Translate

Compartilhe

https://www.facebook.com/deltan.dallagnol/videos/1384339188276453/

search este blog

quarta-feira, 13 de fevereiro de 2019

São Paulo só empata com Talleres e é eliminado na pré-Libertadores

São Paulo só empatou por 0 a 0 com o Talleres, nesta quarta-feira (13), no Morumbi, no jogo de volta da segunda fase da pré-Libertadores. A torcida, que encheu o estádio, não perdoou a fraca apresentação e cobrou o técnico André Jardine, agora ainda mais pressionado no cargo.

Com o resultado, o time brasileiro, que perdeu a primeira partida por 2 a 0, em Córdoba, na semana passada, está eliminado da competição continental.

O time são-paulino pressionou o adversário desde o apito inicial. Os mais de 44 mil torcedores que compareceram ao Morumbi faziam muito barulho para incentivar a equipe brasileira e desestabilizar os argentinos.

Aos 7 minutos,  Pablo dominou na área, mas se atrapalhou ao tentar girar sobre a zaga e caiu. A torcida pediu pênalti, mas a arbitragem mandou a jogada prosseguir e o time tricolor perdeu uma grande chance de abrir o placar.

Os jogadores do Talleres não perdiam uma oportunidade para quebrar o ritmo do São Paulo e já faziam cera desde os primeiros minutos.

Os tricolores, por outro lado, pareciam afobados para abrir o placar o quanto antes, já que a equipe brasileira necessitava de uma vitória por três gols para avançar à fase de grupos da Libertadores.
Aos 23 minutos, o atacante Palácios invadiu a área e caiu diante da marcação da defesa são-paulina. No entanto, o árbitro não considerou o lance faltoso.

A estragégia dos argentinos parecia dar certo. Até a metade do primeiro tempo, o São Paulo não conseguia chegar com perigo ao gol de Herrera, apesar de manter a posse de bola.
O experiente volante Guiñazu, de 40 anos, conhecido dos brasileiros pelas passagens por Internacional e Vasco, fazia uma marcação firme na entrada da área.

O São Paulo teve uma excelente oportunidade de marcar aos 30 minutos, quando Diego Souza cabeceou livre na pequena área, após cruzamento, feito pelo garoto Helinho da direita. No entanto, o experiente atacante errou o alvo e perdeu um gol incrível.

Na sequência, o Talleres assustou a imensa torcida tricolor iniciar um contra-ataque perigoso pela esquerda, mas o goleiro Tiago Volpi conseguiu cortar o cruzamento e evitar o pior.
Um minuto mais tarde, aos 35, o atacante Pochetino se aproveitou de uma desatenção da zaga e tentou marcar por cobertura. Para a sorte dos são-paulinos, a bola subiu demais.

Aos 45, o capitão Hernanes arriscou de fora da área e quase marcou. A bola passou muito próxima da trave esquerda do goleiro Herrera.

O São Paulo voltou para o segundo tempo com o mesmo apetite. A equipe buscou sufocar o Talleres, mas os argentinos não perderam a calma. O time brasileiro teve boas oportunidades em bolas alçadas na área nos primeiros minutos, mas a defesa adversária bloqueava todos os avanços.

Os são-paulinos ainda reclamaram de um recuo do zagueiro para o goleiro Herrera, mas o árbitro entendeu a jogada apenas como um desvio. A marcação irritou os torcedores nas arquibancadas.
Outro grande susto para os tricolores, quando o atacante argentino conseguiu desviar de cabeça um cruzamento que partiu da direita e quase surreendeu Tiago Volpi. André Jardine fez duas alterações de uma só vez e colocou em campo os meias Nenê e Araruna, aos 17 minuntos do 2º tempo — Helinho e Bruno Peres.
O Talleres seguiu controlando o ímpeto do São Paulo e até arriscou algumas subidas ao ataque, mas sem se descuidar da forte marcação. Enquanto isso, o nervosismo dos brasileiros aumentava dentro e fora das quatro linhas. O São Paulo, por sua vez, passou a cruzar bolas na área insistentemente, jogada que facilitava o trabalho dos defensores do Talleres.

Aos 35 minutos, Everton ergueu demais o pé, atingiu o rosto de Enzo Díaz e foi expulso para piorar ainda mais as coisas para a equipe. O Tricolor ainda chegou a marcar com Nenê, aos 38 minutos, mas o árbitro assinalou impedimento.

Próximos jogos
O São Paulo voltará a campo no próximo domingo para enfrentar o Corinthians, no clássico da sétima rodada do Paulistão, às 19 horas, em Itaquera. R7

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário