Translate

Compartilhe

https://www.facebook.com/deltan.dallagnol/videos/1384339188276453/

search este blog

quinta-feira, 7 de fevereiro de 2019

'Me perdoem os políticos, mas caixa 2 é trapaça', diz Moro

SÃO PAULO — Num encontro com advogados em São Paulo, o ministro da Justiça e Segurança, Sergio Moro , disse nesta quinta-feira ao tratar do projeto anticrime que trata de caixa 2 que os políticos fazem "trapaça" quando utilizam este recurso em campanhas eleitorais. Moro foi direto: 

— Que me perdoem os políticos, mas caixa 2 é trapaça. Tudo bem, não é tão grave como a corrupção, que tem contrapartida, mas ainda assim tem que ser criminalizado — disse o ministro, ressaltando que, ao contrário do caixa 2, a corrupção "mina a capacidade de investimento do Estado".  

O ministro-chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, admitiu ter recebido R$ 100 mil para sua campanha de 2014. Delatores do grupo J&F relataram outro repasse ao então deputado no mesmo valor em 2012. Ao comentar o assunto, antes de assumir o cargo, Moro disse que tinha "confiança pessoal" em Onyx. 

Moro disse ainda que as medidas anticrime, em alguns casos, excluem o tráfico de drogas porque o sistema penitenciário não suportaria mais prisões. Moro afirmou que vai aguardar que o presidente Jair Bolsonaro, submetido à cirurgia do intestino, receba alta para enviar o projeto aos parlamentares.
— O sistema não comporta um endurecimento geral contra o tráfico de drogas — afirmou Moro, ao apresentar o projeto que será encaminhado ao Congresso Nacional, que trata principalmente de organizações criminosas, corrupção e crimes violentos, que resultam em morte: — Será um enduirecimento seletivo. O Globo
Reações:

0 comentários:

Postar um comentário