Translate

Compartilhe

https://www.facebook.com/deltan.dallagnol/videos/1384339188276453/

search este blog

sábado, 11 de abril de 2020

Venda de Bíblias aumenta durante pandemia nos EUA

As editoras cristãs nos Estados Unidos registraram um aumento nas compras de Bíblias nas últimas semanas. A Tyndale House Publishers, localizada em Illinois, viu um aumento considerável em suas vendas em março em comparação com o mesmo período no ano passado.

A procura pela Bíblia do Estudo de Aplicação da Vida subiu 44%. Já as vendas da Bíblia Imersa tiveram aumento de 60% de acordo com o gerente-executivo da Tyndale, Jim Jewell.

– As preocupações com a pandemia pioraram a vida de quase todo mundo de alguma maneira. Não é de surpreender que as pessoas se voltem para o conforto e a clareza da Bíblia em tempos de dificuldades e incertezas. Na nossa página do Facebook, onde publicamos posts de versículos da Bíblia, o engajamento foi o triplo do que era em março passado e aumentou 72% em relação ao mês passado – relatou Jim.

Fundada em 2017, a Alabaster Co., da Califórnia, vende Bíblias personalizadas com características artísticas. A editora teve um aumento de 143% nas vendas em comparação com o ano passado. O co-fundador Brian Chung disse que o salto nas vendas ocorreu porque “as pessoas estão procurando esperança e restauração”.

– Mesmo em meio ao sofrimento e dificuldades financeiras, continuamos vendo as pessoas se envolverem com a Alabaster, utilizando nossos recursos gratuitos e comprando Bíblias como presentes encorajadores para os entes queridos. Acreditamos que as pessoas estão comprando Bíblias porque há um desejo de se conectar com Deus, encontrar significado e experimentar a paz.

A professora associada da Universidade de Copenhague, Jeanet Sinding Bentzen, que está elaborando um artigo intitulado “Em crise, oramos: religiosidade e a pandemia da Covid-19”, disse a busca pela palavra oração no Google dobra a cada novo caso registrado da infecção.

– Em tempos de crise, os humanos tendem a recorrer à fé para alívio e explicação do estresse. A Covid-19 não é exceção. Documento que as pesquisas do Google sobre oração dispararam durante o mês de março de 2020, quando o coronavírus se tornou global. As pesquisas atingiram o nível mais alto nos últimos cinco anos, para o qual existem dados comparativos de pesquisa no Google, superando todos os outros eventos importantes que de outra forma instigam uma demanda intensificada por oração, como Natal, Páscoa e Ramadã – analisou Bentzen.PN
Reações:

0 comentários:

Postar um comentário