Translate

Compartilhe

https://www.facebook.com/deltan.dallagnol/videos/1384339188276453/

search este blog

domingo, 14 de abril de 2019

Pastor questiona se anticristo poderia ser uma inteligência artificial ao invés de uma pessoa

A maioria das pessoas provavelmente considera a inteligência artificial como relativamente inofensiva. Na pior das hipóteses, alguns definem como ”assustadora”, enquanto outros acreditam que esse tipo de tecnologia pode ser útil em avanços científicos, como a medicina, por exemplo.

Agora, um pastor pentecostal dos Estados Unidos, escritor e palestrante, chamou atenção ao levantar a pergunta: e se o anticristo for uma inteligência artificial (“AI”, na sigla em inglês)? No livro Decoding the Antichrist and the End Times: What the Bible Says and What the Future Holds (“Decodificando o Anticristo e o Fim dos Tempos: O que a Bíblia diz e o que o futuro nos reserva”, em tradução livre), Mark Biltz fala sobre essa hipótese.

Blitz afirma que a AI é algo que deve ser considerado no quadro geral do fim dos tempos, e cita manchetes recentes da grande mídia como exemplos: “Um computador pode te dizer quando você vai morrer?”, Fox News; “Um quarto dos europeus prefere o governo da AI”, European Tech Insights; “AI assustador supostamente vai detectar ladrões antes de roubar”, Fox News; “Neurocientista pesquisa chips cerebrais para tornar as pessoas superinteligentes”, CBS.

No livro, o pastor analisa em profundidade, de acordo com o Charisma News, algumas das questões mais profundas que cercam o anticristo. Um tema central do livro é o papel da tecnologia em nosso futuro, e até mesmo se o anticristo terá um elemento de inteligência artificial.

Agora vivemos em uma era onde, pela primeira vez, existe a possibilidade de um anticristo da AI (um híbrido humano-computador que exigirá ser adorado), afirma o pastor. “Alguma vez você já se perguntou se não há problema em ter Alexa, Siri e outras formas de AI em sua casa?”, questionou, fazendo referência aos sistemas de inteligência artificial de grandes empresas, como Amazon e Apple.

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário