Translate

Compartilhe

https://www.facebook.com/deltan.dallagnol/videos/1384339188276453/

search este blog

domingo, 26 de julho de 2020

Com gols de Avelar e Éderson, Corinthians vence o Oeste e se classifica no Paulistão

O Corinthians lutou, fez a sua parte e conquistou a vaga na próxima fase do Campeonato Paulista 2020. Em partida válida pela 12ª e última rodada da fase de grupos, o Timão, que integrava o Grupo D, visitou o Oeste, na Arena Barueri. Com gols de Danilo Avelar e Éderson, o Alvinegro venceu por 2 a 0 e se garantiu na sequência do campeonato.

Classificado ao mata-mata
Entrando na 12ª e última rodada da fase de grupos como terceiro colocado no Grupo D, o Corinthians precisava vencer e contar com uma derrota ou no máximo um empate do Guarani, rival com quem disputava pela segunda colocação na chave. O Timão fez a sua parte, e viu o time campineiro ser derrotado por 3 a 1. Assim, avançou para 17 pontos, contra 16 do adversário, e se classificou para o mata-mata.

Escalação
Com os desfalques apenas de Jô, não-inscrito na atual fase do torneio, e de Cantillo, o técnico Tiago Nunes escalou a mesma equipe que iniciou a partida da última quarta-feira, na vitória no Derby por 1 a 0: Cássio (capitão); Fagner, Gil, Danilo Avelar e Carlos; Gabriel, Camacho, Ramiro, Luan e Everaldo; Boselli. Entraram no jogo Éderson, Sidcley, Mateus Vital, Janderson e Matheus Davó. Também estavam no banco de reservas Walter, Guilherme, Michel, Lucas Piton, Bruno Mendez, Araos e Xavier.

Bola em jogo!
O Timão começou a partida com calma e controlando a posse de bola, tanto pela inatividade de quatro meses quebrada apenas na última quarta-feira, como pelo sol que batia na Arena Barueri. Tanto que o primeiro a trabalhar no jogo foi o goleiro Cássio, aos sete minutos. Em contra-ataque do Oeste, Mazinho recebeu na área pela direita e cruzou. A bola desviou na zaga e foi para o gol, e o Gigante espalmou na ponta dos dedos, mandando pela linha de fundo.

A primeira chegada corinthiana ao ataque veio aos 12 minutos. Em jogada tramada pela esquerda, Everaldo lançou Carlos em profundidade e caiu após disputa de espaço com um defensor adversário próximo da área. O árbitro mandou o lance seguir. Depois, nova intervenção de Cássio: Eder Sciola recebeu na direita e chutou cruzado, e o goleirão espalmou mais uma.

A partida seguiu truncada no meio-campo e com poucas ocasiões de gol até a metade do primeiro tempo, até que aos 33 minutos Everaldo sentiu uma lesão na coxa. Um minuto depois, Boselli levou uma pancada na cabeça em dividida pelo alto. O argentino precisou sair de campo, o camisa 37 permaneceu no sacrifício por alguns minutos. Aos 39, Tiago Nunes foi forçado a colocar Mateus Vital e Janderson nos lugares dos dois atletas.

O árbitro Luiz Flávio de Oliveira deu quatro minutos de acréscimo. Aos 46, Mateus Vital puxou jogada pela esquerda e, ao se aproximar da área, levou pisão no pé. E na cobrança, saiu o gol do Timão: Luan cruzou na área e Danilo Avelar subiu mais alto que todo mundo para cabecear e abrir o placar. É o primeiro gol do camisa 35 desde que se tornou zagueiro. E dois minutos depois, foi encerrada a primeira etapa.

O segundo tempo começou já com a terceira troca no Corinthians: Éderson entrou no lugar de Camacho. A alteração surtiu efeito inicial, e a equipe iniciou mais ofensiva. A primeira chance no ataque veio aos cinco minutos. Ramiro foi lançado em velocidade na direita e cruzou rasteiro, mas a zaga afastou.

A posse de bola alvinegra aumentou na segunda etapa, e o time ficou mais confortável quando esteve no setor de defesa. A chance seguinte de gol aconteceu aos 18 minutos. Em contra-ataque puxado por Éderson ainda no campo de defesa, Luan conduziu pela intermediária e encontrou Janderson na esquerda. O meia-atacante cortou para o centro e chutou rasteiro, mas o goleiro adversário pegou. Aos 20, trama de ataque pela direita: Fagner recebeu e tocou para o camisa 31 na área, mas o atacante não conseguiu tocar para Mateus Vital.

Aos 23 minutos, Tiago Nunes fez sua quarta alteração: saiu Ramiro e entrou Sidcley. Um minuto depois, nova chance do Coringão. Fagner recebeu na direita e cruzou na área. Antes de Luan completar na segunda trave, o goleiro espalmou pela linha de fundo. Mateus Vital também teve uma chance aos 34, quando recebeu na intermediária e arriscou de longe, mas a bola foi sobre o gol adversário.

Aos 37 minutos, Cássio puxou ataque pela direita com Fagner, que lançou Janderson em profundidade. O meia-atacante tentou cruzar rasteiro para Luan na área, mas a zaga afastou. E aos 39, veio a última mudança no Timão: Matheus Davó entrou no lugar de Luan. 

O árbitro assinalou cinco minutos de acréscimo. E no primeiro deles, saiu o segundo gol do Timão. Participativo, Éderson conduziu pela intermediária, contou com a sorte ao tentar fazer um lançamento e a bola sobrar, e, livre, arriscou de fora da área, estufando o canto esquerdo do gol do Oeste, ampliando o placar.

Aos 49 minutos, Matheus Davó ainda teve uma chance dentro da área. Ele recebeu de costas para o gol, girou e tentou o chute, mas foi travado. Foi a última oportunidade de gol de toda a partida, que encerrou com o placar de 2 a 0.

Boselli
O atacante Mauro Boselli, substituído no primeiro tempo após levar uma pancada no rosto em dividida pelo alto, foi encaminhado a um hospital para realizar uma avaliação médica completa do trauma sofrido.

corinthians.com.br
Reações:

0 comentários:

Postar um comentário