Translate

Compartilhe

https://www.facebook.com/deltan.dallagnol/videos/1384339188276453/

search este blog

quarta-feira, 8 de janeiro de 2020

Napoleão Falcão diz que conflito entre Irã e EUA não é profecia de Ezequiel

Há várias interpretações sobre profecias bíblicas e diante dos conflitos entre Irã e Estados Unidos, alguns pastores entendem que estamos diante do cumprimento de Ezequiel 38.

Mas para o pastor Napoleão Falcão essa interpretação é errada. “A guerra de Gogue da terra de Magogue … Meseque e Tubal e muitos povos contigo, descrita no livro de Ezequiel, capítulos 38 e 39, dar-se-à, no fim da Grande tribulação. E não só as nações descritas nestes dois capítulos virão contra Israel.

No capítulo 16 do livro do Apocalipse, está escrito que o Eufrates secará para que os Reis do Oriente também venham contra Israel (nação que Deus escolheu para por o seu nome)”, disse ele pelo Instagram.

O pastor entende que o ataque dos EUA ao Irã e o revide acirram os ânimos no Oriente Médio e afastam as possibilidades de um acordo de paz na região. “Praticamente pôde-se dizer que a ‘Paz’ tão almejada por muitos e a possível tranquilidade no Oriente Médio voltou à estaca zero. Quer dizer, tem que haver mais esforços diplomáticos para seguirem as alianças entre os países em busca da paz”, escreveu.

Na visão dele, porém, conforme diz a Bíblia, a paz tão desejada não virá. “Porém, mediante as profecias bíblicas o acordo de paz não acontecerá, pois está escrito que quando falarem há paz e segurança sabeis que está próximo a repentina destruição, conforme I Ts 5:3”.

“Ainda há muito o que ser desenrolado para que a terceira guerra mundial aconteça, se assim podemos denominar”, conclui. JM

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário