Translate

Compartilhe

https://www.facebook.com/deltan.dallagnol/videos/1384339188276453/

search este blog

  • Futuro Sorriso!

    Simião Célio posta vídeo para música Futuro Sorriso no YouTube

  • Reportando!

    6ª edição do AGORA SOMOS UM

  • Entrevista com Wallas Silva

    "Lutador de Muay Thai""

Mostrando postagens com marcador Secretário. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Secretário. Mostrar todas as postagens

segunda-feira, 19 de abril de 2021

Concurso IBGE com 6.500 vagas "continua normalmente", diz Instituto

 


O concurso IBGE, com 6.500 vagas temporárias, não será afetado pelo corte no orçamento do Censo Demográfico 2021. A informação é dada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística a diversos candidatos, que, constantemente, perguntam sobre a seleção.

Para esclarecer essas dúvidas, o IBGE tem respondido diversos candidatos, por meio de suas redes sociais. A dúvida, de boa parte deles, diz respeito à suspensão do edital com 6.500 vagas, considerando que o mesmo ocorreu com o processo seletivo, com mais de 204 mil oportunidades temporárias.

Com esclarecido anteriormente por Folha Dirigida e reforçado pelo Instituto, este processo não será impactado devido ao corte no orçamento do Censo Demográfico 2021.

"Nossos outros processos seletivos estão com o cronograma mantido, até o momento. Os processos não relacionados ao Censo não foram afetados pelo corte no orçamento e continuam normalmente", disse o IBGE nos últimos dias.

Com isso, o processo seletivo segue em andamento. Vale lembrar que esse concurso visa à realização das pesquisas econômicas e sociodemográficas feitas comumente pelo IBGE.

Ao todo, são oferecidas 6.500 vagas temporárias, que estão distribuídas por quatro editais, sendo um para cada cargo, e duas bancas organizadoras. São eles:

Cebraspe

  • agente de pesquisas e mapeamento (5.623 vagas) - nível médio;
  • agente de pesquisas por telefone (300) - nível médio; e
  • supervisor de coleta e qualidade (552 vagas) - nível médio.

IBFC

  • supervisor de pesquisa (25) - nível superior.

No caso do agente de pesquisa por telefone, além da escolaridade, é preciso ter um ano de experiência comprovada em teleatendimento/telemarketing ativo ou receptivo, nos últimos cinco anos (até a data de divulgação do resultado final).

Já o supervisor de pesquisa deve ter formação nas seguintes áreas: Geral, Gestão, Suporte Gerencial e Tecnologia de Informação e Comunicação. 

Nesse caso, são aceitos diplomas em qualquer curso superior, com exceção da área de TI, em que serão válidos apenas os cursos de Ciências Exatas.

Os aprovados serão contratados pelo prazo de até um ano, cabendo prorrogação. As vagas estão distribuídas por diversos municípios do país.

As exceções ocorrem nos cargos de agente de pesquisas por telefone e supervisor de pesquisa, em que as oportunidades são para o Rio de Janeiro (capital).

Os habilitados no concurso IBGE receberão auxílios-alimentação, transporte e pré-escolar, assim como férias e 13º salário proporcionais, além dos seguintes salários:

  • R$1.387,50 - agente de pesquisas e mapeamento;
  • R$1.345 - agente de pesquisas por telefone;
  • R$3.100 - supervisor de coleta e qualidade; e
  • R$5.100 - supervisor de pesquisa.

Concurso IBGE tem provas marcadas para maio

As provas do concurso IBGE estão marcadas para o mês de maio, nos dias 2 (agente de pesquisas e mapeamento e supervisor de coleta e qualidade) e 9 (agente de pesquisas por telefone e supervisor de pesquisa), no turno da tarde, das 13h às 17h.

Os exames serão realizadas nas cidades que contam com vagas. Já a avaliação terá 60 questões no total, sendo necessário obter, no mínimo, 18 pontos no total e, pelo menos, um ponto em cada disciplina.

 

 Folha

Conquista | Vagas de emprego do Sine Bahia para esta segunda-feira

Os candidatos que se interessarem em alguma vaga deverão encaminhar o currículo e número de CPF ou PIS para o e-mail do Sine, sinalizando qual a vaga pretendida no assunto do e-mail.

E-mail: sinebahiaconquista@gmail.com

VAGAS SINEBAHIA VITÓRIA DA CONQUISTA – 19/04/2021  

 

  

AÇOUGUEIRO (Desossador) – Ensino médio completo/Experiência na função.

AJUDANTE DE COZINHA – Experiência comprovada na função; possuir disponibilidade para trabalhar aos finais de semana.

ATENDENTE BALCONISTA – ENSINO MÉDIO COMPLETO/Possuir DISPONIBILIDADE DE HORÁRIO 

AUXILIAR DE ESTOQUE – Possuir veículo próprio (moto) /CNH AB/Ensino médio/ Informática básica/Ser proativo/Trabalhará em horário comercial.

AUXILIAR DE LINHA DE PRODUÇÃO – MORAR NAS PROXIMIDADES DA EMPRESA (BAIRRO: BOA VISTA/LOTEAMENTO CONQUISTENSE).

AUXILIAR DE MANUTENÇÃO – Imprescindível que o candidato tenha curso de NR10 atualizado.  Possuir ensino médio completo ou curso técnico na área; e experiência comprovada na função.

CONSULTOR DE VENDAS – Possuir experiência na área de vendas e atendimento. Desejável Ensino Superior em curso ou completo / Ter disponibilidade de horário para alterações de escala. Ser uma pessoa comunicativa, proativa, dinâmica, possuir espírito de equipe, focada em resultados, gostar de desafios e ganhar dinheiro. Domínio em informática, planilhas e sistema de loja. 

COZINHEIRO – Experiência comprovada na função; experiência também com cortes de carnes.

COZINHEIRO – Experiência na função.

DESENVOLVEDOR WEB (TÉCNICO) – Desenvolvedor e programador/Sistema Operacional Java/Fazer evoluções do sistema e prestar suporte.

EMPREGADO DOMÉSTICO NOS SERVIÇOS GERAIS – Experiência comprovada em carteira de trabalho ou carta de referência/De Preferência: que possa dormir no trabalho.

GERENTE ADMINISTRATIVO – (Analista financeiro) **imprescindível: (A) Ensino Superior completo/Experiência Na gerência do setor de vendas.** Elaborar planilha de controle de pagamentos; acompanhar recebimento de notas fiscais de entrada e vencimento de duplicatas; lançamento de despesas, realizar pagamentos diários; baixar duplicatas no sistema informatizado; controle de caixa; conciliação bancária;organizar documentações; lançamento e pagamento de folha de funcionários. 

 

MOTORISTA DE CAMINHÃO – imprescindível: experiência na função/ CURSO DO MOPp / 1ºgrau completo/ Disponibilidade para realizar viagens fora do estado 

REPRESENTANTE COMERCIAL – Ensino médio completo/Imprescindível que o candidato: seja comunicativo, saiba negociar e vender/Conhecimento em informática.

SUPERVISOR COMERCIAL – Possuir habilidade em gestão de pessoas/Ensino superior completo ou em andamento/Experiência na área de vendas e gestão de equipes.

TÉCNICO DE REDE DE TELECOMUNICAÇÕES – Responsável por realizar manutenções de redes de internet externas e internas de clientes, utilizando de veículo da empresa podendo ser carro ou moto. Não precisa ter experiência. Ter disponibilidade de horário e para viajar. Possuir CNH A/B. Irá cumprir escala noturna, plantões aos domingos e feriados.

TÉCNICO SUPORTE EM TI – Ensino médio completo ou superior cursando/experiência na área.

TÉCNICO DE TELECOMUNICAÇÕES (TELEFONIA) –  Irá controlar e dar suporte as atividades dos técnicos de Campo via sistema e telefone. Contatar o cliente para acompanhar da qualidade do serviço. Ensino Médio completo. Ser dinâmico e já ter atuado na área de atendimento, telemarketing e atendimento de metas.

TÉCNICO EM MANUTENÇÃO DE MÁQUINAS– Para trabalhar em Jequié-Ba. Ensino médio, informática básica, conhecimento em eletromecânica ou mecânica.

TÉCNICO EM MANUTENÇÃO DE EQUIPAMENTOS DE INFORMÁTICA – possuir CNH b/Atendimento ao cliente, instalação e ativação do link de internet via cabo e fibra 

VENDEDOR INTERNO – Ensino médio completo; experiência em vendas.

VENDEDOR INTERNO – Ensino médio completo; experiência com vendas no seguimento de materiais para construção; boa comunicação e conhecimento em informática.

sábado, 20 de março de 2021

Colapso | Ocupação de UTI Covid-19 no Hospital de Base de Vitória da Conquista passa de 100%

 


O Hospital Geral de Vitória da Conquista (HGVC/Hospital de Base) ultrapassou a capacidade da UTI destinada Covid-19 e tem 41 pacientes nos 40 leitos, equivalente à taxa de 103%. A informação está no painel on-line da Central de Comando da Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab), atualizado às 10h53.  No mesmo hospital a ocupação dos leitos clínicos/enfermaria é de 89%, com 16 pessoas para 18 leitos.

Enviamos mensagem, por meio do WhatsApp, ao diretor-geral do Hospital Geral de Vitória da Conquista, Geovani Moreno, às 10h47, ele visualizou mas não respondeu. Quando e se ele enviar alguma declaração será incluída na matéria.

Também está com a capacidade total de UTI ocupada o Hospital São Vicente, com todos os dez leitos contratados pela Prefeitura de Vitória da Conquista ocupados. Nos leitos clínicos a ocupação é de 70%.

No Hospital de Clínicas de Conquista (HCC) a taxa de ocupação da UTU está em 80%, com 16 pacientes em 20 leitos. A enfermaria tem taxa de 30%.

De acordo com a secretaria estadual da Saúde, a ocupação geral de UTI é de 96%, com 67 pessoas internadas e apenas três leitos vagos, e a total é 79%, com 117 pacientes em 149 leitos totais.


segunda-feira, 20 de abril de 2020

Neymar surpreende internet ao curtir postagem na qual Ciro Gomes xinga Bolsonaro de 'patife'

O atacante Neymar curtiu, neste domingo (19), uma publicação em que o ex-candidato à presidência da República, Ciro Gomes (PDT), faz duras críticas e xinga o presidente Jair Bolsonaro (Sem Partido). Nesta tarde, Bolsonaro voltou a contrariar as recomendações de isolamento social feitas pela Organização Mundial da Saúde (OMS) e foi além ao participar de ato pró-intervenção militar, que reuniu milhares de pessoas em Brasília. Em sua postagem, Ciro Gomes afirma: “Vendo o gesto tresloucado de Bolsonaro hoje: PATIFE”.

Nas redes sociais, a curtida de Neymar gerou grande repercussão. Após ser alvo de memes e críticas, ele desfez as curtidas. 
Desde as eleições de 2018, o atleta do PSG e da Seleção Brasileira demonstrava apoio a Bolsonaro em suas redes sociais, o que gerava ondas de críticas e elogios. Ainda durante o período eleitoral, Neymar curtiu uma postagem favorável ao então candidato do PSL. “Precisamos de um presidente que resolva os problemas do País e não que nos ensine valores. Isso temos que aprender em casa e na escola”, dizia uma publicação feita por Alan Patrick com o número 17. 

A relação entre Neymar e Bolsonaro ficou ainda mais estreita, quando o jogador foi acusado de estupro pela modelo Najila Trindade Mendes de Souza, em 2019. À época, o presidente afirmou em entrevista: “Pelo que vi até agora, o Neymar é inocente. Se você ver o contexto ali, o que ela fez atravessando o Atlântico, ela falou na entrevista com o Cabrini (Roberto Cabrini, jornalista do SBT) que foi lá fazer amor com ele”. 

Reprovação a atitude de bolsonaristas em SP

Neymar também sugeriu desconforto com uma atitude de eleitores bolsonaristas no sábado. Manifestantes pró-governo fizeram um buzinaço em frente a um hospital, em São Paulo, exigindo a reabertura do comércio na cidade.

O jogador curtiu uma postagem da jornalista Mônica Waldvoguel, da GloboNews, que faz críticas aos apoiadores de Bolsonaro pela atitude. O presidente já declarou ser contrário ao isolamento social e tem incentivado essas manifestações.
A publicação da jornalista, curtida por Neymar, diz: “Gente indecente, pornográfica na exposição de sua vilania e seu sadismo diante do sofrimento de quem está numa cama de hospital. Jamais imaginei que pudesse ver uma cena de imoralidade tão escancarada no nosso país, na minha cidade”.

Repercussão nas redes

A curtida de Neymar ao tweet de Ciro Gomes ganhou grande repercussão nas redes sociais. Internautas fizeram muitas brincadeiras sobre a situação e lembraram que o jogador sempre demonstrou apoio ao atual presidente do Brasil. EM

Posts como: “Nem o Neymar aguenta mais, pulou do barco”, “Romper com o bolsonarismo foi o rito de passagem do menino Ney para o homem Neymar” e “Neymar rompe com Bolsonaro” foram compartilhados no Twitter. Veja alguns deles:




sexta-feira, 9 de novembro de 2018

Apoiadores de Lula desmontam acampamento perto da PF; vigília é mantida

Os manifestantes que estavam acampados em um terreno em Curitiba desde o dia 7 de abril, quando foi preso o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), desarmaram o acampamento Marisa Letícia, criado para protestar contra a prisão do petista. Segundo a organização, corte de gastos, redução no número de apoiadores e ameaças motivaram.

"Por medida de segurança, uma vez que já sofremos sete atentados e responderemos a quatro processos judiciais, ainda hoje sofremos diversas ameaças, e por cortes de gastos e por número reduzido de pessoas, o acampamento opta em transformar a luta do espaço físico fixo para uma luta itinerante e virtual", diz comunicado do movimento.

O acampamento, que ficava a um quilômetro da sede da PF, foi desmontado pelo movimento no dia 1º de novembro e deve virar um projeto itinerante.
Já a Vigília Lula Livre, que ocupa um terreno alugado em frente à sede da Polícia Federal em Curitiba, manterá as atividades. Os militantes do movimento dizem que a vigília reafirma " nosso direito à manifestação e livre expressão".
"A vigília é o espaço que agrega organizações, militantes, apoiadores e simpatizantes da democracia, instalados em diferentes espaços de acolhimentos na região. Afirmamos, então, sobre o fechamento do acampamento Marisa Letícia, que trata-se de um espaço que, desde o início, teve autonomia e coordenação própria. As nossas atividades da Vigília Lula Livre seguem normalmente", diz nota do movimento.

Visita de Boulos a Lula

Nesta quinta (8), ao lado do deputado federal Paulo Pimenta (PT-RS), o coordenador do MTST (Movimento dos Trabalhadores Sem Teto), Guilherme Boulos (PSOL), visitou Lula na sede da PF em Curitiba, onde o petista está preso desde abril.
Boulos disse que Lula está "bem" e "firme", mas que está preocupado com o destino do país e com o "risco" aos direitos sociais. O coordenador do MTST afirmou ainda que o ex-presidente passou o recado de que as pessoas "não se deixem levar por esse momento sombrio" e continuem "na luta". Informações noticias.uol.com.br

sábado, 2 de setembro de 2017

VItória da Conquista poderá ser beneficiada com nova unidade de semiliberdade


Foi inaugurado novo espaço de internação provisória para adolescentes infratores em Salvador-BA.
A ação que visa garantir os direitos aos adolescentes e de seus colaboradores, teve iniciativa do governo do estado por meio da "FUNDAC".

Com uma nova infraestrutura e atendimento socioeducativo  humanizado, o espaço permitirá o atendimento de 40 adolescentes num período de até 45 dias, a proposta é estimular no público atendido novas práticas de vida, reparo na relação familiar e reinserção dignificada  na sociedade.

Vitória da Conquista já possui um trabalho de semi-liberdade a unidade "Navaranda", sendo referência positiva pelo trabalho desenvolvido em todo sudoeste baiano e poderá ser beneficiada com nova infraestrutura.

Para mais detalhes assista a reportagem realizada pela Tv Record.


quarta-feira, 9 de agosto de 2017

INSS: aposentadoria por idade será reconhecida automaticamente

A medida estabelece que o segurado não precisa mais comparecer a um posto de atendimento para solicitar esse tipo de aposentadoria
O INSS determinou, por meio de portaria, o reconhecimento automático da aposentadoria por idade a partir da verificação das informações constantes nos sistemas da autarquia e nas bases de dados do governo federal. A medida, em vigor desde o fim de julho, estabelece que o segurado não precisa mais comparecer a um posto de atendimento para solicitar esse tipo de aposentadoria. As informações são da ‘Agência Brasil’.
O INSS vai fazer uma pesquisa mensal para identificar os segurados que já têm o direito disponível e enviará comunicado sobre a concessão do benefício. O segurado também poderá requerer a concessão do benefício por meio do canal 135. Para a realização do pedido será solicitada a confirmação dos dados pessoais, como ocorre no sistema tradicional.
De acordo com a portaria, o INSS enviará comunicado indicando as informações sobre os dados da concessão e pagamento do benefício ao cidadão assim que houver o reconhecimento do direito.
Aposentado por idade
Atualmente, a aposentadoria por idade é um benefício ao trabalhador que comprovar o mínimo de 180 meses de trabalho, além da idade mínima de 65 anos, se homem, ou 60 anos, se mulher. Para o chamado “segurado especial”, a idade mínima é reduzida em cinco anos.
No grupo de segurados especiais estão profissões como agricultor familiar, pescador artesanal, além de indígenas. Para receber o benefício nessa condição, o trabalhador deve estar exercendo a atividade no momento da solicitação do benefício. Caso não comprove o tempo mínimo de trabalho necessário ao segurado especial, o trabalhador poderá pedir o benefício com a mesma idade do trabalhador urbano, somando o tempo de trabalho como segurado especial ao tempo de trabalho urbano.
Informações como cálculo do benefício e documentos necessários para solicitação do benefício podem ser acessados na página do INSS.

Deixe o seu comentário
Fonte: Notícias ao Minuto

quarta-feira, 2 de agosto de 2017

Governador do PT exonera secretários para ajudar Temer na Câmara

Rui Costa quer evitar que o prefeito de Salvador, ACM Neto, seu provável adversário na eleição de 2018, seja fortalecido caso Maia assuma o Planalto

Costa destituiu os secretários de Desenvolvimento Urbano, Fernando Torres(PSD), e de Relações Institucionais, Josias Gomes da Silva (PT). Torres e Silva devem se abster na votação do parecer do deputado Paulo Abi-Ackel (PSDB-MG). Esse posicionamento é favorável a Temer, uma vez que o governo diz já ter os votos necessários para barrar a denúncia e agora articula para garantir o quórum de 342 deputados para que a votação aconteça. O Palácio do Planalto tem incentivado, inclusive, o comparecimento de deputados de partidos da base aliada favoráveis à denúncia.
Aliados do governador da Bahia afirmam que o afastamento de Michel Temer do cargo, caso a denúncia seja aceita, não interessa a Costa. Se Temer for afastado, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), assumirá o comando do país, fortalecendo o prefeito de Salvador, Antônio Carlos Magalhães Neto, o ACM Neto (DEM), que deve disputar o governo da Bahia em 2018 contra o petista.

Fonte: Veja

domingo, 16 de julho de 2017

Contribuição sindical será opcional na nova lei trabalhista; entenda o que mudou


 Advogado trabalhista explica o que muda para as empresas e para os trabalhadores.

reforma trabalhista aprovada pelo Senado tornou opcional a contribuição sindical. Isso significa que os trabalhadores e as empresas não são mais obrigados a dar um dia de trabalho por ano para o sindicato que representa sua categoria.  SAIBA TUDO SOBRE A REFORMA TRABALHISTA

Até então, o pagamento era obrigatório para todos os trabalhadores formais e vinha descontado na folha de pagamento. As novas regras entram em vigor daqui a quatro meses, conforme previsto na nova legislação.

Veja abaixo perguntas e respostas sobre o tema. Para elaborá-las, o G1 ouviu o advogado trabalhista Marcos Martelozzo, sócio da Martelozzo e Rodrigues Sociedade de Advogados.

Resultado de imagem para carteira de trabalho mudanças

Como era antes?

A contribuição para os sindicatos era feita uma vez ao ano, obrigatoriamente, tanto para funcionários de empresas quanto para autônomos e liberais.

Entre os trabalhadores, havia o desconto equivalente a um dia de salário. Esse débito era feito em abril, na folha referente aos dias trabalhados em março.

Para os empregadores, o imposto sindical também era obrigatório, mas com uma forma de cálculo diferente. Ele era cobrado sempre em janeiro, com base no valor da empresa no ano anterior. É calculado um percentual sobre o valor da empresa para determinar a quantia a ser paga como imposto sindical. Esse percentual diminui conforme aumenta o valor da empresa – ou seja, proporcionalmente, quanto menor a empresa, mais imposto era pago.

Como ficou depois da reforma?

O trabalhador paga o imposto sindical apenas se quiser. Se optar por fazer a contribuição, precisa informar ao empregador que autoriza expressamente a cobrança sobre sua folha de pagamento. A empresa só poderá fazer o desconto com a permissão do funcionário. O mesmo vale para o empregador. A contribuição também passa a ser facultativa para as empresas.

Vou ter que pagar a contribuição em 2018?

Não. A nova lei trabalhista foi sancionada pelo presidente Michel Temer no dia 13 de julho e entrará em vigor em 120 dias. Ou seja, a partir de meados de novembro a contribuição não é mais obritatória para empresas e trabalhadores. Portanto, o desconto não será automático em abril de 2018.

Para onde vai o dinheiro do imposto sindical?

O valor é destinado às centrais sindicais que representam a categoria e coparticipantes. Do total arrecadado, 5% é destinado às confederações, 10% para as centrais sindicais, 15% para as federações, 60% para o sindicato de base e 10% para uma conta especial emprego e salário – uma conta mantida na Caixa Econômica Federal usada para custeamento de vários tipos de programas sociais.

Essa contribuição é a única fonte de arrecadação dos sindicatos?

Não. Há ainda as pessoas que escolhem se filiar aos sindicatos e passam a contribuir mensalmente para as entidades.

Antes da reforma, o que acontecia com empresas que não pagassem o imposto sindical?

As companhias com pendências ficavam impedidas de ter contratos com o poder público, participar de licitações e poderia até ter o alvará de funcionamento negado.

Fonte: G1

 

sexta-feira, 7 de julho de 2017

Lava Jato: Acordos restituem cerca de R$ 1 bi aos cofres públicos


Imagem: DivulgaçãoNas últimas duas semanas os acordos de leniência e de colaboração firmados no âmbito da Operação Lava Jato restituíram aos cofres públicos quase R$ 1 bilhão. De acordo com Ministério Público Federal (MPF), entre os dias 26 de junho e quinta-feira (6), o empresário Marcelo Odebrecht e as empresas Braskem e Andrade Gutierrez devolveram aos cofres públicos R$ 903,9 milhões em cumprimento às obrigações assumidas nos acordos feitos com o MPF.
“A expressiva e inédita quantia de quase R$ 1 bilhão efetivamente recuperada em dez dias revela que essa técnica especial de investigação também permite, em tempo recorde, o adiantamento do ressarcimento de prejuízos causados aos cofres públicos”, disse, em nota, a Procuradoria da República no Paraná.
Segundo o MPF, no dia 26 de junho, o ex-presidente da construtora Norberto Odebrecht Marcelo Odebrecht depositou judicialmente, à vista, R$ 73.399.314,07. O montante refere-se ao total da multa que foi atribuída ao executivo em decorrência do acordo de colaboração, que corresponde a 70% dos rendimentos auferidos por ele no período em que participou atos criminosos, limitado a dez anos.
Ainda segundo o MPF, Marcelo Odebrecht comprometeu-se a renunciar e perder todos os valores que recebeu de forma ilícita no exterior, a partir do Setor de Operações Estruturadas, que ficou conhecido como departamento da propina ou por intermédio de operações financeiras ilícitas.
A destinação do valor da multa paga por Marcelo Odebrecht será definida pelo juízo de homologação, no caso pelo Supremo Tribunal Federal (STF).
Já a Braskem, braço da Odebrecht que atua no ramo petroquímico, efetuou quinta-feira (6) o depósito de R$ 736.444.544,59, referente à parcela inicial do montante de R$ 3.131.434.851,37, estabelecido no acordo de leniência firmado em dezembro do ano passado com a força-tarefa da Lava Jato, em Curitiba. O restante será pago parceladamente nos próximos seis anos.
Em nota, o MPF informou que vai propor à Justiça que 97,5% dos valores pagos pela Braskem sejam destinados, a título de ressarcimento de danos materiais e imateriais, a órgãos públicos, empresas públicas, fundações públicas e sociedades de economia mista, inclusive à Petrobras; 1,5% do total, a título de perda de valores relacionados à prática dos crimes previstos na Lei da Lavagem de Dinheiro; 1% do total a título de multa prevista na Lei de Improbidade, que também será destinado às vítimas.
A construtora Andrade Gutierrez, por sua vez, depositou R$ 94.058.802,91, no último dia 3 de julho. Conforme a força-tarefa da Lava Jato, o valor refere-se à segunda parcela do compromisso firmado pela empresa com o MPF em acordo de leniência. No acordo, a empresa comprometeu-se a pagar o valor total de R$ 1 bilhão em decorrência dos crimes e atos de improbidade administrativa praticados.
Anteriormente, a Andrade Gutierrez já havia depositado o valor de R$ 83.333.333,33, referente à primeira parcela do acordo. “Com o depósito da segunda parcela a empresa já ressarciu aos cofres públicos o montante de R$ 177.392.136,24. Os valores encontram-se depositados em juízo e serão destinados, em sua maior parte, aos entes públicos lesados pelos esquemas de corrupção e fraude à licitação identificados na operação Lava Jato”, informa a nota do MPF.
Deixe o seu comentário
Fonte: Agência Brasil

Laudo da Polícia Federal confirma: Lula é o dono do sítio


Foto mostra Lula no sítio. Documento produzido por seis perigos da Lava Jato reduz a escombros a discurseira mambembe dos advogados do ex-presidente
Foto mostra Lula no sítio. Documento produzido por seis perigos da Lava Jato reduz a escombros a discurseira mambembe dos advogados do ex-presidente
Em 4 de março de 2016, seis peritos criminais a serviço da Operação Lava Jato, apoiados por investigadores da Polícia Federal, cumpriram um mandado de busca e apreensão no sítio em Atibaia (SP) onde a família Lula esteve todo fim de semana depois dos oito anos nos palácios de Brasília. Acompanhados por duas testemunhas e pelo caseiro Élcio Pereira Vieira, os especialistas haviam sido encarregados de “caracterizar a ocupação do Sítio e identificar seus principais frequentadores, além de responder aos quesitos formulados pela autoridade solicitante dos exames”. A informação é da coluna de Augusto Nunes de ‘Veja’.
Em outras palavra, segundo o colunista, os homens da lei estavam lá à procura de evidências materiais que ajudassem a esclarecer duas interrogações. Primeira: quem era o verdadeiro dono do sítio? Segunda: de onde veio o dinheiro que bancou a reforma do terreno de bom tamanho, complementada por instalações e benefícios milionários? Os fatos berram que tanto a compra como as obras foram patrocinadas por empreiteiras favorecidas pelo governo do chefão. Lula ainda insiste que os donos do lugar são Jonas Suassuna e Fernando Bittar, amigos do notório Lulinha, o Ronaldinho da informática.
Longo e minucioso, o laudo apresentado pelos peritos uma semana depois da inspeção confirma aos gritos que o sítio forma com o triplex do Guarujá a dupla de peças mais valiosas da Imobiliária Lula. A quantidade, a qualidade e a contundência das informações garantem ao documento calibre suficiente para pulverizar a discurseira mambembe dos advogados do ex-presidente. Servem de amostra as respostas, abaixo resumidas, suscitadas por quatro quesitos. Confira:
1. Existem evidências materiais nas dependências do Sítio que possam identificar seus eventuais frequentadores?
Sim. (…) Foram identificados inúmeros objetos pessoais vinculados às pessoas de Luiz Inácio Lula da Silva e de sua esposa Marisa Letícia Lula da Silva. Esses objetos encontravam-se localizados, mormente, na Casa Principal, em especial, na Suíte 01. (…) Também foram localizados objetos pessoais vinculados aos seguranças da Presidência da República.
2. É possível identificar evidências materiais no Sítio que possam indicar o uso do imóvel pelas pessoas de Fenado Bittar ou Jonas Leite Suassuna Filho?
Não. (…) Não foi identificado qualquer objeto de uso pessoal que pudesse indicar o uso do imóvel por Jonas Leite Suassuna Filho e Fernando Bittar. A única referência ao Sr. Fernando Bittar são alguns croquis localizados no interior de uma pasta rosa, cuja destinatária era a Sra. Marisa Letícia Lula da Silva.
3. Foram implementadas instalações ou realizadas quaisquer obras ou aprimoramentos no Sítio voltadas ao uso do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e de sua família? Caso positivo, descrever.
Sim. (…) Foram identificadas inúmeras melhorias voltadas ao uso do ex-Presidente Luiz Inácio Lula da Silva, tais como uma adega, construída para acomodar centenas de garrafas de bebidas, instalações de sistema de segurança em todo o Sítio, assim como o depósito utilizado para armazenamento de caixas diversas que (…) se relacionavam à mudança do ex-Presidente Lula.
Além dessas melhorias, foram identificados objetos utilizados para usufruto das instalações do Sítio, tais como o barco de fibra contendo a inscrição “LULA & MARISA”, bem como itens decorativos, a exemplo da mesa com o brasão “LM”. Ademais, foi localizada uma pasta rosa endereçada à ex-primeira Dama, contendo documentos relacionados à reforma da cozinha e construção da Casa 01, indicando que a Sra. Marisa Letícia teve envolvimento com as adaptações realizadas no Sítio.
4. Existem objetos pessoais pertencentes ao ex-Presidente Luiz Inácio Lula da Silva e de sua família depositadas nas dependências do Sítio? Onde se encontram localizadas?
Sim. Além dos objetos pessoais localizados na Casa Principal, já mencionados, (…) foram identificados inúmeros objetos que podem ser vinculados, explicitamente ou não, ao ex-Presidente Luiz Inácio Lula da Silva e sua esposa. Adicionalmente aos objetos localizados na Casa Principal, também foram encontrados itens pessoais do ex-Presidente Luiz Inácio Lula da Silva e de sua esposa em outras dependências do Sítio, sobretudo no Espaço Gourmet, no Anexo da Casa Principal e no Depósito. Esses itens acham-se relacionados em extensa, mas não exaustiva, lista constante (…) do presente Laudo.
No enceramento da coluna, Augusto Nunes ainda comenta que mesmo depois do sumiço dos donos que se fantasiavam de hóspedes, os laranjas travestidos de proprietários rurais nunca deram as caras por lá. Bittar e Suassuna são os únicos sitiantes do mundo que jamais visitaram a terra que juram ter comprado. Merecem dividir a mesma cela.
Deixe o seu comentário 
Fonte: Veja

domingo, 2 de julho de 2017

Justiça abre investigação sobre spinner, que é febre entre crianças e adolescentes


O Ministério da Justiça abriu investigação preliminar para apurar supostas irregularidades na comercialização do brinquedo que se tornou febre entre crianças e adolescentes do mundo todo, o “hand spinner”.
Segundo vendedores, o brinquedo aliviaria tensões e ajudaria no combate ao estresse. Contudo, relatos no exterior narram acidentes envolvendo o produto.
Pelas normas brasileiras, todos os brinquedos precisam obrigatoriamente passar por avaliação do Inmetro (Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia) e receber o selo do órgão.
Para abrir a investigação, a Justiça também se baseou em alerta emitido pelo Inmetro sobre o spinner. Segundo o instituto, “o produto precisa cumprir com os requisitos técnicos definidos nas portarias vigentes sobre o tema e deve ser submetido aos ensaios previstos pelo processo de certificação, e, consequentemente, ostentar o selo de identificação da conformidade (marca do Inmetro).
Caso contrário, estará irregular no mercado e as empresas que o comercializarem estarão sujeitas às sanções previstas em lei”.

quarta-feira, 28 de junho de 2017

Sem dinheiro, Polícia Federal suspende emissão de novos passaportes

Segundo a PF, medida é resultado de 'insuficiência do orçamento' e não há previsão de retorno do serviço

Segundo a PF, medida é resultado de ‘insuficiência do orçamento’ e não há previsão de retorno do serviço
A Polícia Federal (PF) suspendeu a emissão de novos passaportes a partir das 22h desta terça-feira (27). Em nota, a PF informou que a medida é resultado da “insuficiência do orçamento destinado às atividades de controle migratório e emissão de documentos de viagem”.
O agendamento online do serviço e o atendimento nos postos da PF vão continuar funcionando, mas não há previsão para confecção e entrega dos novos passaportes que forem solicitados. Quem solicitou os passaportes até esta terça receberá o documento normalmente.
A Polícia Federal afirmou que “acompanha atentamente a situação junto ao governo federal para o restabelecimento completo do serviço”.
Deixe o seu comentário
Fonte: Veja

terça-feira, 20 de junho de 2017

Polícia federal vê indícios de corrupção no caso de Michel Temer e Loures

Investigadores pediram mais prazo para concluir apuração contra o presidente e o ex-assessor presidencial
Investigadores pediram mais prazo para concluir apuração contra o presidente e o ex-assessor presidencial
No inquérito devolvido nesta segunda-feira ao Supremo Tribunal Federal (STF), a Polícia Federal concluiu que há indícios de materialidade da prática de crime de corrupção passiva pelo presidente Michel Temer (PMDB) e seu ex-assessor Rodrigo Rocha Loures, preso em Brasília. Embora tenha concluído essa parte da apuração, os delegados federais pediram mais cinco dias de prazo para encerrar a investigação sobre os crimes de organização criminosa e obstrução da Justiça, com base nas delações da JBS. O inquérito da PF deve basear a denúncia que o procurado-geral da República, Rodrigo Janot, prepara contra Temer e Rocha Loures.
O pedido de dilatação do prazo pela PF tem como objetivo aguardar o término do laudo final da perícia no áudio da conversa gravada pelo empresário Joesley Batista, do grupo J&F, com Temer. A demora na produção do laudo se dá pela má qualidade da gravação.
No diálogo gravado no Palácio do Jaburu, no dia 7 de março, o presidente diz “ótimo, ótimo” quando o empresário revelou estar “comprando” um procurador do Ministério Público Federal e “segurando” dois juízes, além de ter respondido “tem que manter isso, viu?” diante da afirmação de Joesley de que estava “de bem” com o deputado federal Eduardo Cunha (PMDB-RJ) e o operador financeiro Lúcio Bolonha Funaro.
Na conversa, o empresário disse a Temer que precisaria de ajuda do Planalto para vencer um processo administrativo contra a Petrobras no Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade). O presidente, então, indica Rocha Loures como interlocutor de sua “estrita confiança” para atender à demanda do grupo J&F. Em encontro com o aliado de Michel Temer, Joesley prometeu que a ajuda renderia 500.000 reais semanais em propina durante vinte anos.
No caso do crime de corrupção passiva, a reportagem apurou que a conclusão baseou-se na análise das ações controladas – uma delas que flagrou Rocha Loures correndo com uma mala de 500.000 reais – e em dois laudos produzidos a partir da análise das conversas gravadas entre o ex-assessor presidencial e o diretor de Relações Institucionais do grupo J&F, Ricardo Saud.
Saud filmou e gravou, no dia 28 de abril deste ano, encontros nos quais acertou e repassou a Rocha Loures a mala recheada de dinheiro. Hesitante em pegar o dinheiro naquela ocasião, o peemedebista chegou a sugerir um tal “Edgar” para buscar os valores, já que “todos os outros caminhos estavam congestionados”.
Na conversa, Ricardo Saud ainda questiona se o preposto sugerido por Loures para supostamente receber valores é “o Edgar que trabalha para o presidente”. “Bom, se é da confiança do chefe, não tem problema nenhum”, afirmou o delator.
Apesar de tentar indicar outra pessoa para receber os valores, o então deputado federal acabou combinando, no mesmo dia, de pegar a mala de propinas em uma pizzaria indicada por ele, em São Paulo, na rua Pamplona. Saud também filmou o diálogo, em um estacionamento.
O valor seria entregue semanalmente pela JBS ao peemedebista, em benefício de Temer, como foi informado, nas gravações, pelo diretor de relações institucionais da holding. “Eu já tenho 500.000 reais. E dessa semana tem mais 500. Então você tem um milhão aí. Isso é toda semana. Vê com ele, Michel Temer”, afirmou Saud a Rodrigo Rocha Loures.
Rocha Loures é acusado de exercer influência sobre o preço do gás fornecido pela Petrobras à termelétrica EPE – o valor da propina, supostamente “em benefício de Temer”, como relataram executivos da JBS, é correspondente a 5% do lucro que o grupo teria com a manobra.
Em notas anteriores, o Palácio do Planalto negou irregularidades envolvendo o presidente.
Fonte: Veja

quarta-feira, 31 de maio de 2017

PF confirma assassinado de delgado que investigava acidente de Teori

Delegado que abriu inquérito sobre acidente de Teori Zavascki é morto durante briga em Florianópolis, junto com outro colega
Delegado que abriu inquérito sobre acidente de Teori Zavascki é morto durante briga em Florianópolis, junto com outro colega
Dois delegados da Polícia Federal do Rio morreram em Florianópolis (SC), na madrugada desta quarta-feira (31). Elias Escobar, de 60 anos, e Adriano Antônio Soares, de 46, estavam na cidade para um curso da instituição. De acordo com a PF, um desentendimento entre os policiais e o empresário Nilton César Souza Júnior, de 36 anos, deu início a uma troca de tiros, e os dois morreram baleados. Júnior está internado na UTI de um hospital da região.
Adriano Antonio Soares era delegado-chefe da Polícia Federal em Angra dos Reis desde 2009. Em janeiro, ele abriu o inquérito sobre o acidente aéreo que causou a morte do ministro Teori Zavascki, então relator da Operação Lava Jato no Supremo Tribunal Federal (STF). Na ocasião, Soares decretou o sigilo da apuração.
Já Elias Escobar havia trabalhado em Volta Redonda, no interior do estado, por dois anos. Ele comandou a investigação que resultou na prisão de oito policiais civis por envolvimento em tráfico de drogas e extorsão no sul do estado, em Minas Gerais e São Paulo, em 2014.
De acordo com o delegado, Ênio de Oliveira Matos, titular da Delegacia de Homicídios de Florianópolis, não há outros envolvidos no confronto. Segundo a Polícia Federal, os policiais estavam dentro de uma casa noturna no bairro Estreito quando houve um desentendimento, e os tiros foram disparados.
Leia, na íntegra, a nota enviada pela PF:
“A Polícia Federal lamenta a morte de dois delegados, ocorrida na madrugada de hoje (31/05) em Florianópolis/SC. Os dois atuavam em Angra dos Reis e Niterói, respectivamente, e estavam na cidade participando de uma capacitação interna. O falecimento dos policiais decorreu de uma troca de tiros em um estabelecimento na capital catarinense.
Neste momento de imensa tristeza, a Polícia Federal expressa suas condolências e solidariedade aos familiares e amigos enlutados.
Sobre informações que relacionam um dos policiais mortos à investigação do acidente aéreo que vitimou o ex-ministro do Supremo Tribunal Federal, Teori Zavascki, a PF esclarece que o inquérito que apura o caso encontra-se em Brasília/DF, presidido por outro delegado, e apenas foi registrado em Angra dos Reis, local do fato”.
Fonte: Extra e PF

terça-feira, 30 de maio de 2017

STF nega a Renato Duque extensão da liberdade concedida a Dirceu


Imagem: Marcelo Camargo/Agência BrasilA Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) negou nesta terça-feira (30) um pedido de liberdade do ex-diretor da Petrobras Renato Duque.
Por unanimidade, os ministros do colegiado — Dias Toffoli, Edson Fachin, Ricardo Lewandowski, Celso de Mello e Gilmar Mendes –, rejeitaram um pedido de extensão da liberdade concedida no início do mês ao ex-ministro José Dirceu.
No pedido, Duque afirmou que está preso há dois anos e dois meses “sem culpa formada” e pede que sejam revogadas ordens de prisão em quatro ações penais às quais ele responde. Segundo a defesa, ele não representa mais risco às investigações.
Duque argumentava ainda que os motivos de sua prisão e de Dirceu eram os mesmos e que as ordens de prisão contra ele nos diferentes processos a que responde têm também os mesmos motivos.
Os ministros da Segunda Turma entenderam, porém, que não há similaridade entre os dois casos e, com isso, a soltura de Duque não era justificada.
No caso de Dirceu, Segunda Turma liberou o ex-ministro por considerar que a prisão estava alongada e representava uma antecipação da pena, já que não havia condenação em segunda instância.
O colegiado também rejeitou estender a decisão favorável a Dirceu a dois sócios da construtora Credencial – Eduardo Meira e Flácio Henrique Macedo, presos há um ano. Os ministros consideraram que os dois ainda têm recursos pendentes de decisão no Supremo e que, por isso, não poderiam ter apresentado mais um.
Fonte: G1