Translate

Compartilhe

https://www.facebook.com/deltan.dallagnol/videos/1384339188276453/

search este blog

segunda-feira, 5 de outubro de 2020

Conquista: Promessa de reforma não é cumprida e Estádio Murilão continua abandonado

Uma parte da história do esporte de Vitória da Conquista esquecida. O Estádio Municipal da Zona Oeste, conhecido popularmente como Murilão, continua abandonado pela Prefeitura Municipal de Vitória da Conquista. Localizado no bairro Bruno Barcelar, o estádio foi construído em dezembro de 1992 e tem capacidade para 6 mil pessoas. O palco de grandes histórias, descobertas e de projetos sociais para as crianças e adolescentes da comunidade, ainda não recebeu a atenção que precisa e merece.

A estrutura do estádio chama atenção. O campo é de terra, mas as arquibancadas puderam abrigar os amantes fiéis do futebol amador. Além disso, os vestiários são subterrâneos o que proporcionava um charme a mais e o diferenciava dos outros dois estádios da cidade.

O Murilão foi fechado pela Prefeitura Municipal de Vitória da Conquista após ser anunciadas reformas para o estádio. Mas, a equipe do Blog do Sena foi até o local na última sexta (02/10), e presenciou cenas de abandono. Nenhuma obra foi realizada e o estádio, que era considerado um dos principais espaços de lazer da zona oeste, continua com mato alto, sem água, energia elétrica, gramado e sem condições de segurança para voltar a receber o público do futebol amador.

Em junho deste ano, o Prefeito Herzem Gusmão confirmou R$ 50 milhões ao Tesouro Municipal via Caixa Econômica Federal. Os recursos oriundos do FINISA- Financiamento à Infraestrutura e ao Saneamento- destinados para alguns bairros da cidade,  chegou a ser prometido para a revitalização do Estádio Murilão. Mas, até agora, nada foi feito, o tempo passa e o espaço continua abandonado. De acordo com os esportistas da cidade, “ver o Murilão com portões quebrados, sujeira e em total abandono é muito triste. O esporte da cidade e a comunidade da zona oeste perdem um lugar de lazer para toda a família”.

Blog do Sena

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário