Translate

Compartilhe

https://www.facebook.com/deltan.dallagnol/videos/1384339188276453/

search este blog

quarta-feira, 7 de novembro de 2018

Veja quem são as mulheres do grupo de transição do governo

Nesta terça-feira (6), quatro mulheres foram anunciadas como integrantes da equipe de transição do presidente eleito Jair Bolsonaro. O primeiro nome divulgado foi o da coronel Márcia Amarílio da Cunha Silva.

Depois, foram anunciados os nomes das tenentes do Exército Sílvia Nobre Waiãpi e Liane de Moura Fernandes Costa e da economista Clarissa Costalonga e Gandour. Confira abaixo o perfil de cada uma delas.

MÁRCIA AMARÍLIO DA CUNHA SILVA
Ela é especialista em segurança pública e atua como assessora do Corpo de Bombeiros. Márcia já participa das reuniões realizadas no Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB) em Brasília.

SÍLVIA NOBRE WAIÃPI
Waiãpi é a primeira mulher indígena a integrar o grupo. Também é a primeira índia a entrar para as Forças Armadas do Brasil. Protagonista de uma incrível história de superação, Waiãpi recebeu destaque durante a abertura dos Jogos Mundiais Militares de 2011, quando hasteou a bandeira do Brasil.
Atualmente atua como chefe do Departamento de Medicina Física e Reabilitação em Fisioterapia do Hospital Central do Exército, no Rio de Janeiro.
CLARISSA COSTALONGA E GANDOUR
Clarissa se formou em Doutorado de Economia pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC Rio). Ela é professora e pesquisadora de desenvolvimento econômico. Já desenvolveu pesquisas de melhorias para o setor agrícola e combate ao desmatamento.
LIANE DE MOURA FERNANDES COSTA
A tenente do Exército se formou em Engenharia Ambiental pela Fundação Universidade Federal do Tocantins (UFT) e é especialista em construções sustentáveis com MBA na área. A oficial também já atuou no ensino superior, como professora de Saneamento Ambiental. Informações pleno.news
 

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário