Translate

Compartilhe

https://www.facebook.com/deltan.dallagnol/videos/1384339188276453/

search este blog

segunda-feira, 14 de janeiro de 2019

Ex-BBB vira cantora gospel e se recusa a posar nua (vídeo)

Faltando apenas um dia para a estreia da 19ª edição do Big Brother Brasil, é comum bater a curiosidade em algumas pessoas sobre o destino de antigos participantes. Considerada uma das edições mais populares, o BBB5, que foi ao ar em 2005, revelou grandes personalidades como a atriz Grazi Massafera e o deputado federal Jean Wyllys. Confinada na casa na época, a cearense Natália Prada passou por uma grande mudança desde sua saída do reality show.

Casada com o músico Lawrence Prada e mãe de Naomi, de um ano, convertida ao Evangelho em 2007, a “Iracema de Fortaleza”, como ficou conhecida, é pastora na igreja Bola de Neve em São Paulo. Ela se ocupa pregando a Palavra de Deus e fazendo obras de caridade. No passado, Natália chegou a posar nua para uma revista masculina, mas atualmente ela se recusa a fazer ensaios sensuais. No Facebook, ela compartilhou algumas fotos de um trabalho que fez para a marca de roupas de uma amiga da igreja.

– Já briguei muito para não ser mais um corpo. Mesmo sabendo que eu perderia muito dinheiro, que a idade chegaria, eu preferi confiar na fidelidade do meu Deus. Porque se a cultura do teu país odeia a cultura de Deus, então você deve odiar esta cultura. Pois é, eu quebrei aos pés de Jesus, o meu melhor perfume, tudo que eu tinha. Esse foi um dos trabalhos onde eu me posicionei e não usei qualquer roupa. Eu conversei com a contratante e disse que não iria usar roupa sensual. Deus mais uma vez me honrou. As fotos ficaram incríveis e Jesus de alguma forma foi glorificado – disse em entrevista ao Jornal Extra.

Natália também se tornou cantora gospel. Ao lado do marido, ela formou a banda Conexão Profética. O grupo faz um som que mistura rock and roll, rap, hiphop e freestyle. No YouTube, a canção Deus de Liberdade é um recado para aqueles que ainda não conheceram a mensagem de Cristo. Informações pleno.news
Reações:

0 comentários:

Postar um comentário