Translate

Compartilhe

https://www.facebook.com/deltan.dallagnol/videos/1384339188276453/

search este blog

sábado, 3 de agosto de 2019

Dória decreta campanha de oração initerrupta por autoridades

O estado de São Paulo instituiu o “Dia de Oração pelas autoridades da Nação”. O projeto de lei foi aprovado na Assembleia Legislativa (Alesp) e também sancionado pelo governador João Doria (PSDB). Datas relacionadas à Bíblia e denominações evangélicas também foram implementadas.

A lei prevê que o “Dia de Oração pelas autoridades da Nação” seja celebrado toda terceira segunda-feira de cada mês. O texto foi publicado no Diário Oficial do Estado na última quarta-feira, 31 de julho.

Segundo informações do portal G1, a proposta número 17.136 tem autoria dos deputados Chico Sardelli e Reinaldo Alguz, ambos do PV. Como a lei entrou em vigor na quarta, a primeira vez que a data será celebrada será no próximo dia 19 de agosto.

Doria também sancionou outras leis de cunho religioso no estado. A lei número 17.133 institui o “Dia da Escola Bíblica”em homenagem “aos cidadãos cristãos participantes do ensino bíblico nas igrejas”. A data será comemorada anualmente, no terceiro domingo de setembro.

A lei 17.125, que criou o “Dia da Assembleia de Deus Ministério de Madureira”, estabeleceu o dia 15 de novembro, quando é celebrada a proclamação da República, como data de comemoração para os fiéis da denominação.

Por fim, o “Dia da Igreja Sara Nossa Terra” também foi sancionado pelo governador Doria. A data será celebrada todos os anos em 7 de setembro – dia da Independência – com o objetivo de homenagear os cidadãos evangélicos membros da igreja.

Essas leis passaram a valer no dia seguinte à sanção do governador João Doria, quando foram publicadas no Diário Oficial do Estado. Gospel+
Reações:

0 comentários:

Postar um comentário