Translate

Compartilhe

https://www.facebook.com/deltan.dallagnol/videos/1384339188276453/

search este blog

quinta-feira, 12 de março de 2020

Guedes vai ao Supremo contra votação que elevou gastos

O ministro da Economia, Paulo Guedes, afirmou nesta quinta-feira (12) que o governo vai acionar o STF (Supremo Tribunal Federal) para questionar a votação feita pelo Congresso que amplia os gastos obrigatórios do governo em R$ 20 bilhões ao ano.

Nesta quarta-feira (11), o Legislativo derrubou um veto do presidente Jair Bolsonaro à ampliação do BPC (benefício assistencial a idosos carentes e deficientes). O Ministério da Economia estima um aumento de aproximadamente R$ 20 bilhões nas despesas por ano. Em dez anos, a alta nos gastos públicos pode chegar a R$ 217 bilhões.

– Vamos ao Supremo, vamos ao TCU (Tribunal de Contas da União). Você não pode criar R$ 20 bilhões de gastos sem dizer de onde vem os recursos – protestou.

Guedes afirmou que a decisão do Congresso derruba a expectativa de manter a correção do rumo da economia brasileira. Segundo ele, o governo quer que esses recursos sejam usados na situação de emergência na qual o país se encontra.
*Folhapress

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário