Translate

Compartilhe

https://www.facebook.com/deltan.dallagnol/videos/1384339188276453/

search este blog

quarta-feira, 2 de janeiro de 2019

Condenada por lavagem de dinheiro, ex-bispa da Renascer tem recurso negado pelo STF

Lenice Lemos, uma ex-bispa da Igreja Renascer em Cristo, teve um pedido de habeas corpus negado pelo ministro Luiz Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF), após ter condenação confirmada em terceira instância.

A ex-bispa da Renascer foi vereadora em São Paulo e o Ministério Público a processou por lavagem de dinheiro e concussão (crime contra a administração pública por exigir vantagens indevidas). Seu marido, Gilberto Roza São Bernardo, e sua filha, Mara Eunice Lemos São Bernardo, também foram condenados.

De acordo com informações do jornal O Estado de S. Paulo, o Ministério Público acusou Lenice Lemos de cobrar ‘pedágio’ de seus assessores em forma de repasse de parte de seus salários. A ex-vereadora também foi acusada de ordenar aos seus então chefe de gabinete e motoristas que depositassem o valor ilícito nas contas dela, de seu marido e sua filha, que estavam cientes do esquema ilegal.

Uma das estratégias adotadas pela ex-bispa, segundo o MP, era pedir que os assessores fizessem depósitos diversos, diariamente, afim de fazê-los se misturarem com valores de atividades lícitas – como por exemplo, doações de fiéis da Igreja Renascer – e assim dificultar o rastreio.

A procuradoria alega que o montante cobrado dos funcionários era utilizado pela ex-bispa para o pagamento de despesas pessoais e cumprimento de metas estipuladas pela Fundação Renascer.
Reações:

0 comentários:

Postar um comentário