Translate

Compartilhe

https://www.facebook.com/deltan.dallagnol/videos/1384339188276453/

search este blog

sábado, 18 de abril de 2020

Em teste, antiviral detém avanço do coronavírus em macacos

Um experimento com um antiviral deteve o progresso do coronavírus em macacos. Um estudo foi publicado nesta sexta-feira (17/04) pelo instituto americano de doenças infecciosas.
Segundo a agência France Presse, a experiência ainda é preliminar e não foi analisada pela comunidade científica. Ela foi realizada para complementar estudos que utilizam o medicamento no tratamento de pacientes hospitalizados com a doença.
Os macacos foram divididos em dois grupos, cada um composto por seis macacos — todos infectados com o vírus da Covid-19. Um dos grupos recebeu o antiviral e o outro não foi tratado.

Cerca de 12 horas apos a infecção, explicou o instituto, o grupo de reste recebeu uma dose por via intravenosa e uma dose de reforço diária durante seis dias. O medicamento foi ministrado com rapidez para evitar o avanço da doença nos pulmões.

Segundo relatos, apenas um dos seis macacos que teve o tratamento com antiviral teve leve dificuldades para respirar. Já todos os animais que não utilizaram o medicamento apresentaram problemas respiratórios.

“A quantidade de vírus presente nos pulmões foi muito mais baixa no grupo tratado e o Sars-Cov-2 causou menos danos a estes animais em relação aos não tratados”, justificaram os pesquisadores.
 Metropole
Reações:

0 comentários:

Postar um comentário