Translate

Compartilhe

https://www.facebook.com/deltan.dallagnol/videos/1384339188276453/

search este blog

quinta-feira, 31 de janeiro de 2019

Israelenses deixam Brasil neste 7º dia de buscas em MG

O trabalho de resgate das vítimas e sobreviventes em Brumadinho, Minas Gerais, entrou no sétimo dia nesta quinta-feira (31). As tropas de Israel não auxiliam os socorristas brasileiros neste dia. A previsão da retirada dos 136 israelenses é às 15h desta quinta.

Os militares receberam uma cerimônia de despedida em Belo Horizonte, no quartel do 12º Batalhão do Exército Brasileiro. O governador de Minas Gerais, Romeu Zema, e o embaixador israelense, Yossi Shelley, estiveram presentes.
O Exército de Israel emitiu uma nota oficial sobre a saída das tropas.

Em coordenação com as autoridades no Brasil e com o comandante da operação de resgate no Brasil, foi decidido que a missão da delegação israelense chegou ao seu fim com sucesso nesta etapa da operação de resgate. Os comandantes brasileiros elogiaram a delegação israelense pela grande e importante contribuição profissional para a operação de resgate. A delegação israelense transferirá a responsabilidade de maneira ordenada para a equipe de resgate brasileira e retornará a Israel.
A embaixada israelense deseja parabenizar as forças de resgate brasileiras e israelenses por seu trabalho e por traduzir de palavras para ações a profunda amizade entre o povo brasileiro e o israelense.

VÍTIMAS DA TRAGÉDIA

O último boletim atualizado aponta para 99 mortos e 259 desaparecidos. As equipes de resgate se dividem entre área quente (com mais chance de encontrar pessoas e também as de acesso mais difícil) e área morna.

Bombeiros, policiais e militares se concentram na área quente enquanto voluntários podem atuar na área morna. A Defesa Civil contabilizou 600 pessoas cadastradas como voluntários na operação e diz que ainda há vagas, mas a preferência para atuação é para moradores, que conhecem a área.

O porta-voz do Corpo de Bombeiros de Minas Gerais, tenente Pedro Aihara, informou que 15 corpos foram resgatados nesta quarta, dez deles estavam dentro do refeitório da Vale.
– Determinamos 18 pontos de busca ao longo do trajeto dos resíduos e não existe nenhuma área neste momento que não conte com equipes de busca e de resgate – apontou.

As buscas foram interrompidas temporariamente ao longo do dia devido à intensa chuva que atinge a região, mas, segundo as autoridades locais, ela não influenciou de maneira significativa no trabalho comandado pelo Corpo de Bombeiros. Mesmo assim, a chance de encontrar sobreviventes é muito pequena. pleno.news
Reações:

0 comentários:

Postar um comentário