Translate

Compartilhe

https://www.facebook.com/deltan.dallagnol/videos/1384339188276453/

search este blog

domingo, 3 de maio de 2020

Um dia após depoimento de Moro à PF, Bolsonaro aparece em ato e avisa: “Não haverá interferência no governo”

Bolsonaro aparece em ato pró-governo
O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) acenou para apoiadores que fazem manifestação em apoio ao governo, na manhã deste domingo (03/05). Ele chegou por volta das 12h ao Palácio do Planalto, acompanhado por escolta de segurança.

Sem máscara, Bolsonaro se aproximou da grade que o separa dos manifestantes e acenou para quem estava no local.

O chefe do Executivo avisou aos apoiadores que não haverá interferência no governo. Bolsonaro tem reforçado a independência dos Três Poderes após o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes suspender a nomeação que ele havia feito para a Direção-Geral da Polícia Federal (PF).

“Tenho certeza de uma coisa: nós temos o povo ao nosso lado e temos as Forças Armadas ao lado do povo. O Brasil tem tudo para dar certo e o Brasil vai dar certo”, completou.

Ao subir a rampa do Planalto, ele voltou a criticar os governadores por causa das medidas de isolamento para combater o novo coronavírus.
“Preço [pelo isolamento] vai ser alto. Fome, desemprego, miséria”, lamentou Bolsonaro. “Muitos infelizmente serão infectados. O combate ao vírus não pode ser mais danoso do que o próprio vírus”, completou.

Neste domingo, manifestantes defenderam a administração de Bolosonaro em carreata e manifestação na Praça dos Três Poderes. O grupo levou faixas de protesto contra o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ) e o STF. Outros defenderam intervenção militar com Bolsonaro no governo.

Manifestantes também criticaram o ex-ministro Sergio Moro e o chamaram de “traidor”. Nesse sábado (02/05), o ex-juiz da Lava Jato prestou depoimento em inquérito que investiga uma possível interferência de Bolsonaro na Polícia Federal.

Ao lado da filha caçula, Laura, Bolsonaro desceu para acenar de perto aos seguidores. Ele também permitiu que três deles saíssem do cerco para conversar pessoalmente com ele. Assim como fez quando foi para Cristalina (GO), nesse sábado, o presidente não usava máscara. Laura também estava sem o equipamento de proteção. Metropoles

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário