Translate

Compartilhe

https://www.facebook.com/deltan.dallagnol/videos/1384339188276453/

search este blog

segunda-feira, 22 de julho de 2019

Intolerância e intriga política afastam a participação de conquistenses em inauguração do novo aeroporto

O aeroporto tem o dobro de capacidade em relação ao antigo, com possibilidade de ampliar a movimentação para 500 mil passageiros até 2020. Outra novidade é que o Glauber Rocha também vai receber grandes aeronaves e minimizar as interferências climáticas nos pousos e decolagens por ter equipamentos mais avançados de navegação aérea. Um exemplo de grandes aviões que podem ser utilizados no novo aeroporto é o Boeing 773-700, com capacidade para 138 passageiros, que será operado pela Gol em voo diário para São Paulo (Guarulhos).

Em visita ao novo equipamento, nesta quinta-feira (18), Rui lembrou que, nos últimos seis anos, os aeroportos Glauber Rocha e de Natal foram os únicos construídos no Nordeste. "Antes, os aviões vinham para Vitória da Conquista e não se sabia se iria pousar, por causa das serras e da neblina. Agora, isso não acontece mais. O novo aeroporto atende não somente a Bahia, mas também o norte de Minas. Na terça-feira [23], acontecerá a inauguração oficial. A partir do dia 25, a Gol já vai operar aqui. Teremos voos diários para São Paulo e para Minas Gerais. Conquista, com certeza, será um dos principais aeroportos de fluxo do Nordeste", afirmou.

Na noite deste domingo (21) uma operação determinada pelo Executivo Conquistense que tirou de veiculação placas de outdoor com publicações do Governo do Estado da Bahia sobre o tão aguardado Aeroporto Glauber Rocha. Os motivos que levaram essa ação ainda não foram informados pelo prefeito Herzem Gusmão Pereira, mas tem dividido opiniões: seguidores de Herzem o apoiam, outros não. blodoanderson

Em vídeo publicado nas redes sociais na tarde desta segunda-feira (22), o governador Rui Costa afirmou que não participará da inauguração do novo Aeroporto Glauber Rocha, em Vitória da Conquista, nesta terça (23).

Na opinião de Rui, o evento se transformou em uma convenção político-partidária. “A medida anunciada é excluir o povo da inauguração, fazer uma inauguração restrita a poucas pessoas, escolhidas a dedo como se fosse uma convenção político-partidária. Não posso concordar com isso”, disse ao explicar a decisão.

Em momento de tensão com o eleitorado do Nordeste, o presidente Jair Bolsonaro decidiu dobrar o número de convidados da inauguração do aeroporto, sem aumentar proporcionalmente o número de convidados de Rui. Além disso, o governo federal escalou rivais do governador para discursar no evento como o prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM), e o deputado federal Elmar Nascimento (DEM)

Rui disse que foi o responsável por convidar o governo federal para participar do evento, mas foi rebatido com covardia, no caso dos convites. “Exercitando a boa educação que aprendi, convidei o Governo Federal a se fazer presente no ato de inauguração, nesta grande festa. Infelizmente, confundiram a boa educação com covardia, e desde então, temos presenciado agressões ao povo do Nordeste e ao povo da Bahia. A medida anunciada é excluir o povo da inauguração, fazer uma inauguração restrita a poucas pessoas, escolhidas a dedo como se fosse uma convenção político-partidária”, declarou o governador sobre a situação. Bahianotícias
Reações:

0 comentários:

Postar um comentário