já estava preso, foram bloqueados R$ 8 milhões e 240 mil. 

Moreira Franco ficou com R$ 2,1 milhões indisponíveis. E o coronel Lima teve bloqueado um montante de R$ 23 milhões 171 mil. Nada mal para um policial reformado da PM de São Paulo.
Porém, surpreendentemente, nas contas de Maristela, que estava solta, foram encontrados apenas R$ 1.217. Há fundado receio de que as contas tenham sido zeradas, pouco antes da execução da ordem.
Quem vazou a informação para filha de Michel Temer? jornaldacidade

Deputado comemora eleição de líder da Frente Evangélica

Após a eleição do deputado Silas Câmara (PRB-AM) como novo líder da Frente Parlamentar Evangélica, o deputado federal Abílio Santana (PR-BA) comemorou o resultado. Ele retirou a própria candidatura da corrida para não haver disputa interna.

– Abri mão da candidatura para que não houvesse acirramento interno, disputa que só prejudica a união da bancada. Fico feliz com a eleição do deputado Silas Camara pela sua competência, postura exemplar no âmbito religioso e por reunir condições de unir o grupo – afirmou o parlamentar.

Abílio Santana ainda completou frisando que “nunca houve votação, e sim eleição por aclamação”, como também aconteceu nesta quarta-feira (27). Pleno.news

Mateus Araújo: Bolsonaro precisa conhecer a VERDADE! A igreja, se libertar.

O canal "Cê Viu?" entrevistou o comunicador, radialista e idealizador do Portal Conquista Gospel Mateus Araújo, da cidade de Vitória da Conquista, conhecido por apontar de forma polêmica os bastidores que acontecem no seio da igreja, desta vez, além de chamar a igreja para o exercício do pensamento baseado na razão, ele estendeu suas críticas à figura do presidente Jair Bolsonaro e afirmou "você precisa conhecer a verdade". 

Assista ao vídeo e veja à íntegra a entrevista.

Rumor de internação de Benny Hinn se espalha e televangelista nega problemas de saúde

O controverso televangelista e “curandeiro da fé” Benny Hinn rebateu um rumor de que ele estava hospitalizado após um grupo de apoiadores da África vir a público pedindo orações por sua saúde.

“Família, vamos todos estar em acordo e estender as orações para o pastor Benny Hinn neste exato momento! Por favor, façam isso agora!”, escreveu um líder religioso autointitulado profeta Bernard Taylor, de Gana, no Twitter, no último domingo pela manhã.
A publicação viralizou nas redes sociais, e no final da noite do mesmo dia, a equipe de assessores de Benny Hinn negou que o televangelista estivesse doente: “Você pode ter visto um boato circulando online de que o pastor Benny está na UTI. Nós garantimos que isso é absolutamente falso. Pastor Benny não está doente. Ele está indo muito bem e ansioso pela transmissão ao vivo da noite de amanhã”, publicou a equipe no Facebook.

Logo depois, Benny Hinn apareceu em uma transmissão ao vivo no Facebook: “Diga a todos os meus maravilhosos parceiros e amigos que estou me saindo bem. Há um boato de que estou no hospital. Não é verdade. Entenda? Eu estou maravilhoso”, disse Hinn no vídeo, ensaiando uma dancinha.

“Alguém colocou alguma coisa no Facebook esta manhã ou ontem dizendo às pessoas que eu estou no hospital, [que há] algo errado comigo. Eu não. Talvez seja outro Benny Hinn que eu não conheço”, declarou. “Deixe as pessoas saberem que estou realmente ótimo. Deus tem sido tão bom para mim”, acrescentou.

Cerca de quatro anos atrás, Hinn foi internado no Orange County Medical Center, na Califórnia, com problemas cardíacos. Após o tratamento, ele declarou que seu coração estava forte: “Deus é fiel. Meu coração é forte. Não tenho danos no coração. Minhas artérias não estão bloqueadas. Não há dano arterial. A fibrilação atrial está sendo tratada de forma eficaz, e meu ritmo cardíaco acelerado diminuiu consideravelmente. Estou me sentindo mais forte a cada dia. O prognóstico é bom e prevê uma recuperação rápida e completa, e estou muito feliz de estar indo para casa”, declarou o televangelista na ocasião, em comunicado enviado ao portal The Christian Post.

A fibrilação atrial é o tipo mais comum de arritmia, resultante de um problema com a taxa ou ritmo do batimento cardíaco. A condição pode resultar no coração batendo muito rápido, muito lento ou simplesmente irregularmente. Se o problema passar despercebido, infelizmente, pode levar ao aumento do risco de acidente vascular cerebral, dor no peito ou insuficiência cardíaca.

Gideões divulga lista de pregadores deste ano | Ajude-nos a salvar os que estão sentenciados à MORTE!“

A 37ª edição do Congresso Gideões, o maior congresso de missões do país, que acontece em Camboriú, Santa Catarina, dos dias 27 de abril a 06 de maio, divulgou a lista dos preletores oficiais.
 
Na lista deste ano, que tem nomes tradicionais como Marco Feliciano, Abílio Santana, Ângelo Galvão, Gesiel Gomes, entres outros, somando 120 preletores convidados.
Este será o primeiro congresso sob a liderança do novo líder do GMUH, o pastor Zilmar Miguel.
O Congresso 
O Congresso Internacional de Missões dos Gideões Missionários da Última Hora é um evento totalmente gratuito. São cultos diários que iniciam- se às 7h00 e vão até as 23h00min, sem intervalos. O Congresso Gideões tem como objetivo a conscientização missionária.

A 37º edição do Congresso será de 10 dias, e acontece no Ginásio Irineu Bornhausen, Pavilhão dos Gideões e Tenda da IEAD- Camboriú, SC, com o tema: “Gideões: Ajude-nos a salvar os que estão sentenciados à MORTE!

Confira a lista oficial de preletores do Congresso dos Gideões 2019.
  • Pr. José Wellington Junior – SP
  • Pr. Nilton dos Santos – SC
  • Pr. Perci Fontoura – PR
  • Pr. Marco Feliciano – SP
  • Pr. Junior Trovão – RJ
  • Pr. Claudio Gama – RJ
  • Pr. Gilvan Rodrigues – PB
  • Pr. Gesiel Gomes – EUA
  • Pr. Gilmar Santos – GO
  • Ap. Luíz Henrique – CE
  • Pr. Miqueias Gomes – EUA
  • Pr. Moses Gomes – EUA
  • Pr. Fernando Peter – EUA
  • Pr. Matias Soares – ES
  • Pr. Renan Lopes – RJ
  • Pr. Manoel Brito – PB
  • Pr. Adão Santos – PA
  • Pr. Elizeu Rodrigues – GO
  • Pr. Alex Gonçalves – RJ
  • Pr. Rodrigo Salgado – SP
  • Pr. Carvalho Junior – SP
  • Pr. Divoncir de Jesus – EUA
  • Pr. Angelo Galvão – SP
  • Prª. Alenir Bernardino – Argentina
  • Prª. Helena Raquel – RJ
  • Missª. Elisama Gonçalves Brito – Timor Leste
  • Missª. Madali Lopes – MT
  • Pr. Erivaldo de Jesus – SP
  • Pr. Abílio Santana – BA
  • Pr. Bruno Hassan – RJ
  • Pr. Elias Torralbo – SP
  • Pr. Wanderley Carceliano – SP
  • Pr. Fabio Roberto – RJ
  • Pr. Neryldo Acioly – SP
  • Pr. Robson Alencar – RJ
  • Pr. Andre Matias – SP
  • Pr. Rogerio Barros – RJ
  • Pr. Clebison Bandeira – MA
  • Pr. Rafael Raini – PR
  • Pr. Jaime Rosa – SP
  • Pr. Jander Magalhaes – MG
  • Pr. André Lira – SP
  • Pr. Wendel Gonçalves – GO
  • Pr. Alessandro Aguiar – SC
  • Pr. Erinaldo Gouveia – SP
  • Pr. Joel Magalhães – MT
  • Pr. Cleverson Lacerda – SP
  • Pr. Tiago Damacena – SP
  • Pr. Davi Feitosa – BA
  • Pr. Adilio Souza – SP
  • Pr. Obadias Benoni – SC
  • Pr. Jadson Souza – SP
  • Pr. Adriano Soares – SP
  • Pr. Marcos Ritela – MT
  • Pr. Nielsen Gonçalves – PR
  • Pr. Renato Quadrelli – SP
  • Pr. Mohamoud Ibrahim – SP
  • Pr. Sandro de Carvalho – MS
  • Pr. Ricardo Vieira – SP
  • Pr. Felipe Cequinel – SC
  • Pr. Willian Ferreira – MG
  • Pr. Clovis Affonso Costa Junior – MG
  • Pr. Antonio Moura – SP
  • Pr. Pedro Erick – CE
  • Pr. Ismael Barboza – SP
  • Pr. Wanderson Basílio – SP
  • Pr. Erinaldo Silva – SC
  • Pr. Fabio Santos – PR
  • Pr. Andre Sena – AM
  • Pr. Rafael Reis – PR
  • Pr. Anderson Prestes – RN
  • Pr. Peterson Justino – SC
  • Pr. Daivid Leonardo – SC
  • Pr. Daniel Wagner – SP
  • Pr. Marcelo Medeiros – SC
  • Pr. Rafael Pereira – MG
  • Pr. Everton Machado – SC
  • Pr. Sandro Fontoura – SC
  • Pr. André Raz – PR
  • Prª. Elenize Rodrigues – SC
  • Pr. Ricardo Lima – SC
  • Pr. Jeferson Ribeiro – SP
  • Pr. Jean Rambaldi – PR
  • Pr. Leandro Oliveira – SC
  • Pr. Anderson Venâncio – PR
  • Pr. Cleiton Borges – SC
  • Pr. Leonardo Menezes – SC
  • Pr. Peter Heibert – SC
  • Pr. Rafael Neves – SC
  • Pr. Marcos Romão – SC
  • Pr. Haroldo Paiva – CE
  • Pr. Fabiano Apiuna – SC
  • Pr. Alex Alves – SP
  • Pr. Deivid Matos – SC
  • Pr. Marcio Silva – SP
  • Pr. Lucas Clain – SC
  • Pr. Tarcísio do Vale – SC
  • Pr. Eduardo Silva – SP
  • Pr. Davi de Souza – SP
  • Pr. Jorge Lacerda – SC
  • Pr. Ronaldo Eugenio – Africa
  • Pr. Ney Silva – PR
  • Pr. Valmir Carvalho – SP
  • Pr. Claudio Luz – SC
  • Pr. Dhymis Trovão – PA
  • Pr. Julio Fagundes -SP
  • Pr. Claudio Calais – MG
  • Pr. Jean Max – RJ
  • Pr. Jonatas Schimidt – Portugal
  • Pr. Welinton Lopes – ES
  • Pr. Ademir da Rosa – PR
  • Pr. Valdecir Cabral – RS
  • Pr. Luiz Gomes – TO
  • Pr. Enoque Braga – AP
  • Pr. Junior Roberto Santos – SC
  • Pr. Edmar Pimenta – DF
  • Pr. Alex Antunes – SC
  • Pr. Humberto Filho – PB
  • Pr. Celso Godoy – SC
  • Pr. Maurício Almeida – BA
  • Pr. Joabe Fagundes – RS
  • Prª. Neide Ferreira – ES
  • Pr. Antonio Marcio – DF
  • Pr. Jeferson Lacerda – SC

terça-feira, 26 de março de 2019

Sobrevivente da tragédia da Chapecoense, Rafael Henzel morre aos 45 anos

Um dos seis sobreviventes da tragédia com o avião da Chapecoense na Colômbia, em 2016, o jornalista Rafael Henzel, que trabalhava na Rádio Oeste Capital de Chapecó, morreu nesta terça-feira (26), aos 45 anos. A informação foi confirmada pela própria Oeste Capital.

De acordo com informações do veículo, Rafael Henzel jogava bola com amigos, sofreu um infarto e não resistiu a caminho do hospital. 

Na Globo, Pabllo Vittar se diz cristão: ‘Acredito muito em Deus’

Pabllo Vittar participou na manhã desta segunda-feira (25) do Encontro com Fátima Bernardes e falou sobre fé e religião no programa. Sua declaração dividiu a opinião dos usuários nas redes sociais.

Além de apresentar faixas do disco Não Para Não, Pablol falou sobre sua relação com Deus e religião.

— Fátima, todos os dias eu penso no que está  acontecendo na minha vida, as coisas boas que acontecem… eu tenho certeza que tem uma energia muito positiva que rege a nossa vida na Terra… que possibilita que a gente acorde, que a gente deite e que nada de ruim aconteça com a gente. Eu entrego a minha vida, minha alma para essa energia, para Deus. Sou cristã e acredito muito em Deus. Acredito também que a gente não dá conta de todas as coisas, a gente tem que jogar energia positiva e só esperar — disse.

Encontro com Fátima Bernardes também contou com as presenças do astrônomo Marcelo Gleiser, vencedor do Prêmio Templeton 2019, considerado o Nobel da Espiritualidade, e Regina Casé.

segunda-feira, 25 de março de 2019

Justiça manda soltar ex-presidente Michel Temer e outros presos na Operação Descontaminação

O desembargador do Tribunal Regional da 2ª Região Antonio Ivan Athié acaba de revogar a prisão preventiva do ex-presidente Michel Temer, do ex-ministro Moreira Franco e de mais seis investigados que estavam detidos desde quinta-feira (21) por decisão do juiz Marcelo Bretas.

Athié, que é relator do caso no TRF-2, havia sinalizado inicialmente que iria levar os pedidos de liberdade para julgamento colegiado com mais dois desembargadores, mas, após analisar o caso no fim de semana, concluiu que as prisões afrontavam garantias constitucionais.

"Ressalto que não sou contra a Lava Jato, ao contrário, também quero ver nosso país livre da corrupção que o assola. Todavia, sem observância das garantias constitucionais, asseguradas a todos, inclusive aos que a renegam aos outros, com violação de regras não há legitimidade no combate a essa praga", escreveu, em sua decisão.

Athié refuta os argumentos que fundamentaram a prisão preventiva dos acusados. "Mesmo que se admita existirem indícios que podem incriminar os envolvidos, não servem para justificar prisão preventiva, no caso, eis que, além de serem antigos, não está demonstrado que os pacientes atentam contra a ordem pública, que estariam ocultando provas, que estariam embaraçando, ou tentando embaraçar eventual, e até agora inexistente instrução criminal."


Em sua decisão, Athié faz deferências ao trabalho de Bretas e do Ministério Público Federal, mas ressalta não haver evidências de que Temer e os demais investigados representem ameaça à ordem pública, argumento usado para justificar a decretação de prisão preventiva.

O inquérito que levou à prisão de Temer investiga se licitações para construção da usina nuclear Angra 3 teriam sido fraudadas para favorecer empresas de AF Consult e Argeplan, esta última do coronel João Baptista Lima Filho, amigo de longa data de Temer preso na mesma operação.

Ao determinar a liberdade do grupo, o desembargador destaca que os contatos entre os investigados listados na decisão de Bretas, por exemplo 400 ligações telefônicas entre o Coronel Lima e o então presidente da Eletronuclear entre 2011 e 2015, são antigos e não comprovam que a suposta atividade criminosa segue em andamento.

"Vou pedir vênia, mais uma vez, ao D. prolator da decisão. Ao que se tem, até o momento, são suposições de fatos antigos, apoiadas em afirmações do órgão acusatório, ao qual não se nega - tem feito um trabalho excepcional, elogiável, no combate à corrupção em nosso país", escreve Athié.

'Garantia à ordem pública'

Em sua decisão que determinou a prisão de Michel Temer, o juiz federal Marcelo Bretas afirmou que "é convincente a conclusão ministerial (do Ministério Público Federal) de que Michel Temer é o líder da organização criminosa a que me referi, e o principal responsável pelos atos de corrupção aqui descritos."

Ao discorrer sobre os pedidos de prisão dos investigados, o juiz federal trata da necessidade da prisão requerida para garantia da ordem pública e evitar prejuízos à investigação. Segundo ele, há "efetivo risco que o agente em liberdade pode criar à garantia da ordem pública, da ordem econômica, da conveniência da instrução criminal e à aplicação da lei penal".

"Deve-se ter em mente que no atual estágio da modernidade em que vivemos, uma simples ligação telefônica ou uma mensagem instantânea pela internet são suficientes para permitir a ocultação de grandes somas de dinheiro, como parece ter sido o caso."

No dia da prisão de Temer, o Ministério Público Federal afirmou ter pedido a prisão preventiva dos investigados porque o inquérito aponta "para a existência de uma organização criminosa em plena operação, envolvida em atos concretos de clara gravidade".

Os procuradores disseram também que "as apurações também indicaram uma espécie de braço da organização, especializado em atos de contrainteligência, a fim de dificultar as investigações, tais como o monitoramento das investigações e dos investigadores, a combinação de versões entre os investigados e, inclusive, seus subordinados, e a produção de documentos forjados para despistar o estado atual das investigações".

Quais acusações pesam contra Temer?

Ao todo, o ex-presidente Michel Temer é alvo de 10 inquéritos espalhados por Brasília, Rio de Janeiro e São Paulo, e já foi denunciado pelo Ministério Público Federal (MPF) três vezes. Nenhuma das três denúncias foi aceita ainda pela Justiça - o que significa que Temer não é réu. O ex-presidente sempre negou ter cometido qualquer irregularidade.

No inquérito que envolve a obra da usina nuclear de Angra 3, os investigadores apontam uma organização criminosa que atuou na construção da usina nuclear de Angra 3, no Rio de Janeiro, "praticando crimes de cartel, corrupção ativa e passiva, lavagem de capitais e fraudes à licitação".

"As investigações apontam que a organização criminosa praticou diversos crimes envolvendo variados órgãos públicos e empresas estatais, tendo sido prometido, pago ou desviado para o grupo mais de R$ 1,8 bilhão", afirmou o Ministério Público Federal do Rio de Janeiro.

Em nota, o MDB lamentou as prisões e o que chamou de "postura açodada da Justiça" em relação a Temer e Moreira Franco, também do partido. "O MDB espera que a Justiça restabeleça as liberdades individuais, a presunção de inocência, o direito ao contraditório e o direito de defesa." época