Translate

Compartilhe

https://www.facebook.com/deltan.dallagnol/videos/1384339188276453/

search este blog

sexta-feira, 5 de junho de 2020

Trump comemora fechamento dos EUA contra a Covid-19 e lamenta situação do Brasil

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, comemorou os resultados do fechamento dos Estados Unidos contra a Covid-19. Em discurso nesta sexta-feira (5), Trump disse que o fechamento do país salvou pelo menos 1 milhão de vidas.

“Fechamos nosso país. Salvamos, possivelmente, 2 milhões ou 2,5 milhões de vidas. Acho que não menos que 1 milhão de vidas”, disse o presidente. “Mas se considerarmos que estamos em 105 mil hoje [mortes por Covid-19], o número de vítimas seria pelo menos 10 vezes maior”, continuou.

Apesar das comemorações de Trump, os Estados Unidos ainda lideram o ranking global de mortes pela doença, com 106.876 óbitos, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS).

O Brasil aparece na 3ª posição, com 32.548 mortes, atrás ainda do Reino Unido, que tem 39.904 mortes. Mas, para o presidente americano, a situação brasileira é preocupante. “Se você olha para o Brasil, eles estão num momento bem difícil”, lamentou.

Contra a disseminação do coronavírus nos Estados Unidos, o governo Trump impediu a entrada no país de pessoas vindas do Brasil. A restrição passou a valer em 24 de maio e não tem prazo para ser suspensa.

Donald Trump também falou sobre a Suécia, que fez um isolamento social mais brando. Ele disse que o Brasil seguiu o caminho sueco e, por isso, está passando por problemas. “A Suécia também está passando por dificuldades terríveis. Se tivéssemos agido assim, teríamos perdido 1 milhão, 1,5 milhão, talvez 2,5 milhões ou até mais”, disse.

De acordo com a OMS, os Estados Unidos já deixaram de ser o epicentro da pandemia da Covid-19. Agora, os casos estão crescendo de maneira preocupante na América Latina. JP

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário