Translate

Compartilhe

https://www.facebook.com/deltan.dallagnol/videos/1384339188276453/

search este blog

terça-feira, 28 de janeiro de 2020

Antes de acidente fatal, Kobe Bryant e a filha foram à igreja pela manhã

A morte de Kobe Bryant em um acidente de helicóptero no último domingo, 26 de janeiro, chocou o mundo esportivo ao redor do planeta. O ex-jogador de basquete, que fez carreira na NBA e também disputou Olimpíadas pelos Estados Unidos, era tido como um dos mais talentosos de todos os tempos. No dia do acidente, ele e a filha Gianna, que também faleceu, foram à igreja pela manhã.

Kobe Bryant tinha 41 anos e se tornou mundialmente famoso por suas atuações no Los Angeles Lakers. De acordo com informações da revista especializada em celebridades People, ele era cristão e costumava frequentar as celebrações.

Quando se aposentou, em abril de 2016, ele declarou que sua carreira vencedora no esporte estava nos planos de Deus: “Esse propósito estava ali desde que eu era criança. Eu sabia o que Deus tinha me colocado para fazer. Eu amava isso demais”, afirmou na ocasião, logo após marcar 60 pontos em sua partida de despedida das quadras.

No dia do acidente, pela manhã, ele e Gianna – que tinha apenas 13 anos de idade – foram à Cathedral of Our Lady Queen of the Angels, por volta das 07h00 e participaram da missa, na região de Newport Beach.

Numa entrevista concedida à emissora ABC7, o padre responsável pela igreja, Steve Sallot, revelou que o ex-atleta era assíduo e naquele dia tinha comparecido à primeira missa do domingo: “Ele estava aqui antes da missa das 7h00, que foi a primeira do dia”, revelou, acrescentando que Kobe fez suas orações em uma ala privada do templo, para que sua presença não tumultuasse a celebraação.

Diversas homenagens têm sido feitas ao ex-jogador, sua filha e os demais sete passageiros do helicóptero que caiu na região de Calabasas, perto de Los Angeles, na Califórnia (EUA). G+

De acordo com a revista Aero Magazine, o acidente com o helicóptero pode ter ocorrido por falta de visibilidade. O modelo da aeronave, Sikorsky S-76B, é considerado um dos mais sofisticados do mercado atualmente.

O helicóptero que sofreu o acidente, registrado como N72EX, foi fabricado em 1991 e estava regularizado para condições de voo segundo as rígidas exigências da FAA, a agência de aviação civil dos Estados Unidos.

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário