Translate

Compartilhe

https://www.facebook.com/deltan.dallagnol/videos/1384339188276453/

search este blog

quinta-feira, 7 de fevereiro de 2019

Dança das cadeiras no Senado Federal

12 senadores já trocaram de partido desde outubro do ano passado, promovendo uma intensa dança das cadeiras no Congresso.

O troca-troca partidário mudou a dinâmica de forças entre as bancadas do Senado.
Siglas tradicionais, como o PSDB, presenciaram uma redução na sua influência política, enquanto outras, como o PSD e Podemos, saíram fortalecidas da dança das cadeiras.

As trocas partidárias envolvem tanto figuras tradicionais, como o ex-presidente Fernando Collor (AL), como os estreantes Jorge Kajuru (GO) e o Capitão Styvenson (RN).

Segundo o Estadão, com as mudanças, cinco siglas ficaram sem nenhum representante no Senado: PTC, PRP, PHS, PTB e Solidariedade.

Em outubro, o Senado renovou 2/3 de seu plenário – 54 parlamentares foram eleitos. Foi a maior renovação desde o fim da ditadura militar, com a entrada de 46 novos senadores. Dos 32 parlamentares que tentaram a reeleição, somente oito conseguiram novo mandato.
Reações:

0 comentários:

Postar um comentário