Translate

Compartilhe

https://www.facebook.com/deltan.dallagnol/videos/1384339188276453/

search este blog

  • Futuro Sorriso!

    Simião Célio posta vídeo para música Futuro Sorriso no YouTube

  • Reportando!

    6ª edição do AGORA SOMOS UM

  • Entrevista com Wallas Silva

    "Lutador de Muay Thai""

sexta-feira, 2 de outubro de 2020

Prefeitura de Vitória da Conquista transfere R$ 4,8 milhões do orçamento da educação para transporte público

Um decreto publicado no Diário Oficial da Prefeitura de Vitória da Conquista abriu créditos suplementares na ordem de R$ 4,8 milhões para a Secretaria de Mobilidade Urbana investir em contratação de serviços de manutenção das atividades de transporte coletivo público. O valor saiu do orçamento da secretaria municipal de Educação.

Segundo o decreto, o valor vai reforçar a rubrica dedicada a outros “Serviços de Terceiros – Pessoa Jurídica”, o que pode incluir o pagamento de empresas prestadoras de serviços no ramo de transporte.

Duas das rubricas que tiveram decréscimo orçamentário são relacionadas a obras e instalações, como reformas e construção de novas escolas, na ordem de R$ 2,81 milhões. A outra rubrica com corte é relacionada despesas com a amortização da dívida pública e com pagamentos relacionados à reclamação trabalhista. O corte foi de R$ 1,99 milhão no orçamento previsto para esta finalidade.

O município de Vitória da Conquista enfrenta problemas relacionados à contratação de empresas que fazem o transporte público. Uma decisão judicia estabeleceu o prazo de 180 dias para que o poder executivo municipal tome as providências para a realização de nova licitação, devido a irregularidades constatadas na contratação da empresa que presta o serviço atualmente.

Na mesma edição do Diário Oficial, a prefeitura ainda publicou mais dois decretos abrindo créditos suplementares. A secretaria municipal de Agricultura e Desenvolvimento Rural teve o orçamento suplementado em R$ 200 mil. Os recursos foram anulados de uma rubrica destinada a pagamento de auxílio-alimentação, vinculada à secretaria municipal de Administração.

Por fim, um terceiro decreto suplemento as R$ 2,27 milhões, valor distribuído entre o Gabinete Civil, a secretaria municipal de Administração, a Secretaria Municipal de Finanças, a secretaria municipal de Desenvolvimento Social, a secretaria municipal de Mobilidade Urbana, a secretaria municipal de Serviços Públicos. Os elementos de despesa suplementados são para pagamento de vencimentos e vantagens fixas de pessoal e para indenizações e restituições trabalhistas.

O valor foi suprimido da despesa de pagamento de obrigações patronais, vinculado à secretaria municipal de Finanças e Execução Orçamentária. * Agência Sertão.

Coelba abre nova vaga de trabalho em Vitória da Conquista.


A Coelba seleciona candidatos para uma vaga de trabalho em sua unidade de distribuição em Vitória da Conquista. Os interessados devem cadastrar seu currículo através da internet. 

Link para se candidatar a vaga.

Confira abaixo a descrição da vaga:

 Assistente de Atendimento I (v2111044) // 

1. EMPRESA E NEGÓCIO: COELBA, Local da Vaga: Vitória da Conquista /BA 

2. MISSÃO DO CARGO: Ter iniciativa, desempenho e resultados positivos voltados para os indicadores da área e empresa no geral, bom relacionamento, cumprir as diretrizes e normas agindo dentro da conduta ética aplicada pelo Grupo Neoenergia a todos os colaboradores.

3. PRINCIPAIS ATIVIDADES: · Boa relação interpessoal; · Atendimento ao público em geral; · Habilidade em cobrança e negociação de dívida; · Viagens intermunicipais para participação de reuniões com CDL, entidades de classe, prefeitos e vereadores; · Recepção de ofícios e solicitações diversas do Poder Público Municipal; · Emissão de relatórios de atendimento e cruzamento de dados; · Controle e arquivamento de documentos; · Geração de planilhas, Dashboard e apresentações em Power point. 

4. REQUISITOS OBRIGATÓRIOS: · Office Intermediário; · Habilitação Categoria B com experiencia em rodovias; · Habilidade de comunicação. REQUISITOS DESEJÁVEIS: · Habilidades e Técnicas de Negociação; · Lei de Responsabilidade Fiscal; · Sistema SAP; · Power BI. 

5. O QUE NÓS OFERECEMOS: · Tipo de contrato: indeterminado; · Salário compatível com o mercado; · Vale-transporte; · Ticket alimentação e/ou refeição; · Plano de saúde e odontológico; · Gym Pass; · Seguro de vida; · Previdência privada; · Auxílio dependente (para filhos até 10 anos). 

6. NOSSO PROCESSO DE SELEÇÃO: Período de Inscrições > Triagem Curricular > Avaliação Técnica > Entrevista.

quinta-feira, 1 de outubro de 2020

Pandemia não desanima eleitor conquistense: 84% afirmam que irão votar nessas eleições, aponta pesquisa


Contrariando algumas previsões que apontam alto número de abstenções nas eleições municipais deste ano por conta da pandemia de covid-19, os eleitores de Vitória da Conquista não demonstraram desânimo algum. Essa realidade pode ser visualizada analisando os resultados da pesquisa do jornal a Tarde, feita na cidade entre os dias 24 e 29 de setembro.

De acordo com o estudo, 84% dos conquistenses iriam às urnas caso as eleições fossem hoje. Do total pesquisado, 14% afirmaram que não iriam comparecer para votar e 2% não souberam responder. Essa abstenção é menor que a de 2016 quando, no 1º turno, as abstenções chegaram a 20,74%. Já no segundo turno, que foi marcado pela disputa entre os candidatos Herzem Gusmão e Zé Raimundo, a abstenção foi um pouco maior, sendo 22,75%.

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) vem preparando medidas para que as eleições possam ocorrer da maneira mais segura possível. No dia 28 de agosto, o órgão resolveu acrescentar uma hora a mais no tempo de votação para diminuir o risco de causar aglomerações. Segundo o presidente do TSE, Luís Roberto Barroso, empresas e entidades irão contribuir doando máscaras e álcool em gel.

Blog do Sena

Dólar sobe 2,5% em setembro e real se firma como pior moeda do mundo em 2020; veja ranking

SÃO PAULO – Com a questão fiscal aumentando a tensão entre os investidores aqui no Brasil, o dólar comercial fechou setembro com uma alta de 2,46% ante o real, cotado a R$ 5,6150 na compra e R$ 5,6160 na venda.

Além da crise do coronavírus, que afeta boa parte das moedas emergentes, o real tem outros fatores que estão pesando em seu desempenho. E um dos principais deles é o risco fiscal, elevado ainda mais esta semana com a decepção do mercado com o programa Renda Cidadã.

Na última semana, analistas já havia apontado esta preocupação diante das dificuldades que o governo já enfrentava para realizar os ajustes necessários na economia. O Bank of America, inclusive, disse estar mais cauteloso com o real e alertou para volatilidade no curto prazo.

Em entrevista para a Bloomberg, Sergio Zanini, sócio gestor da Galapagos Capital, destacou que o mercado está na “torcida para que o que foi anunciado na segunda [o Renda Cidadã] seja revertido em algum momento”.

“O mercado não compra mais esse discurso do Executivo, em que por um lado sempre defende o teto de gastos e a responsabilidade fiscal, mas por outro sempre anuncia planos que vão na contramão”, disse Breno Martins, trader de renda fixa da MAG Investimentos, também para a Bloomberg.

Na segunda, o governo apresentou o novo programa social e tem em sua proposta a ideia de usar o Fundeb e precatórios como forma de financiamento, decisão que foi vista por muitos especialistas como uma “pedalada fiscal”. Isso gerou muitas críticas à proposta e agora o mercado fica de olho para ver o que o governo fará sobre isso.

Nesta quarta, o ministro da Economia, Paulo Guedes, afirmou que nunca foi proposta da equipe econômica romper teto ou financiar programas de forma equivocada, em referência ao direcionamento de recursos para o Renda Cidadã com a limitação ao pagamento de precatórios.

Em coletiva de imprensa, Guedes afirmou que seu time está estudando como fazer a fusão de 27 programas que já existem como forma de consolidar um programa de transferência de renda mais robusto, que represente uma aterrissagem após o fim do auxílio emergencial neste ano. Ele frisou que, como se trata de uma despesa permanente, terá que ser coberta por uma receita permanente.

Com esta preocupação crescente nas últimas semanas, o real se consolidou como a moeda com pior desempenho do mundo em 2020 até o momento, com o dólar subindo 39,60% ante a divisa brasileira, segundo dados da Refinitiv.

A performance é de longe a pior, já que contra a segunda pior divisa, a lira turca, o dólar subiu 29,69%. Com isso, o real também aparece bem atrás de moedas de países com grandes crises, como a Argentina, em que o dólar teve valorização de 27,25% contra o peso.

Outras moedas que veem o dólar registrar forte valorização no ano são o rublo da Rússia (25,17%), o rand sul-africano (19,59%) e os pesos mexicano (16,77%) e colombiano (16,44%).

A crise por conta do coronavírus tem pesado bastante para o desempenho das moedas de emergentes, já que em momentos de maior tensão os investidores globais tendem a procurar ativos mais seguros, entre eles o dólar americano.

Tanto que contra algumas divisas consideradas mais fortes, a moeda dos EUA registra queda neste ano. É o caso do euro, com queda de 4,33% do dólar, do iene japonês (-3,10%) e do franco suíço (-4,86%). Confira:

MoedaPaísDesempenho do dólar contra a moeda em 2020
RealBrasil+39,60%
LiraTurquia+29,69%
PesoArgentina+27,25%
RubloRússia+25,17%
RandÁfrica do Sul+19,59%
PesoMéxico+16,77%
PesoColômbia+16,44%
SolPeru+8,78%
PesoChile+4,35%
LibraReino Unido+2,71%
YuanChina-2,47%
IeneJapão-3,10%
EuroZona do euro-4,33%
FrancoSuíça-4,86%

Fonte: Refinitiv

Já no acumulado de 12 meses, o dólar subiu 34,94% contra o real, em um desempenho muito parecido com a Argentina, por exemplo, onde a moeda americana teve alta de 32,26% no mesmo período.

Vale lembrar que os nossos vizinhos passam por um momento bastante complicado, com diversos calotes de suas dívidas e uma inflação que já supera 42% no acumulado de 12 meses até agosto.

Confira o desempenho das principais moedas em 12 meses:

MoedaPaísDesempenho do dólar contra a moeda no acumulado de 12 meses
LiraTurquia+34,81%
RealBrasil+34,94%
PesoArgentina+32,26%
RubloRússia+18,88%
PesoMéxico+11,53%
PesoColômbia+9,50%
RandÁfrica do Sul+9,21%
PesoChile+7,67%
SolPeru+6,31%
IeneJapão-2,12%
LibraReino Unido-4,74%
YuanChina-5,01%
EuroZona do euro-6,74%
FrancoSuíça-7,29%

Fonte: Refinitiv

Infomoney

Enem: termina hoje o prazo para que estudantes insiram foto no cadastro

Até 23h59 (horário de Brasília) desta quinta-feira (1º), os inscritos no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2020 devem inserir ou alterar a foto na Página do Participante. O cadastramento é obrigatório e a foto deve atender a algumas regras, como ser atual, nítida, individual, colorida e com fundo branco.

Segundo o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), não serão aceitas imagens de pessoas com óculos escuros ou artigos de chapelaria (boné, chapéu, viseira, gorro ou similares). A fotografia também deve mostrar o rosto inteiro do participante, com uma boa iluminação e foco, além de estar nos formatos de arquivo JPEG e PNG (tamanho máximo de 2 MB). Imagens em PDF não serão permitidas. O Inep e o Ministério da Educação (MEC) não realizam validação da foto.

PROVAS

Por causa da pandemia do novo coronavírus, as provas da edição 2020 do exame foram adiadas para os dias 17 e 24 de janeiro de 2021 (versão impressa); e 31 de janeiro e 7 de fevereiro de 2021 (versão digital). Além de uma redação e 45 questões, os candidatos terão que responder questões sobre quatro áreas de conhecimento: linguagens, códigos e suas tecnologias; ciências humanas e suas tecnologias; ciências da natureza e suas tecnologias; e matemática e suas tecnologias.

DÚVIDAS

As informações a respeito do Enem 2020 podem ser acompanhadas nos portais do Inep e do MEC, assim como nas redes sociais oficiais dos dois órgãos do governo federal. Dúvidas podem ser sanadas pelo Fale Conosco do instituto, por meio do autoatendimento online ou do 0800 616161, a central aceita apenas chamadas feitas de telefone fixo.

FONTE: Agência Brasil

Estatuto do Idoso completa 17 anos nesta quinta-feira


O Estatuto do Idoso (Lei 10.741, de 2003) completa 17 anos nesta quinta-feira (1º). A lei garante direitos fundamentais, protegendo e promovendo a saúde física e mental dos maiores de 60 anos.

Nos últimos 3 meses, durante o período de isolamento social, as denúncias de casos de maus-tratos contra idosos teve um aumento de quase 570% em todo o país, segundo dados do disk 100. Em março, o serviço recebeu 3 mil denúncias. Já em maio, o número subiu para 17 mil. De acordo com a Secretaria de Assistência Social de Goiás, além de abandono e agressão, houve um aumento da chamada violência financeira.

Covid-19 fez reduzir em quase 0,5% a população de idosos do país: menos 100 mil pessoas

O Dia Internacional do Idoso é comemorado hoje no Brasil com menos 100.818 pessoas com mais de 60 anos, todas vítimas da Covid-19 em pouco mais de seis meses de pandemia. A conta é da economista Ana Amélia Camarano, pesquisadora do Ipea, grande especialista em envelhecimento. Este número significa cerca de 11% do total de óbitos de idosos verificados em todo o ano de 2019. Representa, ainda, uma redução de quase 0,5% na população de idosos em 2020.

 

Fonte: Agência Senado | R7 | O Globo

Lares de idosos têm até sábado para cadastro em auxílio do governo

Termina no sábado (3) o prazo de cadastramento das Instituições de Longa Permanência para Idosos (ILPIs) interessadas em receber auxílio do Governo Federal no valor de R$ 160 milhões. O auxílio ocorre em razão do enfrentamento da emergência de saúde pública decorrente da pandemia do novo coronavírus (covid-19).

Segundo vídeo divulgado pela ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos (MMFDH), Damares Alves, mais de 2 mil instituições já foram cadastradas, mas nem todas estão com as informações em dia. “As instituições têm que provar que estão funcionando, que abrigam idosos e, vejam só, o recurso vai ser dividido por número de idosos acolhidos em cada instituição”, disse a ministra.

Conforme o ministério, será feita uma força-tarefa do órgão para a análise da documentação encaminhada para o cadastramento. A publicação da listagem das instituições qualificadas como habilitadas e não habilitadas ocorrerá até 10 dias depois do término do cadastramento.

Podem se inscrever entidades públicas ou privadas de caráter assistencial, sem fins lucrativos, que exerçam a atividade de modo continuado e possuam número de inscrição ativo no Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica (CNPJ). Para realizar a inscrição, instituições interessadas devem preencher o formulário online.

Agência Brasil